Alunos do Centro Paula Souza promovem exposições em Taubaté

As mostras acontecem neste fim de semana e podem ser conferidas gratuitamente

A partir desta sexta-feira (5), o Taubaté Shopping recebe duas exposições produzidas por alunos do Curso Técnico Integrado ao Médio em Marketing, do Centro Paula Souza. As mostras ficam no centro de compras até domingo.

Fake or Fact?

Para falar sobre o risco contido na propagação das notícias falsas, conhecidas como fake news, os alunos apresentam a exposição Fake or Fact. O público que estiver passeando pelo centro de compras poderá conferir peças que ilustram o tema e que foram produzidas pelos próprios alunos.

Reflexos da Liberdade

Quem for conferir “Reflexos da Liberdade” poderá refletir sobre os últimos 50 anos de ideais contidos dentro de cada indivíduo. A mostra retrata os reflexos do ano de 1968, denominado por Zuenir Ventura como “o ano que não terminou”, até os dias de hoje. A peça com 2,13m, feita com espelhos, também foi produzida pelos alunos da instituição.

Serviço:

Exposição: Fake or Fact?

Data: de 5 a 7 de outubro
Local: Hall do Cinema

Gratuito

Exposição: Reflexos da Liberdade

Data: de 5 a 7 de outubro
Local: próximo à escada rolante

Gratuito

Fonte: Communicare

SJCampos vai receber feira estudantil

São José dos Campos é a primeira cidade do interior a receber a maior feira estudantil da América Latina, a EXPO CIEE

Expectativa é reunir cerca de 10 mil pessoas no Centro de Formação do Educador – CEFE

São José dos Campos, 13 de setembro de 2018 – São José dos Campos (SP) é a primeira cidade não capital a receber o maior evento estudantil da América Latina, a Feira do Estudante EXPO CIEE. De 28 a 29 de setembro a expo, que possui entrada gratuita, deve reunir cerca de 10 mil pessoas no Centro de Formação do Educador (CEFE) para capacitações, direcionamento profissional, contratações e oferta de vagas de estágio e aprendizagem.

Realizada pelo CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), entidade com mais de 54 anos de experiência em programas de aprendizagem e estágio, a EXPO CIEE busca promover um encontro entre empresas e instituições de ensino, ampliando a visão dos jovens sobre formação acadêmica e crescimento profissional. “São José dos Campos foi escolhida para sediar o evento por ser uma das principais cidades de São Paulo, com um polo tecnológico muito forte e grandes universidades. Nosso papel é oferecer o máximo de informação para os jovens e aproximá-los de algumas das maiores empresas do país, onde podem ter oportunidade de fazer estágio e desenvolver uma carreira”, afirma Marco Panza, supervisor de feiras do CIEE.

Durante os dois dias de evento, os visitantes terão acesso a 30 expositores e cerca de 40 palestras que abordarão temas como orientações sobre carreiras, mercado de trabalho, além de dicas para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), opções de intercâmbio, dentre outros.

Inscrições:

A participação na 1ª EXPO CIEE São José dos Campos é gratuita e as inscrições podem ser feitas pelo site www.ciee.org.br/portal/hotsites/expociee2018/site/index.html

Outras novidades sobre a feira também podem ser acompanhadas pelas redes sociais
https://www.instagram.com/expociee/

https://www.facebook.com/expociee/

Serviço:

1ª EXPO CIEE São José dos Campos

Data: 28 e 29 de setembro

Horário: 10h às 18h

Local: CEFE – Centro de Formação do Educador (Av. Olivo Gomes, 250, Santana – ao lado do Parque da Cidade)

Brinquedos antigos têm exposição em shopping

Brinquedos dos anos 80 ganham exposição no Via Vale

Exposição “Baú Encantado” reúne mais de 200 peças e pode ser visitada a partir desta quinta-feira, dia 23

Os anos 80 ainda remetem a saudade. Parece que foi ontem que essa década reinventava a moda, ousava no cinema, na música e nas brincadeiras que estimulavam o convívio com outras crianças. Quem cresceu nessa época vai reviver a infância na exposição “Baú Encantado”, que chega nesta quinta-feira, 23, ao Via Vale Garden Shopping.

Garimpando feiras de antiguidade Brasil afora, o Erik Rodrigo, um colecionador de São José Dos Campos, encontrou raridades esquecidas pela memória de meninos e meninas que cresceram e deixaram os brinquedos de lado e decidiu reunir a nostalgia numa incrível coleção.

