Empresa busca estagiário

Vaga de estágio

Do-Ha abre vaga para quem está cursando design, publicidade e propaganda ou marketing.

Desejável:

– conhecimento em redes sociais;
– boa redação;
– Adobe Illustrator e Photoshop são um diferencial

Benefícios:

– Bolsa auxílio: R$ 700,00
– Vale transporte: R$ 100,00

Envie CV e portfólio para aline@dohaprofessional.com

Vaga para redator

Vaga para redator em comunicação corporativa

Cidade Taubaté

Características pessoais

Bom humor
Facilidade de trabalhar em grupo/ interações em jobs em conjunto
Resiliência
Atenção aos detalhes
Criatividade

Características Profissionais

Formação acadêmica em Comunicação
Mínimo de 05 anos de experiência em textos publicitários
É diferencial ter experiência em elaboração de campanhas
É diferencial inglês e espanhol.

Coluna Propaganda&Arte

Será que nosso paladar evolui, assim como o gosto musical?

Eu sei que parece um pouco absurdo, mas como somos seres que utilizam os cinco sentidos para interagir com o mundo, será que com o passar do tempo, assim como acontece com o paladar, nosso gosto musical também se “aperfeiçoa”?

Estamos vivendo o que gosto de chamar ERA GOURMET. Nessa fase, tudo pode ser consumido em alguma versão gourmet, mais incrementada, como algum tipo de arte, algo mais refinado. São cafés especiais, cervejas artesanais, vinhos, coxinhas e tudo mais que você possa imaginar (e não imaginar). Isso significa que as pessoas estão buscando experiências de sabor, olfato, experiências no geral, mais completas, complexas e satisfatórias.

Posso falar por mim. Aos meus 20 anos, comecei a consumir “com gosto”, cerveja e café, apreciando cada variável. Meu paladar mudou, definitivamente, e comecei a treiná-lo. Portanto, existem sim, aromas, gostos, texturas e experiências mais complexas. Não estou negando-as. A questão aqui é sobre o gosto musical. Será que muda também? Refina-se com o tempo e fica melhor, como o vinho?

Existem alguns artistas que são clássicos, consagrados pelo público e marcaram história. Será que eles representam um gosto mais geral comum? Tipo um arroz com feijão? Já outras bandas, caminham por uma linha mais complicada, sendo aclamada pelos críticos e às vezes nem conhecido pelo grande público, vivendo no underground. Se realmente esse refinamento existe, então devemos respeitar esses caras, certo?

Não estou falando para você ficar acreditando em críticos, nem em artistas novos, só porque disseram que são gênios. Eu mesmo escutei Radiohead diversas vezes, achava até bacana quando era adolescente e só agora, recentemente, compreendi a profundidade da arte dos caras. Ou seja, sempre é tempo para experimentar, nunca é tarde para descobrir novos gostos, ou gostos antigos, mas com um novo olhar. Ou melhor, com um novo paladar. Mas claro, sempre respeitando aquela máxima “gosto não se discute”. Ou se discute?

Empresa mostra resultados de sua pesquisa que aborda usos e segurança na web

ESET revela que 53% dos usuários passam mais de 6 horas por dia conectados à internet

No dia 17 de maio é celebrado o Dia da Internet. Para comemorá-lo, a ESET, líder em detecção proativa de ameaças, compartilha os resultados de sua pesquisa sobre usos e segurança na Internet. Entre os dados mais relevantes está o fato de que hoje 53% dos usuários gastam mais de 6 horas conectados na frente de uma tela.

A pesquisa coletou Informações de usuários e pessoas interessadas em seus produtos em toda a América Latina e mostra alguns hábitos de quem acessa a internet. Segundo o levantamento, 26,6% das pessoas utilizam a internet por conexão via cabo, 57% por meio de wi-fi privado e 9,4% por pacote de dados 3G/4G. Com relação ao local de acesso, a maioria (68%) usa computadores do escritório onde trabalha, enquanto que o celular é o favorito de 3 em cada 10 pessoas para conectar-se.

O levantamento também questionou qual o dispositivo mais importante para as pessoas, caso tivessem que escolher somente um. A grande maioria (68%) escolheu o PC como o favorito, seguido pelo celular (26,6%), o vídeo game (3,87%) e a TV (3,23%).

