Planejamento Estratégico na ACIT

Curso de Planejamento Estratégico ACIT oferece consultoria gratuita após finalização das aulas

Na próxima semana, o Projeto Empreende, desenvolvido pela Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT) em parceria com o Sebrae, vai realizar o curso “Na Medida – Planejamento Estratégico”.

Com objetivo de proporcionar aos participantes o domínio do processo de organização da microempresa, conscientizando que o planejamento estratégico, de forma ordenada e articulada, contribui para o aumento das vendas de produtos e serviços, com qualidade e preços atrativos.

O curso acontece no auditório da ACIT de 23 a 26 de julho, somando 16 horas/aula, sempre das 18h às 22h.

Como grande diferencial, o curso oferece, ainda, duas horas de consultoria individual como bônus após a finalização das aulas.

As vagas estão abertas mas são limitadas, e as inscrições podem ser realizadas diretamente na ACIT. Associados tem desconto e facilidades no pagamento. Maiores informações podem ser obtidas pelo email cursos.acit@taubate.com.br ou pelos telefones (12) 2125-8210/8211 e whatsapp 99189-7964.

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté trabalha sempre com foco na consolidação do comércio local, prestação de serviços e indústria, buscando excelência em seus produtos para manter a cidade como referência na região e fazer com que a economia local seja fortalecida.

Fonte: Acontece Comunicação e Eventos

Possante Novo: última etapa de votação

Última etapa da votação do Possante Novo começa neste fim de semana

A reforma de mais um clássico Chevrolet está cada vez mais próxima de acontecer. Pelo quarto ano consecutivo a concessionária Veíbras realiza o concurso Possante Novo. Durante os dias 21 a 26 de julho , depois de percorrer diversas etapas, os três carros estacionam no CenterVale Shopping e aguardam a votação popular para definir o próximo possante.

Para comemorar mais uma edição e os 60 anos de concessionária, o diferencial dessa edição é a assinatura de Fernando Batista, o Batistinha. Especialista em restauração de carros antigos e também responsável por desafios como a restauração do Cadillac de Roberto Carlos, entregue ao Rei em 2010, irá preparar o projeto que servirá de referência para a customização do carro vencedor.

Para o diretor geral do grupo, Rafael Davoli, a Veibras acredita nas histórias das pessoas com seus veículos. “Cada carro traz a personalidade de seu dono, e a concessionária acredita nessa paixão, nas histórias que cada um carrega consigo” afirma o diretor, que acredita que o concurso é uma forma de resgatar este vínculo.

Entre os veículos finalistas estão uma Caravan 1975, do Gabriel de Souza, um Corsa GL 1998 da Sandra Hyodo e um Opala Diplomata 1988 do Renato Ferraz. Os três estarão sendo exibidos durante os dias de votação.

Opala Diplomata 1988 do Renato Ferraz

Para ajudar a decidir qual carro ganhará a restauração, é só comparecer no CenterVale Shopping, que fica na Av. Dep. Benedito Matarazzo, 9403 – Jardim Oswaldo Cruz entre os dias 21 a 26 de julho no Piso Dutra.

Além da votação presencial, as votações online pelo facebook da concessionária começaram hoje às 8h00, e irá até o dia 26/07 às 08h00. O vídeo mais curtido ganhará um voto na composição, somado aos votos presenciais e da comissão da Veibras.

Datas:

21/7 a 26/7 – Votação dos finalistas em SJC – Center Vale Shopping

Fonte: Matéria Consultoria&Mídia – Nathália Barcelos

Coluna Propaganda&Arte

O que Dolly, Chaves e guarda-chuva de chocolate têm em comum?

Além do famoso Dollynho, do programa do Chaves e daqueles chocolatinhos em formato de guarda-chuva, o seriado La Casa de Papel, faz parte de um seleto grupo de coisas ruins que adoramos.

