Loja solidária de Natal no Via Vale

Via Vale Garden Shopping tem loja solidária de Natal

Até o dia 24 de dezembro, véspera da data mais importante do varejo, o Via Vale abre as portas da Loja Solidária de Natal. Como já é tradição, durante todo o ano, o shopping cede o espaço para Instituições locais arreacadarem recursos por meio de seus trabalhos artesanais e manuais, desenvolvidos pelos próprios assistidos pelas Instituições.

A primeira instituição participante é a Casa Mulher & Vida, uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos de assistência social e que há dezesseis anos presta suporte sócio econômico, psicológico, jurídico e nutricional à pessoas vivendo e convivendo com IST/HIV de Taubaté e Região. Atualmente assiste 407 pessoas e seus familiares. Na loja será possível encontrar trabalhos em feltro, tecido, costura criativa, todos artesanais. O valor das peças vai de R$10,00 a R$130,00.

A outra instituição que está expondo seus trabalhos no Garden é a Casa da Amizade de Taubaté, que é uma entidade voltada para o trabalho com as gestantes carentes da comunidade. Todo mês, a casa entrega de 15 a 20 kits de enxoval para a gestante que está de 7 a 9 meses de gestação. O trabalho é desenvolvido há mais de 70 anos. A Casa também conta com o apoio do Banco de Leite de Taubaté, além de oferecer apoio de assistente social, fisioterapeuta, treinamentos e palestras para as mamães sobre os cuidados com o bebê. A Casa também atende asilos e faz empréstimo de cadeiras de rodas para quem precisa. No Bazar será possível encontrar peças em patchwork, E.V.A, tricô, crochê, MDF e decoração de natal em geral. O preço dos produtos varia entre R$3,00 e R$250,00.

Toda a renda arrecadada pela loja, nesses dias em que ficará instalada no Via Vale Garden Shopping, será revertida para as entidades de caridade participantes. Ambas as instituições se mantém com o resultado das doações da população e renda dos bazares. A loja seguirá o horário de funcionamento do mall.

Fonte: Marketing Via Vale – Aline Duarte

PUMA Brasil lança campanha de Natal “Presente das Minas”

Com criação da BETC/Havas, a marca alemã faz um convite à correção de estereótipos das buscas no Google antes do Natal, além de incentivar a prática feminina aos esportes

A PUMA Brasil lança sua nova campanha de Natal “Presente Das Minas”, que faz parte do empenho da marca em incentivar e apoiar mulheres na prática de esportes, seja para diversão, se manter ativa ou pensando em uma carreira profissional. O objetivo é contribuir com a discussão de estereótipos existentes em presentes para meninas antes do Natal.

Quando se procura por “presente de menina” em sites de busca na internet, os primeiros resultados apresentam um mundo cor-de-rosa que se multiplica nas lojas de brinquedo e sites. Isso fica ainda mais nítido quando vemos que, segundo o IBGE, no Brasil cerca de 68% das mulheres dizem nunca terem praticado esportes e, dos 32% que já praticaram, menos da metade participou de um esporte coletivo.

“Queremos ver cada vez mais meninas e mulheres inseridas no esporte”, disse Fabio Kadow, diretor de marketing da PUMA Brasil. “Criamos a campanha justamente para contribuir com a discussão e começar a mudar esses estereótipos que não têm mais espaço nas novas gerações”, conclui.

“Essa ação é mais do que um convite, é uma provocação da PUMA para driblarmos os estereótipos e propormos uma mudança de pensamento. Por que as minas não são incentivadas ao esporte tanto quanto os meninos? Para mim que sou mulher e mãe de menina e menino é um orgulho fazer parte disso”, disse Andrea Siqueira, diretora executiva da criação da BETC/Havas.

A campanha acontecerá nos sites de busca até o Natal, com termos como “brinquedo de menina” e “presente feminino”, entre outros, apresentando como resultados anúncios da PUMA, direcionados ao site que falará mais sobre a campanha e com diversas opções de presentes. A campanha também estará presente nas redes sociais da PUMA Brasil e poderá ser discutida nas redes sociais com a hashtag #PresentedasMinas, com o apoio das embaixadoras da marca.

Para saber mais sobre a campanha, clique aqui.

