Vaga em produtora para Motion Designer

Coffee Post Studio busca motion designer

Vaga presencial em São José dos Campos SP, produtora em bairro nobre de fácil acesso(Jardim Esplanada), ambiente colaborativo e animado

Salário inicial de R$ 4.000,00

Segunda a sexta das 9 às 18hs.

Workshop de audiovisual

Treinamento em Audiovisual

Um whorkshop para você que produz conteúdo para o audiovisual ou tem uma equipe de criação de conteúdo audiovisual e precisa aprimorar ou desenvolver seu time.

O endereço para inscrição está no banner. São vagas limitadas e o conteúdo é primordial para a aceleração da sua equipe.

Proimagem Fullservice produz filme da DMCard

Produtora é responsável por filme de lançamento

A produtora Proimagem Fullservice venceu a concorrência da administradora de cartões de crédito DMCard e é responsável pelo filme de lançamento do DMCard Mastercard, o novo cartão da empresa que promete descomplicar a vida dos clientes.

Com uma linguagem bem-humorada, o filme apresenta o DMCard Mastercard e todos os seus benefícios, pois além de comprar na sua loja preferida, agora o consumidor também pode fazer compras em todo o Brasil, compras online e até internacionais.

Fundada em 2002, a DMCard começou suas atividades como uma administradora de cartões de crédito “private label” – conhecido como “cartão de loja” – e hoje atua como um grupo de produtos financeiros voltados para a concessão de crédito.

Localizada em São José dos Campos, a Proimagem é um grupo que atua há mais de 30 anos nas áreas de vídeo, eventos e design, e hoje conta com uma filial em Portugal.

“A ProImagem inovou nos apresentando uma proposta totalmente diferente do que havíamos imaginado, mas ao mesmo tempo, adequada ao produto e ao momento que a DMCard vive hoje no mercado. O novo cartão DMCard Mastercard permite que nosso cliente faça compras aqui ou no Japão, e foi isso que mostramos de forma humorada, com um filme leve e moderno”, explica Ana Lucilia Paixão, marketing da DMCard.

A campanha será divulgada nas redes sociais e inclui versões de 60″, 30″ e 15″.

FICHA TÉCNICA

Atendimento: Fabiana Carvalho

Produção: Juliana Galvão

Roteiro: Eduardo Spinelli

Direção: Henrique Avari e Gui Lopes

Edição: Gui Lopes

Fotografia: Leo Grego

Foquista: Alex Correia

Gaffer: Vava

Maquinista: Edu

Direção de Arte / Produção de objetos: Pardini Produções

Make Up & Hair: Monica Mello

Locução: Diego Campos

Produtora: Proimagem Fullservice

Com o “boom” do streaming e vídeos, o audiovisual é o futuro para as marcas

Por Leandro Alvarenga, CEO da Prime Arte*

Está cada vez mais evidente que o setor audiovisual está passando por transformações drásticas em suas formas de produção. As plataformas de streaming, que já estavam crescendo antes da pandemia, tiveram seu papel potencializado durante o confinamento da pandemia. Já a comunicação entre público e marcas constantemente está sendo feita via vídeos gravados de formas espontâneas nas redes sociais, sem a necessidade de uma grande produção de marketing. Dentro deste cenário, qual o futuro das produções audiovisuais?

Primeiramente, é interessante analisar que, durante o período de isolamento, o consumo de conteúdos audiovisuais se tornou um hábito diário, – de acordo com um estudo divulgado pela Kantar IBOPE Media, quase 99% dos brasileiros assistiram à plataformas de streaming, TV, lives, redes sociais e videochamadas todos os dias. Por isso, diversas empresas começaram a investir neste tipo de plataforma, incentivadas pelos novos comportamentos dos consumidores. A explicação para esse fenômeno é a simplicidade em que esses conteúdos chegam às pessoas de forma muito confortável, já que agora é possível ter acesso a lançamentos de filmes e séries direto de casa por um valor mais barato, ou assistir suas celebridades favoritas muitas vezes ao vivo pela tela do smartphone.

Além disso, as novas produções cinematográficas e a visualização intensa de vídeos já são uma realidade que veio para ficar mesmo após o fim de qualquer traço da pandemia. O novo normal para os cinemas são, de fato, as plataformas de streaming. Observe que, no Oscar de 2021, os filmes produzidos por esses serviços conseguiram ultrapassar os estúdios tradicionais, com mais de 40 indicações à estatueta. Isso confirma o que muitos esperavam: as salas de cinema vão continuar a existir, mas com menos força e relevância.

Já as marcas descobriram que o formato de vídeos só beneficiaram os negócios ao notarem o poder da conexão criada com o seu público nesse período. Ainda assim, o papel das produtoras audiovisuais não muda, apenas se adapta. Nesse movimento de transformação, o audiovisual e seus profissionais são o futuro. O mundo gira em torno de imagem e som.

É importante que as empresas comecem a arriscar e acompanhar as mudanças digitais, modificando seus processos, soluções e produtos. O modelo tradicional com que o audiovisual foi consagrado já não é viável. Agora, além da qualidade de um vídeo não ser o mais importante, e sim, a mensagem que ele traz, qualquer pessoa com um celular na mão, um programa mediano de edição e um bom olho, pode produzir algo eficiente e poderoso.

Imagem de Tumisu do Pixabay

O mercado abriu um leque maior de oportunidades, até para aqueles que não possuem um background relevante de cinema ou de TV, mas dispõem de ferramentas tecnológicas capazes de sobrepor a qualidade da produção audiovisual. Muitas vezes, tornando-a algo secundária, portanto esse nicho precisa caminhar conforme as outras áreas. A comunicação atual demanda tecnologia. Cada vez mais os consumidores querem ver conteúdos personalizados, que sejam direcionados para os seus interesses, e muitas marcas já entendem isso.

O streaming e a nova forma de consumir vídeos não devem ser interpretadas como uma ameaça para o audiovisual. Essa realidade veio para ampliar o potencial desse setor, expandindo cultura e informação, inovando em criatividade e inclusão, e gerando empregos. Não há o que temer, porém, é melhor que todos se preparem. O momento pós-pandemia para o segmento será muito mais digital.

*Leandro Alvarenga é CEO da Prime Arte, produtora audiovisual especialista em tecnologia