Com mais de 200 peças encontradas ao longo dos últimos oito anos, autênticos exemplares da infância dos anos 80, entre brinquedos, jogos, games e discos, o acervo virou uma exposição.

Entre as peças, clássicos da infância como o “Genius”, um brinquedo que estimulava a memorização de cores e sons, exemplares da boneca Barbie dos anos 80, o “Pense Bem”, uma espécie muito tímida dos computadores atuais, o “Pula Pirata”, o simpático boneco “Fofão” e o enigmático “Cubo Mágico”, além de uma variedade de carros e bonecas que fizeram sucesso com a garotada na época.

Para os pais, a chance de mostrar aos filhos os brinquedos que fizeram parte da infância deles. E o colecionador garante que mesmo sem recursos tecnológicos as peças impressionam a criançada. “É incrível quando os adultos mostram os brinquedos para as crianças. Elas ficam encantadas. É uma descoberta para elas. Eu acho que a gente precisa resgatar essas brincadeiras de antigamente que proporcionavam uma interação maior entre as pessoas”, diz.

Para a gerente de marketing do Garden, Bruna Marcon, essa exposição permite que visitante que viveu na década de 80 recupere algo que acompanhou a infância dele. “Certamente, cada brinquedo vai remeter a um momento diferente. É reviver a infância, sem dúvida. E o mais bacana desse evento é mostrar para as novas gerações como o pessoal que cresceu décadas atrás brincava e se divertia”, diz.

O acervo fica em exposição até o dia 25 de setembro.

SERVIÇO

EXPOSIÇÃO BAÚ ENCANTADO

DE 23 DE AGOSTO A 25 DE SETEMBRO, DAS 10H ÀS 22H

VIA VALE GARDEN SHOPPING

ENTRADA: GRATUITA

Expo Vila Festas é neste fim de semana

1ª Expo Vila Festas acontece neste fim de semana em Taubaté

Evento terá a presença de Yasmin Giacomini, participante do The Voice Kids, e do Chef André Aquino, do Cozinha pra Machos

Para trazer as principais tendências do segmento de casamentos, debutantes e mercado infantil, a Vila Encantada Eventos apresenta a 1ª Expo Vila Festas nos dias 24, 25 e 26 de agosto. A feira tem entrada gratuita e acontece no Taubaté Shopping, das 10h às 22h.

Além das novidades sobre decoração, fotografia, convites, música e entretenimento para festas, o público também poderá conferir várias atrações preparadas especialmente para a feira. Entre elas está o show com Yasmin Giacomini, participante do The Voice Kids, que acontece no sábado (25), às 19h, e uma oficina gastronômica com o Chef André Aquino, idealizador do projeto Cozinha pra Machos e competidor da 4ª Temporada do Bake off Brasil – Mão na Massa. A oficina acontece no domingo (26), às 15h.

Quem for prestigiar o evento também poderá curtir os personagens da Patrulha Canina e LOL Super Raras, a digital Influencer Sara Leite, idealizadora do projeto Estilo Sem Medida, e ainda um desfile infantil com vestidos temáticos.

Confira a programação completa:

Evento

De 24 a 26 de agosto

Das 10h às 22h: 1ª Expo Vila Festas

Local: Praça de Eventos do Taubaté Shopping

Atrações

Sábado (25)

Às 15h: Desfile infantil com vestidos temáticos

Das 16h às 18h: Patrulha Canina

Às 19h: Yasmin Giacomini, participante do The Voice Kids

Às 20h: Sara Leite, idealizadora do projeto Estilo sem Medida

Domingo (26)

Às 15h: Oficina com o Chef André Aquino, do Cozinha pra Machos

Das 16h às 18h: LOL Super Raras

Às 18h: Apresentação de uma dança de debutante

Às 19h: Desfile com vestidos temáticos, com a participação da família Down

Fonte: Communicare

Shopping recebe o “Total Design Art”

Exposição de peças feitas a partir de sucata chega ao Via Vale Garden Shopping

Obras de arte foram feitas por um grupo de artistas de Taubaté e mostram como a criatividade pode reaproveitar materiais descartados em depósitos de sucata da cidade

O olhar apurado precisa ir além das aparências. Para encontrar a peça perfeita, a sensibilidade nasce espontaneamente e revela a alma do artista. Garimpada feito um cobiçado tesouro, a sucata mostra sua riqueza bruta, pronta para ser lapidada por talentosas mãos.

O empresário Sidnei Santos reuniu os melhores profissionais das áreas de design, ferramentaria, arquitetura e artes plásticas do Brasil e criou um projeto em Taubaté que reaproveita materiais descartados em depósitos de sucata e transforma em móveis e peças de design funcionais e decorativas.