Quando falo que algo é ruim, não estou entrando no mérito de uma avaliação artística, no caso dos programas de TV, ou uma análise de qualidade técnica, no caso dos alimentos. Por isso, para que nosso texto seja produtivo e minha linha de raciocínio fique clara, vamos considerar as seguintes questões:

1- O que significa dizer que algo é “ruim”?
Não estamos pensando nos campos morais ou éticos, de algo bom e ruim. E sim, de algo simples, com poucos elementos em sua composição, barato, com baixos investimentos e, por esse motivo, de baixo valor final.

Esse conceito explicaria as propagandas e os comerciais de baixo custo do refrigerante Dolly, assim como sua mascote que até meme virou, tamanha proximidade esse personagem tem com o público brasileiro.

Já os guarda-chuvas de chocolate, docinhos de décadas atrás, assim como as moedinhas de chocolate e os polêmicos cigarrinhos, oferecem um chocolate comum e barato, com um gosto característico, se diferenciando pelo formato. O resultado é um sucesso gigante com o grande público que consome o que é barato ou se afeiçoa por algum ponto desse produto.

2- Tudo o que é ruim é simples? E tudo que é simples é ruim?
Esse outro conceito precisa ser quebrado. O artista Romero Britto é bastante criticado por apresentar um estilo bastante colorido, simples e até infantil. Ele fez sucesso assim e agradou pessoas de todas as classes sociais. Esse é um feito que precisa ser reconhecido.

Outros artistas também usaram a simplicidade para expressar sua arte e, no meio artístico, são consagrados e colocados no hall da arte moderna. É o caso do movimento Minimalista que surgiu na década de 60 em New York e até hoje faz muito sucesso.

3- Eu preciso ter vergonha de gostar de algo “ruim”?
Claro que não. Cada um tem um tipo de gosto e cada pessoa aprecia um tipo de complexidade da arte ou produto. Seja de um seriado, como La Casa de Papel, que apresenta um roteiro forçado em algumas cenas e personagens estereotipados, mas agrada pelo conjunto da obra e o carisma de certos personagens. Ou então, o seriado mexicano Chespirito (Chaves e Chapolin) que conta com poucos atores, cenários baratos e personagens planos para conseguir cativar o público e gerar empatia de seus telespectadores.

É interessante, porém, saber que existem sempre produtos de melhor qualidade, seja um tipo de bebida, um chocolate, filmes ou séries, que demandaram mais tempo, investimento e raciocínio de seus criadores para conseguir chegar ao seu produto final. Isso também precisa ser valorizado.

4- E se eu não ligar para essas coisas de ruim ou bom?
Eu coloquei essa questão aqui, pois sei que cada um tem o direito de considerar ruim ou bom algo que viu, consumiu ou gosta. A análise aqui é mais no mérito de entender os motivos que levam algo de baixo investimento a fazer tanto sucesso. E o ponto que eu acredito responder à pergunta é a SIMPLICIDADE, que gera uma unidade mais palpável e comunica com mais pessoas.

Uma propaganda ruim, uma mascote comum, um programa de baixo investimento, um alimento extremamente barato e com sabor exagerado. Todos estes são caminhos que indústrias e profissionais escolheram para trilhar e, pelo jeito, sempre vai existir mercado para esse tipo de produto. Ruim ou não, o importante é que a gente consome, adora e não esquece. No final, é disso que trata a propaganda, não é?

Adobe traz evento a São Paulo

Adobe reúne o mercado de marketing digital para evento de 3 dias, com mais de 60 workshops, em São Paulo

Adobe Experience House, que acontece entre os dias 31 de julho e 02 de agosto no EBAC, promoverá grande debate sobre as principais tendências, tecnologias e boas práticas para que as marcas usem a experiência de consumidores como triunfo.

Itaú, Carrefour, Microsoft, Digital House, HyperIsland e Nielsen estão entre os confirmados

Foto: Pixabay

“As pessoas não compram produtos, elas compram experiências”. Foi assim que Shantanu Narayen, CEO Global da Adobe, abriu neste ano o maior evento de Marketing Digital do mundo, o Adobe Summit, em Las Vegas. E, como para a empresa ‘o que acontece em Vegas, não deve se limitar a Vegas’, a Adobe Brasil anuncia o Experience House – que traz para São Paulo três dias inteiros (de 31 de julho a 02 de agosto, no EBAC São Paulo) de debate sobre o tema Marketing de Experiências.

