Coluna Propaganda&Arte

O que eu acho sobre a exposição Queer que foi cancelada após críticas na internet

Eu sempre me preocupo em selecionar temas ligados à arte para expor aqui nesse espaço. Porém, hora ou outra, acabo esbarrando em assuntos polêmicos do momento como o caso do banco que patrocinava uma exposição Queer e após críticas e repercussão negativa acabou sendo cancelada.

O que aconteceu?
Uma exposição Queer (tema ligado a gays, lésbicas, trans – todos que não seguem um padrão de heterossexualidade), estava acontecendo em Porto Alegre e algumas obras acabaram caindo na internet acompanhadas de acusações de apologia à pedofilia, zoofilia e ataques à religião cristã. Para se defender dos ataques de diversos clientes, o banco decidiu se desculpar e cancelou o patrocínio que deveria manter a exposição aberta até outubro.

O que eu acho das obras polêmicas?
As poucas imagens disponíveis na internet mostram que são obras provocativas. Falam de sexualidade, infância, religião, dentre outros pontos que podem ferir e não agradar muitas pessoas. Analisando friamente a parte técnica das obras, cada uma tem o seu valor. Algumas mais simples, pobres, outras mais ricas e interessantes, mas no geral não vi nada de especial ou inovador.

O que eu acho desse tipo de arte?
Por mais polêmica que uma instalação ou quadro sejam, precisamos pensar na intenção do artista. Ele se ocupou, ele pensou, ele agiu e finalmente teve um aval para expor seu trabalho. A qualidade, a forma, as ideias por trás daquela peça podem sofrer interpretações diversas, inclusive serem consideradas ofensivas. A arte não tem forma, mas tem gosto. A arte que aborda assuntos polêmicos vai ser sempre polêmica e gerar reações diversas. No passado, muitas obras foram censuradas e criticadas, por exemplo, por mostrar o nu, hoje são expostas em grandes museus, o que mostra um caminho natural da arte e da sociedade.

O que eu acho sobre a repercussão?
No geral, não acho que provocam tanto como dizem as repercussões da internet. Vejo aqui um exagero nesse sentido, tendo em vista conteúdos muito piores que as crianças e todos nós podemos ter acesso por outros meios fora do museu. Lugar esse, aliás, dedicado à reflexão, experimentação e análise de novos conceitos. Se você ficou pessoalmente ofendido com uma arte ou exposição, a melhor maneira de expressar isso é não indo ou não divulgando a exposição. Vejo aqui uma reação totalmente contrária e incoerente. Os que são contra a exposição acabaram tornando-a nacionalmente conhecida, na luta em proibi-la (mesmo que tenham conseguido).

O que eu acho disso tudo?
Estamos passando por uma fase social bastante conturbada. Não sabemos nos portar e respeitar a opinião dos outros (sejam liberais ou conservadores). As marcas não sabem se posicionar e estão morrendo de medo da internet. Estamos todos cuidadosos ao emitir uma opinião, pois poderemos ser incompreendidos ou pior, compreendidos e agredidos por pensar diferente. Para o público, falta essa noção de que somos todos diferentes. Para o artista, falta o entendimento de que ele poderá ofender muitas pessoas com sua provocação e precisa saber enfrentar as críticas. Afinal, esse é o mundo em que vivemos, onde a polêmica dá mais likes do que a própria arte ou reflexão.

E você? O que achou do assunto? Você acha que a arte deve ou não expor assuntos polêmicos e até “ofensivos” para alguns?

Ilharriba 2017 está chegando

Maior festival brasileiro de música latina promete agitar a Praça da Vila entre os dias 22 e 24 de setembro

Ilhabela vai entrar na primavera deste ano no embalo da música latina. Entre 22 e 24 de setembro, a ilha vai ser palco do Ilharriba! Una Fiesta Latina, festival internacional de música e dança latina, que chega à sua quarta edição já fazendo parte do calendário oficial de eventos do município.

É uma festa para ninguém ficar parado.