Segurança cibernética

Com relação à segurança, 34,6% das pessoas pesquisadas foi vítima de alguma ameaça cibernética, sendo que a maioria delas (23%) sofreu especificamente com phishing e uma porcentagem considerável (14%) não sabe se já foi afetado por ameaças.

Apesar de a maioria (82,8%) utilizar uma solução de segurança em seus equipamentos, 85% acha que a internet continuará sendo perigosa ou que a situação irá se agravar nos próximos anos. No entanto, como forma diminuir o problema, para 97% das pessoas a segurança informática deveria fazer parte da formação educacional nas escolas.

Histórico

Há mais de 40 anos, uma rede de 23 computadores conhecida como ARPANET era usada pelos militares dos EUA para enviar e acessar informações militares. Embora essa conexão seja entendida como o nascimento da internet, somente em meados da década de 1990 é que a world Wide Web deu seus primeiros passos para se tornar o que é hoje, com surgimento de comércios eletrônicos e jornais online, além, é claro, o nascimento do Google, em 1998, reinventando o hábito de buscar informações na web.

Somente no ano de 2001 foi criada a Wikipedia, pouco depois nasceu o Skype (2003) e, por fim, o Facebook (2004). A partir deste ano nasceu uma nova rede, agora conhecida como Web 2.0. Colaborativa e participativa, que permite aos usuários compartilhar conteúdo e participar ativamente de portais, blogs e redes sociais.

“O que começou como uma rede militar, há mais de 40 anos, tornou-se aquilo de que todos fazemos parte hoje, o que nos aproxima das informações, nos conecta e nos comunica, e também nos confronta com novos riscos e desafios. A ESET está comprometida com a educação em segurança cibernética porque acredita que conhecer os riscos aos quais estamos expostos quando navegamos na internet nos permite desfrutar de tecnologia com segurança”, finaliza Camilo Gutierrez, chefe do Laboratório da ESET na América Latina.

Fonte: AboutCom – Natália Diogo

Áudio trata de marketing digital

Áudio da semana aborda marketing digital

Nesta semana o conteúdo em formato de áudio do Publicitando e que é exibido em primeira mão às terças feiras dentro do programa Panorama da Rádio Unitau, comandado por Gérson Mário, trata do marketing digital.

Confira o que apresentamos sobre este assunto tão importante nos dias de hoje.

Vaga de Estagiário

Grupo Davoli abre vaga para estágio

Contrato:2 anos
Bolsa auxílio: R$ 794,00
Horário: segunda a sexta 10h00 às 17h00
Local: Vale Caminhões – Caçapava
Perfil: Cursando Superior em Marketing; Publicidade e Propaganda; Mídias Digitais e áreas afins.

Interessados enviar currículo com o nome da vaga para: selecao@grupodavoli.com.br até dia 23/05

O dia da internet

No Dia da Internet, conheça 7 grandes inovações que estão levando à expansão da “IoT”

Estudo aponta quais ações estão contribuindo para que a Internet das Coisas entre de vez no dia a dia das pessoas

Hoje, dia 17 de maio, é celebrado o Dia da Internet, tecnologia que revolucionou a maneira como vivemos e trabalhamos nas últimas décadas. Um dos avanços proporcionados graças à Internet é o IoT, ou a Internet of Things (Internet das Coisas), que conecta objetos a rede mundial de computadores. Hoje em dia, com a “IoT” nossos dispositivos são inteligentes e estão conectados, produzindo dados que geram insights e tornam nosso cotidiano mais eficiente e nossa economia mais aquecida. A Internet das Coisas está trazendo todo o potencial dos softwares e da internet para o mundo físico, fazendo uma revolução por meio de sensores, dados, criptografia e nuvens.

“Muitas ferramentas tecnológicas poderosas estão convergindo para multiplicar as oportunidades geradas ao se conectar os dispositivos que fazem parte do nosso dia a dia”, explica o country manager da BSA no Brasil, Antônio Eduardo Mendes da Silva, conhecido como Pitanga. “Estamos no caminho certo para que a revolução dos dispositivos conectados melhore nossa qualidade de vida e transforme novamente a maneira como trabalhamos, além de ser um gás na nossa economia, criando novos empregos, indústrias e oportunidades para um futuro mais próspero”, analisa.