E a Adobe não fará isso sozinha. Com uma programação de mais de 60 workshops, palestras, keynotes e briefing sessions, a empresa de tecnologia contará com a participação de seus clientes e parceiros: marcas como Itaú, Microsoft, Carrefour, Nielsen, além de quatro escolas de marketing – Digital House, ConvergeYou, Hyper Island e a Berlin School of Creative Leadership – compartilharão seu conhecimento e experiências. O Adobe Experience House é destinado a convidados de empresas e parceiros da Adobe de diferentes setores do mercado.

Gabriela Viana, Diretora de Marketing para América Latina da Adobe afirma que o Adobe Experience House será uma oportunidade de reunir profissionais de marketing para tratar de transformação digital. “Os profissionais de tecnologia e marketing terão a chance de vivenciar aspectos práticos da transformação digital. Qual o mindset que os times devem ter, que habilidades e ferramentas devem desenvolver? O objetivo do evento é realmente criar um espaço de troca e aprendizado – trazendo o que há de mais avançado em tecnologias de marketing”.

E como marketing, conteúdo e criatividade são palavras-chave na Adobe, a Creative Cloud e a Document Cloud também estarão representadas no evento. Em parceria com a Nexus, o evento traz uma Tech Exhibition guiada pelo uso de Realidade Virtual e Realidade Aumentada. “O Adobe Experience está na sua terceira edição e estamos entusiasmados com todo o conteúdo que será compartilhado durante os 3 dias de evento. Acreditamos que combinar arte e tecnologia a serviço das melhores experiências é o caminho para marcas inovarem”, finaliza Gabriela Viana.

Serviço:

Adobe Experience House

Quando: de 31 de julho a 2 de agosto

Onde: EBAC: R. Mourato Coelho, 1404 – Pinheiros, São Paulo – SP, 05417-002

Fonte: RMA Comunicação – Alisson Costa

Jornada de dados

Quanto mais dado melhor? – A importância da jornada de dados para sua empresa

Por Felipe Stutz*

Um trilhão de gigabytes ou 163 zettabytes. Você já pensou em quanta informação esse número representa? Apesar de ser uma quantia inimaginável, esse é o número de dados digitais que o mundo terá em 2025, de acordo com estudo do IDC. Esse valor é 10 vezes maior do que o que foi gerado em 2016, por exemplo.

Em teoria, empresas de diversos setores utilizam a análise de dados para tomar decisões de negócios, entender clientes e parceiros, ou ainda tomar decisões estratégicas e fazer diagnósticos de problemas internos. Para essas organizações, parte-se do princípio que essa quantia de dados que geraremos nos próximos anos seja excelente para a inteligência estratégica.

No entanto, na prática, é muito fácil ser rico em dados, mas pobre em insights para o negócio, caso tudo que for coletado não seja analisado de maneira eficiente. Para fazer uma análise inteligente dos dados gerados por uma empresa, e da relação com clientes e parceiros, é necessário saber separar o que é crucial para a tomada de decisões do que é menos relevante.

Apesar de faltar 7 anos para a previsão do IDC se cumprir, é fundamental começar desde já a se preocupar com isso, até porque, a quantidade de dados gerados atualmente pelas empresas já é bastante grande.

Para lidar com essa demanda, as empresas precisam adotar procedimentos e tecnologias que permitam que em poucos anos consigam utilizar as informações geradas para liderar boa parte de suas decisões de negócios.

A jornada de dados é um passo importante nesse sentido. As organizações necessitam pensar inicialmente na coleta de dados, em como transportá-los, protege-los, e armazená-los, mas também, no que farão a partir daí. Estes dados precisam ser encaminhados para plataformas que permitam seu processamento e posterior análise, para então se identificar o que é válido.

Ou seja, a partir de tecnologias de análise de dados e o estudo de uma equipe de cientistas da informação, é possível entender o que deve ser descartado ou mantido. A partir disso, a área encarregada poderá definir para quais setores da empresa as informações coletadas trazem maior inteligência e definir como serão utilizadas.