O resultado final das obras impressiona pelo cuidadoso e requintado acabamento. “Quando estamos diante daquele amontoado de resíduos, que levaria séculos para se decompor na natureza, temos ali o nosso primeiro desafio: encontrar uma nova funcionalidade para aquelas peças consideradas lixo. Por isso, a criatividade é a nossa matéria-prima nesse fascinante processo de transformação. Provamos que a sucata só precisa de uma nova oportunidade para renascer em uma nova forma, uma arte exclusiva”, diz Sidnei.

O projeto, batizado de “Total Design Art”, nasceu em fevereiro deste ano. Inicialmente, a ideia era criar uma oficina para customizar motos, mas logo os rumos dessa parceria mudaram e o grupo decidiu partir para uma proposta sustentável relacionada a itens de decoração e mobiliários. O Sidnei divide o ateliê, que fica na estrada do Barreiro, com outras quatro feras da área: André Maeda, designer e especialista em pinturas especiais, Vagner Cunha, designer e ferramenteiro, Ralf Santos, arquiteto e técnico em eletrônica, e Paulo Saloni, artista plástico e especialista na utilização de bambu e madeira em peças decorativas e funcionais. “O que fazemos é criar uma nova funcionalidade para aquilo que foi descartado e permitir que a tendência da sustentabilidade envolva e inspire a nossa arte, diminuindo a quantidade de resíduos no meio ambiente”, explica o idealizador do projeto.

Entre as raridades encontradas pela equipe do Sidnei, seis poltronas de um cinema da década de 50, completamente desfiguradas pelo tempo, foram recuperadas e ficaram novinhas em folha, prontas para a estreia de um filme nas telonas outra vez. Elas e outras peças feitas pelo grupo vão estar em exposição no Via Vale Garden, Shopping em curta temporada nos dias 18 e 19 de agosto, das 11h às 22h. No sábado, 18, o visitante ainda pode participar de palestras com a arquiteta especialista em Feng Shui, Raíza Pastorell, e com a engenheira florestal Jéssika Luane que fala sobre sustentabilidade corporativa e economia circular.

No domingo, a conversa é com o artista plástico e mestre bambuzeiro Paulo Saloni que fala sobre as tecnologias associadas ao bambu. “O nosso trabalho mostra como a arte pode contribuir com a natureza. Devolvemos para a casa das pessoas aquilo que um dia elas descartaram. Com criatividade tudo pode ser transformado, inclusive a consciência”, diz Sidnei.

Para a gerente de marketing do Garden, Bruna Marcon, o projeto vai ao encontro de uma das missões do shopping, a sustentabilidade. “Abrir as portas do Via Vale para esses profissionais com um trabalho admirável como o deles é apoiar uma iniciativa onde natureza e arte se completam. O resultado das peças feitas por esses artistas com certeza vai impressionar”, finaliza.

Fonte: Assessoria de Imprensa Via Vale

Shopping recebe exposição

Via Vale recebe exposição de carros antigos a partir deste sábado

Clássicos nacionais e internacionais estarão expostos nos corredores do Garden e prometem mexer com o coração dos apaixonados por carros

Imagem ilustrativa – Pixabay

Não há coração que não palpite diante de uma paixão nacional e com muitas histórias boas para contar. Por isso, quem passar pelo Via Vale Garden Shopping nos próximos dias poderá sentir a emoção de ver modelos clássicos de carros antigos com uma linda coleção de Mercedes, além de diversos clássicos nacionais com modelos a partir de 1928. A exposição ficará instalada em frente ao Espaço Kids do shopping no piso 1, de 30/06 até 15/07.

Modelos da década de 20 até relíquias dos anos 70 serão atração na exibição, que será dividida em duas partes. A primeira trará Clássicos Importados e a segunda Clássicos Nacionais. Ao todo serão cerca de 35 carros expostos.

O evento é uma parceria do Via Vale com o CAAT – Clube de Auto Antigos de Taubaté. Vale a pena conferir!

Fonte: Assessoria de Imprensa Via Vale

Exposição em clima de Copa do Mundo

Com a chegada do mundial de futebol, Taubaté Shopping recebe exposições sobre o esporte

Uma das mostras tem como tema a Seleção Brasileira e a outra que remete ao principal objeto do esporte: a bola

Apesar de ter dado seus primeiros passos na Inglaterra, foi no Brasil que o futebol quis fazer morada. O esporte mais popular do País tem seu ápice de quatro em quatro anos na disputa do torneio mundial, que reúne as maiores e melhores seleções do planeta em uma competição que dura um mês. O mundial deste ano será na Rússia e já tem sua abertura na próxima quinta-feira (14). O Taubaté Shopping resolveu entrar no clima e traz duas exposições sobre o tema.