As principais inovações que estão permitindo o desenvolvimento da IoT (Internet das Coisas) são apresentadas no estudo “Sensor Sensibility – Getting the Most from the Internet of Things”, da Software.org, uma organização de pesquisa internacional, independente e apartidária.

Conheça os 7 principais avanços apresentados pelo estudo:

Sensores estão ficando cada vez menores, baratos e poderosos
Eles permitem que dispositivos vejam, escutem e sintam além da capacidade humana. Permitir que os dispositivos sintam e controlem o ambiente é parte fundamental para a criação de uma rede conectada.

Dados criados por dispositivos estão crescendo exponencialmente
O aumento do volume de dados faz com que possamos aproveitá-los mais, já que estamos criando um gigantesco banco de informações que pode ser consultado para tomar decisões mais estratégicas. Quanto mais explorarmos os dados, mais possibilidades se abrirão.

Softwares inteligentes podem ser embutidos em qualquer produto ou solução
Ao inserir softwares em dispositivos e objetos, permitimos sua conexão com a internet e com a Nuvem, deixando-os mais inteligentes, além de possibilitar a sua integração a um sistema. Igualmente, viabiliza que o sistema seja aperfeiçoado por meio de simples atualizações de software. A presença dos códigos em nossas vidas cresceu tanto que hoje em dia, por exemplo, geladeiras de última geração têm mais linhas de código que um computador de mesa tinha há 20 anos.

A conectividade está ficando mais rápida, onipresente e indo mais longe
Para atingir todo o potencial de rede da Nuvem, dispositivos devem estar conectados por meio de internet de alta velocidade, baixo custo e ampla abrangência. Conexões preparadas para lidar com redes mais densas já estão sendo desenvolvidas para serem mais flexíveis e rápidas.

Softwares de análise estão usando a Nuvem para deixar dados mais acessíveis, úteis e cada vez mais valiosos
Quando dois dispositivos se comunicam, é essencial que exista a Nuvem para armazenar, processar e analisar os dados obtidos. A Nuvem também garante que os dados sejam armazenados e consultados remotamente, além de permitir a criação de sistemas integrados e inteligentes que deixam os aparelhos cada vez mais smarts. A análise inteligente das informações atrelada aos dispositivos resulta em uma rede muito mais poderosa do que a simples adição isolada deles.

Tecnologias de segurança evoluem continuamente para permitir que os dispositivos fiquem conectados e os dados fiquem protegidos mesmo com a evolução das ameaças
Quanto mais os dispositivos conectados fazem parte de nossas vidas, mais precisamos que tecnologias se renovem continuamente para garantir um uso seguro da rede. A criptografia, por exemplo, já esta sendo utilizada para proteger dados, para assegurar que apenas dispositivos habilitados estejam conectados à rede e para proteger dados em trânsito e armazenados na Nuvem.

A inovação não está restrita a grandes empresas, mas também nasce nas garagens de empreendedores e inventores independentes
Com a proliferação de dispositivos conectados e das Nuvens e a facilidade para se comprar e conectar sensores, o percurso entre ideia e protótipo e entre protótipo e produto está encurtado, facilitando a criação de novas soluções conectadas por inventores independentes. A inovação não está mais limitada às grandes corporações.

Fonte: Textual – Maria Alice Vila – BSA | The Software Alliance

Agência abre três vagas

Vincere quer três novos membros para seu time

Agência digital focada em comunicação política e sediada em Taubaté busca dois social media – um senior e um junior – e um criativo junior.

Confira os perfis para vaga na arte abaixo:

Agência contrata atendimento

Vaga para Atendimento Publicitário

Contratação: CLT

Perfil do Candidato:
•Perfil proativo e analítico;
•Ser organizado e comprometido;
•Agilidade e capacidade de negociação;
•Busca se desenvolver e se aperfeiçoar sempre.