Ficha Técnica

Agência: BETC/Havas + Puma

Cliente: PUMA

Campanha: #PresenteDasMinas

CCO: Erh Ray

General Manager: Daniel Jotta

Diretora Executiva de Criação: Andrea Siqueira

Criação: Nelson Prado (BETC), Will Santos (BETC) e Julia Machado (Puma)

Canais & Engajamento: Carlos Guerra (BETC) e Jessica (PUMA)

Aprovação do Cliente: Fabio Kadow e Rubia Pria

Fonte: Giusti Comunicação – Isabella Bonito

Colinas Shopping lança livro sobre Noel jovem em prol de projeto social

Renda arrecadada será revertida para as obras da ONG Viva Boa Vista, de Jacareí

A história “O Primeiro Natal de Noel”, que também dá nome à campanha de fim de ano do Colinas Shopping, é contada em um livro exclusivo produzido pelo Colinas, com ilustrações de Clelia Melatto. Nela, Mr. Gift se encontra com um Noel ainda jovem, aprendendo seu ofício e descobrindo sua vocação, em momentos de solidariedade, família, amizade e aventura.

A publicação, além de ter o conto de Natal que inspira a campanha, integra uma ação social encabeçada pelo Colinas Shopping. Ao ficar com um exemplar, o cliente pode colaborar voluntariamente com o projeto social ONG Viva Boa Vista.

Toda a renda arrecadada será revertida para as obras de reforma da instituição de Jacareí. O livro tem uma doação sugerida de R$ 30, mas os clientes podem colaborar com qualquer quantia.

“O Primeiro Natal de Noel” também tem uma versão digital, disponível no site do shopping: colinasshopping.com.br/oprimeironataldonoel, que pode ser acessada gratuitamente.

Fonte: Cabana – Alexia Silva

Internet vai superar vendas nas lojas físicas

Pela primeira vez, compras de Natal pela internet vão superar vendas nas lojas físicas no País

Segundo pesquisa da agência Conversion, varejo virtual soma 31,94% das intenções de compra dos brasileiros para a data, seguido pelos aplicativos de lojas e marcas, com 22,53%

Pela primeira vez no País, o Natal deste ano terá mais compras pela internet do que no varejo físico. Segundo pesquisa inédita da agência Conversion, especializada em SEO e e-commerce, as lojas virtuais somam 31,94% das intenções de compra dos brasileiros para a data, seguidas pelos aplicativos de lojas e marcas, com 22,53%. Os estabelecimentos em shopping centers e comércio de rua aparecem em seguida com, respectivamente, 19,25% e 18,77% das preferências.

De acordo com a pesquisa, realizada no dia 12 de dezembro com 1.068 brasileiros acima de 16 anos, por meio de um questionário estruturado com perguntas fechadas via internet, 83% dos entrevistados afirmaram que vão presentear alguém no Natal, mas 17% dos consumidores não irão fazer nenhuma compra para a data comemorativa.

A pesquisa mostra que será, de fato, um Natal muito mais econômico: 41,3% pretendem gastar menos este ano em comparação com o evento de 2019. “Por outro lado, o estudo mostra que 23,6% pretendem gastar mais com presentes neste Natal em 2020, que, por si, já é bastante surpreendente diante do atual cenário de desemprego e de queda da atividade econômica no País”, comenta Diego Ivo, CEO da Conversion.

“Em novembro, lançamos um estudo que apontou para a maior Black Friday de todos os tempos, impulsionada pela pandemia. Naquela pesquisa, 75% dos brasileiros pretendiam comprar pela internet por medo do contágio”, acrescenta.

O estudo mostra ainda que 48,3% dos brasileiros pretendem gastar menos de R$ 300 em todos os presentes de Natal deste ano. “Este número é diametralmente oposto ao de nossa pesquisa sobre a Black Friday, quando 32,2% afirmaram que pretendiam gastar acima de R$ 1 mil. Para o Natal, apenas 12% pretendem presentar acima de mil reais”, explica.

Para Ivo, o chamado “novo normal”, que começou em março e se estendeu durante todo o ano, está levando o consumidor brasileiro a mudar profundamente os seus hábitos. “por esta razão, teremos um Natal com mais compras por e-commerce do que por lojas físicas”, ressalta.

O prazo de entrega é, segundo a pesquisa, o fator mais preponderante para a decisão de compra dos brasileiros, seguido do custo do frete, que também será muito levado em conta, reforçando a ideia de um Natal espartano.

A pesquisa completa pode ser acessada gratuitamente neste link

Fonte: Assessoria de Imprensa – Thiago Nassa