Sucesso de público e de crítica nas edições anteriores, o Ilharriba! 2017 traz
uma novidade: vai ocorrer agora em um novo endereço. Este ano, em razão do volume de público (mais de 8.000 pessoas por noite em 2016), o festival será realizado na Praça Coronel Julião de Moura Negrão, a Praça da Vila, na entrada do Centro Histórico de Ilhabela. Um cenário deslumbrante.

Basta olhar a programação para perceber: as atrações do Ilharriba! Una
Fiesta Latina prometem dar um tom caribenho a Ilhabela, sem perder o sotaque brasileiro e, em especial, a musicalidade baiana. No total, serão 10 shows em três noites de festival.

A primeira atração do festival, no dia 22, sexta-feira, será Cesar Cardozo, artista regional que abre a primeira noite do evento. Em seguida sobem ao palco Edwin Pitre e Son Caribe. Músico, compositor e pesquisador nascido no Panamá, Pitre festeja em Ilhabela seus 39 anos de Brasil e prepara um show que mistura música latina e MPB. Fecha a noite o vibrante Rumba D’Akokan, formado por músicos cubanos e brasileiros, inspirado na tradição das Rumbas de Quintal de Cuba.

A noite de sábado, 23, promete ser animada. Fernando Punk e Banda Ilhabela abrem a segunda noite. Em seguida o som bem brasileiro de Baianos Tocam Baianos, sobre ao palco com o quarteto que traz canções da Bahia com arranjos inusitados. Na sequência entra no palco o grupo Timba Havana, formado por músicos cubanos e brasileiros que vão embalar o público ao som da timba, gênero que é considerado uma evolução musical da salsa.

A noite de encerramento do festival começa com o artista regional Beto Di Franco e Banda. Depois a música porto-riquenha da Banda Azúcar toma conta do palco, conhecida por sua participação na trilha sonora de algumas novelas brasileiras. Mambo Jam Sessions dá sequencia a última noite de show, e traz salsa, mambo e rumba ao palco do Ilharriba!. Para fechar a noite abanda formada por músicos de Cuba, Colômbia, Chile e Brasil, a La Orkestra K.

Serviço

Os shows do Ilharriba! acontecem das 17h às 22h. Durante os três dias de
festival, o público vai poder dançar também ao som do DJ Bade e se encantar com as apresentações do Balé Julio Lima Company.

Idealizado e dirigido pela RCS Music, o Ilharriba! Una Fiesta Latina é
uma realização da Prefeitura de Ilhabela, da Secretaria de Cultura de Ilhabela e da Fundação Cultural de Ilhabela. A entrada dos shows é gratuita.

Ilharriba! Una Fiesta Latina
Data: De 22 a 24 setembro
Local: Praça Coronel Julião, em Ilhabela
Horário: Das 17k às 22h
Atrações: Dia 22 – Cesar Cardoso e Grupo, Edwin Pitre e Son Caribe, Rumba D’Akokan; Dia 23 – Fernando Punk e Banda Ilhabela, La Orkestra K, Banda Azúcar, Mambo Jam Sessions; Dia 24 – Beto di Franco e Banda, Baianos Tocam Baianos, Timba Havana.
Todas as Noites: DJ Bade, Balé Júlio Lima Company

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Nathalia Barcelos

Vaga aberta em shopping

Grupo Tenco – Via Vale Garden Shopping abre vaga

Vaga para Executivo (a) mídia/merchandising

Ajuda de custo + Comissão
Formação: Administração, Publicidade e Marketing

Experiência preferencialmente em shopping ou agências de publicidade atuando com vendas/comercial.

CV’s para rhviavale@outlook.com

Agência tem novo sócio

Liberta tem novo sócio

Após algum tempo de negociação e troca de ideias, a Liberta, do publicitário Junior, torna público a chegada de um grande nome para compor sua equipe.

Lucas Garbin, também publicitário e com experiência na área de comunicação da RM Vale do Paraíba, passa a dividir o comando da agência situada em Guaratinguetá.