A primeira proposta é da ABAPC (Associação Brasileira dos Artistas Plásticos Contemporâneos) e busca trazer um novo olhar sobre a bola – que remete também a ciclos, círculos e esferas –, objeto presente tanto no futebol quanto no dia a dia de cada pessoa. “A bola nos deu um novo olhar para a vida, incorporando a alma nacional; e na alma libertária, um significado mais abrangente e positivo”, diz trecho da explicação sobre a exposição. A mostra “Planeta Bola” permanece no centro de compras até o dia 30 de junho e pode ser conferida gratuitamente na Alameda Cultural.

A outra exposição, intitulada “Os segredos da hexabilidade”, exalta alguns jogadores da Seleção Brasileira, entre os 23 convocados que estarão no Mundial em busca da sexta conquista do torneio para o Brasil, mantendo-se assim como a maior seleção campeã da história. A mostra destaca jogadores como Neymar, Philipe Coutinho, Fagner e Gabriel Jesus, entre outros atletas que podem fazer a diferença na competição. O projeto estará no shopping, próxima à escada rolante de acesso ao Moviecom cinema, até dia 15 de julho, data da final do mundial.

Fonte: Communicare – Giovanni Romão

Via Vale recebe exposição em prol do Centro de Zoonoses de Taubaté

Projeto visa promover a conscientização sobre a problemática do abandono e maus tratos dos animais

Desde que abriu suas portas, o Via Vale Garden Shopping segue firme em seu conceito Pet Friendly. No mall, os pets são bem vindos e muito bem recepcionados com “Espaço Pet”, que fica próximo ao Walmart no primeiro piso. Além disso, constantemente o Garden promove eventos que visam a conscientização sobre o cuidado e carinho para com os animais. E pensando nisso, no mês de fevereiro o shopping está recebendo e apoiando a “Exposição CCZ Zooparceiros”, realizada pela ONG Amigos Plantando o Bem.

O objetivo da exposição é a divulgação dos animais que foram resgatados pelo Centro de Zoonoses de Taubaté e posteriormente doados, além de mostrar o trabalho realizado pelo CCZ junto à população taubateana. Para isso, mais de dez totens com fotos dos animais que esperam por adoção no CCZ de Taubaté, estão espalhados no primeiro piso do mall, em frente à loja União.

“Esse projeto visa promover a conscientização da população sobre a problemática do abandono e maus tratos. Queremos incentivar a adoção responsável e destacar a ajuda que o CCZ de Taubaté precisa, seja na doação de insumos ou na adoção dos animais que estão esperando por um lar”, destaca Bruna Marcon, responsável pelo Marketing do Via Vale.

Amigos do Oscar

Não é novidade para ninguém que o mascote oficial do Garden é o cachorrinho Oscar. E no final de semana dos dias 17 e 18 de fevereiro, o Via Vale recebe o projeto “Amigos do Oscar”. Trata-se de um evento de adoção de animais, em parceria com a Associação Vida de Taubaté.

Cerca de 50 cães e gatos estarão na portaria do P2 no Garden, esperando para encontrar um novo lar. O objetivo do evento é promover a adoção responsável dos animais e proporcionar uma nova chance para àqueles que têm vivido nas ruas.

Fonte: Assessoria de imprensa Via Vale

Via Vale recebe a exposição ‘Não precisa sorrir” e ressalta o Setembro Amarelo

Dados sobre o índice de suicídios no Brasil é preocupante e a exposição promove o diálogo sobre o tema

Ainda considerado um tabu, o suicídio é um problema de saúde pública e o diálogo sobre o assunto ainda parece ser esquecido embora o número de vítimas tenha aumentado, consideravelmente, nos últimos anos. Em todo o país, o tema é abordado no Setembro Amarelo que oferece informação e principalmente o diálogo sobre o tema. Pensando nisso, o Via Vale Garden Shopping recebe a exposição “Não precisa sorrir”, de 25 de setembro a 01 de outubro.