Para se ter uma ideia, isso é tão importante que, segundo a pesquisa Global Data and Analytics survey, da PWC, 39% das empresas se veem como altamente direcionadas por dados, sendo que 36% delas conseguem prever melhor do que as demais organizações os próximos passos a tomarem. Ao mesmo tempo, até as empresas que não se veem como data-driven, percebem essa necessidade crescente e têm a consciência que suas organizações poderiam confiar muito mais em análise de dados e menos na intuição de seus gestores.

Isso mostra que a urgência da jornada de dados existe e já é percebida inclusive por empresas que ainda não adotaram qualquer medida de transformação digital. Em um mundo altamente conectado, muitas informações continuarão sendo geradas, e isso não é necessariamente bom. É preciso cuidado para não cair na armadilha de que ter uma imensa quantidade de dados será um diferencial para os negócios. As empresas que já se preocupam em processar, analisar e tomar decisões inteligentes com base nos dados coletadas certamente terão vantagem nessa corrida.

*Felipe Stutz é Diretor de Soluções da Orange Business Services para América Latina

Fonte: aboutCOM – Natália Diogo

Vaga para atuar em redes sociais

Rede de concessionárias abre vaga

A Original Veículos, concessionária VW, abre vaga para profissional de redes sociais. Confira a vaga:

 

Cai a inadimplência em Taubaté segundo a ACIT

Estudo ACIT aponta que inadimplência do consumidor em Taubaté caiu 0,2% em maio

Um estudo realizado pela Boa Vista SCPC, parceiro da Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT), aponta que o Indicador de Registros de Inadimplentes caiu 0,2% em Taubaté, na comparação mensal de maio contra o mês anterior.

No resultado acumulado, a inadimplência obteve queda de 1,3%, enquanto na variação interanual (mesmo mês do ano anterior) o indicador cedeu 4,5%.

A recuperação de crédito do consumidor, por sua vez, aumentou 0,9% na comparação mensal de maio contra o mês anterior. No resultado acumulado, a recuperação avançou 0,3% enquanto na variação interanual (mesmo mês do ano anterior) o indicador recuou 8,4%.

Para levantamento desses dados, a Boa Vista utiliza o indicador de registro de inadimplência, que é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas e o indicador de recuperação de crédito é elaborado a partir das exclusões de registros informadas à Boa Vista SCPC pelas empresas credoras.

O índice calculado pela média móvel dos últimos 12 meses do mês de referência, tendo como ano base a média desses valores em 2011 (base = 100). A partir de março de 2016, as séries dessazonalizadas (as quais utilizavam o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau) foram descontinuadas.

Confira os dados dos indicadores no quadro:

A Boa Vista SCPC é parceria da ACIT e oferece serviços aos associados há alguns anos. A empresa está no mercado há mais de 60 anos, com atuação no segmento de inteligência analítica sobre consumidores e empresas e tem como diferencial a transformação de dados de pessoas físicas e jurídicas em informações inteligentes para o mercado. Destacam-se as campanhas de renegociação de dívidas (como a “Acertando suas Contas”, realizada junto com a ACIT no final de 2017 em Taubaté), a consulta gratuita de CPF pela internet e o monitoramento para proteção a fraudes. Além disso, ela oferece o Cadastro Positivo, que apresenta às empresas credoras o histórico de pagamentos honrados pelos consumidores, aumentando suas chances de conseguirem crédito no mercado.

Fonte: Acontece Comunicação e Eventos

Shopping vai liquidar

Liquida Garden começa na próxima quinta no Via Vale

Até domingo, diversas lojas do shopping estarão com descontos que vão até 70%

Quem é que não gosta de uma boa promoção, não é mesmo? E quem adora preço baixo e produtos de qualidade poderá aproveitar a tradicional Liquida Garden, que já está em sua terceira edição e começa no próximo dia 19/07 e vai até 22/07 no Via Vale Garden Shopping. Pelo menos 15 lojas do mall estarão com descontos imperdíveis de até 70%. No mix de variedades estão roupas, acessórios, artigos esportivos, decoração, joias, entre outros produtos com preços atrativos. “Além de aproveitar promoções em marcas exclusivas, a ‘Liquida Garden’ é uma ótima oportunidade para comprar aquele produto tão desejado por um valor mais acessível”, destaca Bruna Marcon, responsável pelo marketing do Shopping.