A Liberta comunicou a chegada do novo sócio de forma oficial na semana passada.

Lucas e Junior

 

Lide reuniu empresários em evento

LIDE Vale do Paraíba recebeu empresários da região na última quinta-feira em uma noite de luxo e networking

Carlos Ferreirinha Foto: Diego Migotto

Em meio à carros de luxo e muito glamour, o LIDE Vale do Paraíba (Grupo de Líderes Empresariais) recebeu ontem (14) Carlos Ferreirinha, principal formador de opinião e especialista sobre a Inteligência da Gestão do Luxo e Premium na América Latina, para falar sobre “LUXO: O Mercado sem crise”, no Workshop LIDE Vale do Paraíba. O evento reuniu empresários da região na Osten Jaguar Land Rover em São José dos Campos, sob o comando do Presidente da unidade, Marco Fenerich.

Marco Fenerich, Carlos Ferreirinha e Fábio Gomes
Foto: Diego Migotto

Ferreirinha compartilhou com os presentes as novas expectativas do segmento, bem como o novo perfil de clientes, formas e influências de consumo. O evento reuniu mais de 70 CEO´s de empresas do Vale do Paraíba, imprensa e convidados em uma noite especial.

“Foi uma noite muito especial com conteúdo riquíssimo e momentos marcantes. Ferreirinha, brilhantemente, compartilhou com o LIDE Vale do Paraíba toda a sua expertise, mostrando inclusive como o luxo conversa com os valores dos novos tempos. Uma noite de muita elegância, experiência e networking”, completa Marco Fenerich, presidente da unidade local e empresário de comunicação.

Paulinho Peres, Marco Fenerich, Marcelo Pimentel, Carlos Ferreirinha, Eduardo Enari e Álvaro Canineo
Foto: Diego Migotto

Participaram ainda do workshop, o arquiteto Paulinho Peres, proprietário da Paulinho Peres Group, um dos mais renomados nomes da arquitetura e design brasileiro, além do Diretor da Osten Group, Fábio Gomes. O primeiro Workshop LIDE Vale do Paraíba teve patrocínio da Jaguar Osten Land Rover e apoio da MBM Business School.

Nova filiação
Durante o workshop, o presidente da unidade ressaltou ainda às boas vindas a mais nova empresa filiada ao grupo. A Sicredi chega para compor o hall de grandes empresas filiadas ao LIDE Vale do Paraíba com o objetivo de agregar relacionamento.

A assinatura da filiação se deu no palco do evento com a presença do Presidente Luiz Hoflinger, com participação do Comitê de Gestão.

Fonte: Pilares Relações Públicas – Mariana Guedes

O crescimento do Pinterest

Pinterest ultrapassa 200 milhões de usuários ativos mensais, sustentado pelo engajamento e crescimento global

O Pinterest anuncia que mais de 200 milhões de pessoas usam o aplicativo todo mês, um crescimento de aproximadamente 40% ano após ano. Para celebrar essa ocasião, o Pinterest também anuncia que vai iniciar os testes de um dos recursos mais pedidos pelos usuários de Pins: subpastas.

 

Pinterest é um aplicativo de descobertas visuais que ajuda o usuário a encontrar e experimentar as melhores ideias personalizadas. O Pinterest passou essa marca histórica duas vezes e meia mais rápido do que quando conquistou os seus 100 milhões de usuários e com uma base de Pinners – como são chamados os usuários da plataforma – mais diversificada que nunca:

– Mais de 75% das signups são de fora dos Estados Unidos
– Mais de 50% dos usuários são de fora dos Estados Unidos
– As signups de homens estão crescendo três vezes mais rápido que as de mulheres
– Usuários ativos homens têm crescido mais de 50% ano a ano

Não se trata apenas do número de pessoas que estão usando o Pinterest, mas também como eles estão usando o aplicativo para encontrar ideias:

– O engajamento no aplicativo permanece forte, com impressões crescendo em 50% ano a ano.
– A busca no Pinterest continua a crescer 45% ano a ano, especialmente no celular, onde aproximadamente 85% das buscas acontecem. Fora dos Estados Unidos, as buscas cresceram 75% no ano.
– O crescimento de busca por celular está excedendo o crescimento de usuário em 32% fora dos Estados Unidos, e 13% em todo mundo.
– 98% dos Pinners compartilham como eles estão tentando novas coisas que encontram no Pinterest, comparado com a média de somente 71% em plataformas de mídia social (Estudo da Nielsen, em maio de 2017)

Na busca do Pinterest para adicionar mais 100 milhões de usuários, o feedback da sua base atual é muito importante. Por isso, o Pinterest inicia os testes de subpastas, ou seja boards dentro de boards, para ajudar os Pinners a organizarem as ideias que gostariam de experimentar. Por exemplo, se você tem um board de estilo de outono, logo será possível que você organize os Pins em seções de sapatos, casacos, camisetas e outros. O Pinterest também introduziu recentemente o zoom – outra ferramenta muito solicitada -, e ainda tem muito mais por vir.

Dados sobre o Brasil:

– Crescimento: o número de usuários ativos mensais quase dobrou no último ano.
– Engajamento: 5,3 milhões de ideias são salvas por dia no Brasil, um crescimento de 68% no últimos 12 meses.
– Busca: o número de buscas mensais no Brasil mais que dobrou nos últimos 12 meses.
19 milhões de visitantes únicos mensais no Brasil, segundo a comScore

Fonte: SmartPR – Ana Castilho

A YouPix vem aí

YouPix Con, o evento mais relevante do ecossistema de influenciadores digitais, acontece dia 25 de outubro

Evento oferece um espaço de negócios e discussão sobre tendências e rumos da indústria de produção de conteúdo online. Interessados em acompanhar a terceira edição podem assinar o serviço de streaming e ter acesso a todo o conteúdo on demand pelo período de 6 meses.

No dia 25 de setembro, veículos, plataformas, marcas, agências, profissionais do mercado e produtores de conteúdo digital se reunirão para a terceira edição do YOUPIX CON. O evento é obrigatório para quem quer entender os rumos, práticas e as possibilidades de negócios em meio a um cenário em que a linha entre quem cria, distribui e monetiza conteúdo digital já não existe mais.

Em 2017, a curadoria de conteúdo feita por Bia Granja, Cofundadora e Diretora Criativa do YOUPIX, partiu de quarto macro-temas – Conteúdo, Negócios, Distribuição e Tendências. O resultado é um evento com o dobro de conteúdo em relação aos anos anteriores. Além do Key Note Stage, voltado para discutir tendências e temas pertinentes à indústria de conteúdo, e o How To Stage, com ênfase mais prática sobre temas que envolvem a produção de conteúdo digital, o evento conta com dois novos palcos: Creator Talks by YouTube que receberá diversas entrevistas individuais com creators, como Felipe Neto, Kondizila e Luba; bem como um palco promovido pelo ViU Hub, empresa especializada em produção de conteúdo digital da Globosat. As atividades vão discutir desde o caminho do vídeo dentro das plataformas digitais até tendências do segmento de entretenimento, passando por questões sobre o que engaja os adolescentes no digital hoje em dia.

Em paralelo aos palcos acontece o Influencers Sprint, um projeto especial do YOUPIX CON, liderado pela Tera, escola de design, tecnologia e negócios que é uma das principais referências atuais em educação para a economia digital. Durante 4 horas, creators, marcas e membros da indústria digital na missão de co-criar uma estratégia de influência que traga visibilidade e possibilidades de engajamento para um centro de cultura e acolhimento LGBT (Casa 1), uma escola de jornalismo para jovens das periferias (Énóis) e uma instituição que cria projetos pra desmistificação do câncer para crianças e adolescentes diagnosticados com a doença (Beabá). O resultado deste trabalho é apresentado no palco do Key Note Stage.