A mostra é assinada pela fotografa Luiza Carelli e está disponível para visitação próximo a Polo Wear, piso 1, durante o horário de funcionamento do shopping. Entre os registros de Luiza, o objetivo é fazer com que o assunto seja discutido sem discriminação e ressaltar que muitos casos podem e devem ser evitados. “Precisamos promover o diálogo e oferecer ajuda a quem precisa. A cada dez casos de suicídio nove podem ser prevenidos, caso a pessoa tenha a atenção dos outros a seu redor e busque ajuda, ressalta a fotografa.

Números preocupantes

No Brasil, 11 mil pessoas em média tiraram a própria vida por ano. É a quarta maior causa de morte de brasileiros entre 15 e 29 anos, informam dados do Ministério da Saúde divulgados na última quinta-feira (21). Entre 2011 e 2015, o número de suicídios cresceu 12%.

Principal causa do suicídio, a depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) referentes a 2015. Em 10 anos, de 2005 a 2015, esse número cresceu 18,4%. A prevalência do transtorno na população mundial é de 4,4%.

SERVIÇO
Exposição ‘Não precisa Sorrir” – Luiza Carelli
DATA: de 25 de setembro a 01 de outubro
HORÁRIO: durante funcionamento do shopping
LOCAL: próximo a Polo Wear, piso 1

Coluna Propaganda&Arte

O que eu acho sobre a exposição Queer que foi cancelada após críticas na internet

Eu sempre me preocupo em selecionar temas ligados à arte para expor aqui nesse espaço. Porém, hora ou outra, acabo esbarrando em assuntos polêmicos do momento como o caso do banco que patrocinava uma exposição Queer e após críticas e repercussão negativa acabou sendo cancelada.

O que aconteceu?
Uma exposição Queer (tema ligado a gays, lésbicas, trans – todos que não seguem um padrão de heterossexualidade), estava acontecendo em Porto Alegre e algumas obras acabaram caindo na internet acompanhadas de acusações de apologia à pedofilia, zoofilia e ataques à religião cristã. Para se defender dos ataques de diversos clientes, o banco decidiu se desculpar e cancelou o patrocínio que deveria manter a exposição aberta até outubro.

O que eu acho das obras polêmicas?
As poucas imagens disponíveis na internet mostram que são obras provocativas. Falam de sexualidade, infância, religião, dentre outros pontos que podem ferir e não agradar muitas pessoas. Analisando friamente a parte técnica das obras, cada uma tem o seu valor. Algumas mais simples, pobres, outras mais ricas e interessantes, mas no geral não vi nada de especial ou inovador.

O que eu acho desse tipo de arte?
Por mais polêmica que uma instalação ou quadro sejam, precisamos pensar na intenção do artista. Ele se ocupou, ele pensou, ele agiu e finalmente teve um aval para expor seu trabalho. A qualidade, a forma, as ideias por trás daquela peça podem sofrer interpretações diversas, inclusive serem consideradas ofensivas. A arte não tem forma, mas tem gosto. A arte que aborda assuntos polêmicos vai ser sempre polêmica e gerar reações diversas. No passado, muitas obras foram censuradas e criticadas, por exemplo, por mostrar o nu, hoje são expostas em grandes museus, o que mostra um caminho natural da arte e da sociedade.

O que eu acho sobre a repercussão?
No geral, não acho que provocam tanto como dizem as repercussões da internet. Vejo aqui um exagero nesse sentido, tendo em vista conteúdos muito piores que as crianças e todos nós podemos ter acesso por outros meios fora do museu. Lugar esse, aliás, dedicado à reflexão, experimentação e análise de novos conceitos. Se você ficou pessoalmente ofendido com uma arte ou exposição, a melhor maneira de expressar isso é não indo ou não divulgando a exposição. Vejo aqui uma reação totalmente contrária e incoerente. Os que são contra a exposição acabaram tornando-a nacionalmente conhecida, na luta em proibi-la (mesmo que tenham conseguido).

O que eu acho disso tudo?
Estamos passando por uma fase social bastante conturbada. Não sabemos nos portar e respeitar a opinião dos outros (sejam liberais ou conservadores). As marcas não sabem se posicionar e estão morrendo de medo da internet. Estamos todos cuidadosos ao emitir uma opinião, pois poderemos ser incompreendidos ou pior, compreendidos e agredidos por pensar diferente. Para o público, falta essa noção de que somos todos diferentes. Para o artista, falta o entendimento de que ele poderá ofender muitas pessoas com sua provocação e precisa saber enfrentar as críticas. Afinal, esse é o mundo em que vivemos, onde a polêmica dá mais likes do que a própria arte ou reflexão.

E você? O que achou do assunto? Você acha que a arte deve ou não expor assuntos polêmicos e até “ofensivos” para alguns?