Na loja de móveis Benetti, por exemplo, tem produtos selecionados com descontos de até 50%. Na Hering Store é possível encontrar produtos masculinos e femininos com até 60% off. Quem também está com descontos de até 60% em relógios e óculos é a Óticas Carol. A calçadista Constance tem diversos modelos de sapatos com descontos que vão até 50%. Na Polo Wear os descontos são maiores, vão até 70%. No setor alimentício a CIA do Churrasco as porções de babata saem pela metade do preço.

Os descontos imperdíveis também estarão presentes nas lojas Unhas Cariocas, One Store, Le Postiche, Essência, Gold Finger, Impera, Renner, Código Girls, Ilha do Mel, Garbo, Riachuelo e Scaranza. A ‘Liquida Garden’ acontece junto ao horário de funcionamento do shopping.

Fonte: Assessoria de Imprensa Via Vale

Estágio para atuar em digital

Vaga para Estágio

Atribuições:

→ Criação de texto para e-mails, vídeos e campanhas online.
→ Criação de peças gráficas para internet;
→ Suporte na elaboração e execução de estratégias de vendas.

Foto: Pixabay

Requisitos:

→ Estar cursando Publicidade, Marketing ou RP;
→ Organizado e Pró-ativo;
→ Ter boa redação e conhecimento gramatical;
→ Trabalhar bem em equipe;
→ Estar disposto a aprender novas tecnologias e conceitos;
→ Residir em Taubaté – SP.

Diferenciais:

→ Experiência com produção de conteúdo;
→ Interesse por tecnologia e inovação;
→ Gostar de assistir filmes/séries;
→ Gostar de ler.

Mais informações sobre a vaga:
Horário: Segunda à sexta-feira, das 14h às 18h
Estágio remunerado.

Quer se candidatar?
Envie seu currículo para talentos@pensaredigital.com.br

Cursos gratuitos de férias

Centro Universitário São Lucas lança minicursos de inverno gratuitos em Caçapava

Serão oferecidos cursos nas áreas de negócios, comunicação, saúde e terapia holística

Diante da grande concorrência do mundo do trabalho, ter um currículo com cursos de qualidade e boas experiências faz toda diferença na hora de conquistar um bom emprego.

Pensando nisso, o Centro Universitário São Lucas – Caçapava lança minicursos de inverno totalmente gratuitos para quem deseja se aperfeiçoar no período das férias. Os minicursos acontecerão de 17 a 21 de julho no Campus da instituição em diversas áreas do conhecimento com metodologias dinâmicas e de fácil aprendizagem.

Serão oferecidos sete minicursos com os seguintes temas: “Finanças em Empresas Familiares”; “Aprendizagem baseada em problemas – PBL”; “Sexualidade: Métodos contraceptivos”; “Facebook training Day – O desafio de montar uma Fanpage”; “Consciência Corporal e da Energia Vital”; e, Yoga do Riso: como utilizar os benefícios do riso no seu dia-a-dia.

Os cursos livres são gratuitos e aberto para todos os públicos. As inscrições podem ser feitas pelo site da Instituição ou direto pelo link https://www.eventbrite.com.br/e/cursos-de-inverno-sao-lucas-tickets-47599105205 .

Serviços:

17/07: Finanças em Empresas Familiares;

18/07: Aprendizagem baseada em problemas – PBL;

19/07: Sexualidade: Métodos contraceptivos”;

21/07: Facebook training Day – O desafio de montar uma Fanpage;

21/07: Consciência Corporal e da Energia Vital;

21/07: Yoga do Riso: como utilizar os benefícios do riso no seu dia-a-dia;

Site: http://saolucas.edu.br/cacapava/

Inscrições: https://www.eventbrite.com.br/e/cursos-de-inverno-sao-lucas-tickets-47599105205

Fonte: Assessoria de Imprensa São Lucas Educacional – THAIZ WERTZ