Este palco receberá, ainda, o Creators Pitch, concurso de talentos do YOUPIX pelo qual já passaram nomes como: Julio Cocielo, Pyong Lee, o pessoal do Canal das Bee e outros. Este ano, foram mais de 350 inscritos. Cinco deles serão selecionados para apresentar seu projeto durante o YOUPIX CON e concorrer a prêmios que contribuam para seu desenvolvimento como criador de conteúdo.

“O YOUPIX CON é um evento de conteúdo da próxima geração (the next generation content). Uma audiência que tem acesso à informação há um clique de distância, on demand e sem interrupções. Iremos trazer insights e provocações sobre como ser relevante, construir melhores narrativas e ser criativo neste novo cenário tanto para agências e marcas, quanto para criadores de conteúdo. Um evento que traduz a essência do YOUPIX de fomentar a indústria de conteúdo digital.” diz, Bia Granja.

Outra novidade é que este ano, em uma ação inédita, o YOUPIX realizou a venda de ingressos presenciais para o evento. “As duas últimas edições do YOUPIX CON eram apenas para convidados. Este ano, para atender a demanda do mercado, abrimos 50 vagas presenciais que, para a nossa surpresa, esgotaram em menos de 48 horas. Apesar do sucesso, não temos a pretensão de expandir o evento, que deve receber esse ano cerca de mil pessoas. Nosso objetivo é oferecer um espaço para networking e conhecimento e entendemos que, para isso, temos que manter um número seleto de pessoas”, diz Daniela Costa, Diretora Geral do YOUPIX.

As palestras, painéis e demais atividades que ocorreram nos quatro palcos do YOUPIX CON 2017 poderão, entretanto, ser acessadas ao vivo via streaming pelo valor de R$390. O conteúdo na íntegra fica disponível por mais seis meses após o evento para que o participante possa acompanhar todo o conteúdo.

A programação completa está no site www.youpixcon.com.br. Além do evento ter o oferecimento do Bradesco, Folha de São Paulo e UOL Ad_Lab, conta com patrocínio de ViU HUB, Globo.com, Magazine Luiza, Agência 1927, YouTube, Facebook, Instagram, Lomadee, Airstrip, Hysteria, TNT, 3 Corações, IBM, Printi, Heineken, Stilingue, Today, Gold&Co e Lover Ipsum.

SERVIÇO
Evento: YOUPIX CON
Data: 25 de setembro, das 9h00 às 22h00
Os interessados em acompanhar a conferência podem assinar o serviço de streaming através do site www.youpixcon.com.br (R$ 390,00)
Obs: as entradas para o evento presencial estão esgotadas.

SOBRE O YOUPIX
Ao longo de 11 anos, o YOUPIX se tornou o principal hub de conexões e negócios da indústria de conteúdo e entretenimentos digital. Pioneiro no estudo e fomento do universo de criadores de conteúdo e da cultura de jovens digitais, estabeleceu uma influente rede de contatos dentro e fora do Brasil.

Além de organizar o YOUPIX CON, o YOUPIX promove encontros de relacionamento; cursos para profissionais e in company sobre o mercado de influenciadores; consultoria de planejamento e relacionamento com influenciadores digitais; curadoria de eventos; viagens de estudos e benchmark para VidCon e Los Angeles; e o Creators Boost, programa semestral de aceleração de criadores de conteúdo. Todos os projetos contribuem com o propósito da empresa de fomentar a indústria de criação de conteúdo digital.

Fonte: YouPix – Yasmine Luna

Nova jornada de compra

Conectividade, simplificação, humanização e engajamento marcam a nova jornada de compra
Informações foram apresentadas durante o Kantar Talks Brazil, que reuniu as mais recentes tendências analisadas pelas empresas do grupo Kantar

Batizada de “Shoppers Into Buyers”, a terceira edição do Kantar Talks Brazil revelou as principais tendências que impactam, atualmente, a jornada de compra. Em um ambiente cada vez mais multimídia, com a forte e crescente presença de redes sociais e aplicativos de mensagens, a informação móvel cria uma nova fórmula de diálogo e altera o modo como as pessoas compram. Nesse cenário, a simplificação surge como uma necessidade a ser atendida. De acordo com informações da Kantar Futures, 7 em cada 10 brasileiros concordam que a tecnologia ajuda suas vidas. Não por acaso, o País aparece em primeiro lugar no mundo entre os que mais querem tornar o dia a dia mais fácil – 83% da população.

E a maneira encontrada pelas companhias para simplificar ao máximo a vida do comprador é apostar na hiper conveniência, quando as facilidades oferecidas quebram as barreiras de tempo e do espaço para a realização da compra. Ações quase que saídas de filmes de ficção científica se tornam realidade no mundo digital e alteram a jornada de compra (“path to purchase”) que passa a ser menos linear, mais interativa e com mais touchpoints, onde personalizar, criar, dividir e influenciar se tornam peças-chaves para a decisão de compra.

Para se comunicar com o shopper (potencial comprador) de agora é preciso conversar com ele, imerso em um ambiente multimídia, multitela e composto de várias plataformas. Mais atento, segundo levantamento da Kantar IBOPE Media, o internauta está bem informado e percebe claramente quando uma campanha é crossmedia. E, atento a isso, envolve-se cada vez mais com as marcas nas redes. Com base nas informações do Target Group Index, por volta de ¼ dos internautas afirma que costuma seguir marcas em redes sociais. Nesse contexto, a relevância e o engajamento se tornam essenciais na comunicação.

Enquanto a penetração da internet se expande no mundo todo, com destaque para o Brasil, informações da Kantar Millward Brown mostram que apenas 5,3% dos acessos ao e-commerce se convertem em vendas, o que coloca em pauta desafios para o canal, entre eles o de ter uma comunicação atrativa, sem ser invasiva, e apresentar uma plataforma simples e que gere uma experiência positiva. Com turismo e produtos eletrônicos em primeiro lugar entre as categorias adquiridas na rede, o que significa que há uma grande oportunidade para demais itens de consumo, uma sessão de e-commerce hoje tem duração média de 43 minutos e 45 segundos, sendo que cada uma envolve muitos sites abertos simultaneamente, de modo que cada um recebe atenção por 24 minutos e 24 segundos, também em média.

Hoje as marcas formam sua imagem junto aos consumidores por meio das mais diversas experiências que proporcionam. De acordo com a Kantar TNS, o momento atual pode ser descrito como a economia de engajamento (“Engagement Economy”). Marcada por inúmeros pontos de contato (touchpoints) capazes de influenciar o shopper, a atualidade coloca em pauta o desafio de gerenciar quais são os touchpoints mais relevantes para transformar os shoppers em Buyers (compradores efetivos).

Nesse ambiente, as marcas têm de traduzir seu propósito por meio das experiências oferecidas aos consumidores. Segundo a Kantar Vermeer, a explosão de pontos de contato redefine a atuação das marcas, pedindo novas formas de envolver os clientes antes, durante e após a compra. Entre elas se destacam a melhora da experiência de varejo e da presença nas redes sociais, a criação de aplicativos e a construção de canais que mantenham o relacionamento.

Dentro da loja

Em um mundo mais ágil, com indivíduos que possuem as informações na palma da mão, a eficiência no processo de compra é fundamental. Lojas que vendem mais rápido vendem mais e, nem sempre, o material produzido para o ponto de venda – cartazes, informativos – é notado. Segundo a Kantar Retail, 69% dos shoppers compram a mesma marca que levaram para casa da última vez, contradizendo a ideia de que a maior parte das decisões de compra é tomada dentro da loja.

Estudos da Kantar Worldpanel revelam também que o shopper visita mais canais para fazer um menor número de compras. Em 2017, foram computados 7 diferentes canais; há quatro anos, eram apenas 5. A decisão de compra se mostra cada vez mais complexa. Em 2012, por exemplo, eram 12 as decisões na hora de escolher um refrigerado lácteo (funcionais, líquido, polpa, regular/light, naturais+light, etc.); hoje, elas somam 20. Mais um motivo pelo qual a organização no ponto de venda torna-se fundamental, facilitando a busca do shopper.

E facilitar a jornada da compra, voltando todas suas atenções para as necessidades, anseios e experiências positivas que possam ser geradas aos possíveis compradores, faz com que as marcas cheguem de forma consistente ao shopper, com grande chance de transformá-lo em um buyer.

Para mais informações, acesse www.kantar.com.

Fonte: AD Comunicação & Marketing – Ana Carolina

Criteo revela que consumidores iniciam jornada de compras de final de ano em outubro

Conversões começam em novembro com forte influência da Black Friday e dispositivos móveis crescem como canal para conclusão de pedidos

Quando o assunto são as compras de final de ano, a antecipação tem sido a palavra de ordem para os consumidores brasileiros que fazem suas aquisições pela Internet. De acordo com o estudo Criteo Shopper Story 2017, da Criteo (NASDAQ: CRTO), líder em marketing para e-commerce, as pessoas começam a pesquisar os presentes mais caros (como televisores e videogames) em outubro e as conversões iniciam em novembro.

A Black Friday tem papel importante nessa antecipação. Importada dos Estados Unidos, a data vem ganhando cada vez mais representatividade no Brasil. De 2012 para 2016, as vendas aumentaram quase cinco vezes, atingindo um crescimento de 465%.

“Tudo o que sempre foi verdade absoluta sobre sazonalidade do varejo está começando a mudar, pois agora os consumidores compram quando bem entendem. As marcas e as lojas precisam estar lá com seus produtos durante toda a sinuosa jornada de compra, que para muitas pessoas começa em outubro”, comenta Alessander Firmino, diretor da Criteo para América Latina e Brasil.

Dados da empresa ainda revelam que o uso de dispositivos móveis é cada vez maior nas transações pela Internet. No quarto trimestre do ano passado, 24% de todas as compras online do País foram concluídas no ambiente mobile. E os consumidores esperam ter a mesma experiência que têm no computador em seus tablets e smartphones.

“Os varejistas precisam traçar estratégias que foquem no consumidor e não apenas no canal ou dispositivo. Em média, a jornada de compra é 1,5 vez mais longa do que o visto em análises que consideram apenas um device”, explica Firmino.

A jornada até a compra

O estudo Criteo Shopper Story 2017 analisou o comportamento de mil consumidores omnichannel do Brasil para entender melhor suas influências e motivações. A pesquisa abrange as palavras mais buscadas na Internet e também milhões de carrinhos de compra dentro de uma rede que conta com mais de 15 mil anunciantes, incluindo os principais varejistas do Brasil, além de marcas de segmentos variados, como eletrônicos, moda, artigos esportivos e eletrodomésticos. Mais descobertas seguem abaixo:

As pessoas usam a internet para pesquisar produtos que compram na loja física (webrooming). Por outro lado, muitos clientes na loja física fecham a compra online (showrooming). De acordo com a pesquisa, 80% dos consumidores omnichannel agem das duas formas.

O e-commerce brasileiro vem ficando mais competitivo graças à expertise cada vez maior dos grandes anunciantes e ao aumento da concorrência online. Agora com mais escolhas, os consumidores fazem compras em vários sites, comparando disponibilidade, opções de frete e informações do produto, além dos preços. O cross-shopping é especialmente comum na categoria “Eletroeletrônicos”, na qual 47% dizem visitar regularmente vários sites para fazer comparações.

A pesquisa revela ainda que antes da conversão, as pessoas costumam manter o carrinho de compras online cheio. Essa prática é mais forte na categoria “Roupas”. Neste caso, um terço dos consumidores inclui itens no carrinho, mas não conclui o pedido na hora.

Fonte: FirstCom Comunicação – Eduardo Mustafa