Responsabilidades:
•Elaboração de briefings e cronogramas;
•Acompanhamento interno contínuo dos jobs até a entrega final;
•Executar e participar de reuniões relacionadas a carteira de clientes;
•Participar do planejamento das estratégias do cliente dentro da agência;
•Utilizar dos conceitos de comunicação e marketing para cada projeto;
•Aprovar campanhas e layouts com cada responsável de acordo com o objetivo;
•Acompanhar o desenvolvimento e evolução do cliente durante todo o período de contrato.

Requisitos obrigatórios: Experiência na área de atendimento publicitário.

Desejável/Diferencial: Conhecimento em marketing, CNH B

Horário de trabalho: De segunda a sexta-feira, das 08h às 18h

Remuneração: R$ 1.200,00 – R$2.000,00 + Vale Transporte + Refeição

Benefícios: Curso de inglês

Local de Trabalho: OnHead Marketing em São José dos Campos

Enviar currículo para rh@onhead.com.br com o assunto ‘vaga atendimento’.

Shopping completa 21 anos

Colinas Shopping, em São José dos Campos (SP), completa 21 anos de olho no futuro

Gestão de um dos mais tradicionais centros de compras da região prioriza a experiência e o relacionamento, focando no novo perfil do consumidor

O Colinas Shopping, em São José dos Campos (SP), completa neste mês 21 anos de atividades, comemorando os bons resultados e mirando melhorias para cativar um novo perfil de cliente, cada vez mais exigente e interessado em experiências enriquecedoras.

Na era do streaming, com produtos e serviços digitais cada vez mais presentes na vida das pessoas, o foco é oferecer um entretenimento significativo, que resgate as relações interpessoais. “Também é importante ressaltar os valores da marca e atender às demandas reais do cliente”, ressalta o CEO do Grupo Colinas, Emerson Marietto.

Consolidado como um dos principais centros de compras do Vale do Paraíba, o Colinas Shopping fechou 2017 com 26 novas operações, mesmo com a economia do país ainda fragilizada. Os números positivos se devem, segundo o CEO, a um olhar voltado ao novo perfil de consumidor brasileiro.

“Enfrentamos uma mudança de comportamento do consumidor, que está relacionado não só à redução no poder de compra, mas também às novas opções de consumo como e-commerces e entretenimento on-line, entre outros. E são esses obstáculos que vencemos diariamente ao oferecer novas operações, produtos e serviços diferenciados, além da modernização de nossas estruturas”, afirma Marietto.

Emerson Marietto, CEO do Grupo Colinas

Com esse olhar voltado ao novo perfil do consumidor brasileiro, o shopping fez uma aposta inédita: inovar em eventos e feiras que levassem uma nova experiência ao público.

“As feiras, que em 2017 foram um experimento, se consolidaram e têm importante papel em 2018, já que as pessoas estão buscando mais qualidade de vida, estão olhando para o local. Sentimos que as pessoas querem que as empresas, assim como o Colinas Shopping, tenham um papel importante na vida delas não só por meio das compras, mas por meio de experiências”, diz.

Neste ano, o shopping investiu em eventos inovadores, como o bate-papo “Questões Femininas e Feministas”, que contou com a participação da atriz e cantora Clarice Falcão e da escritora Ruth Manus; a Cidade Portinho, projeto de educação para o trânsito; a iniciativa de doação de obras literárias “A Livraria”; e o Vegan Day, além de atrações especiais nas férias escolares, Carnaval e Páscoa.

Crescimento

Recentemente, o shopping concretizou importantes realizações comerciais, com destaque nacional. Um dos exemplos foi a inauguração da Thule Store Colinas, a primeira loja conceito da marca sueca nas Américas. A Thule é líder mundial em soluções de transporte de bagagens, equipamentos e itens esportivos.

Ampliando seu mix de lojas e promovendo entretenimento – até maio, foram 15 eventos –, o Colinas consolida seu investimento em um espaço mixed-use.

Entretenimento e lazer também conquistaram mais espaço. Além do Teatro Colinas, o mall teve a reinauguração da livraria Maxsigma – que ocupa uma área de 1.000 metros quadrados com área kids e cafeteria, entre outras seções – e lançou o Espaço Cultural do Colinas, “um espaço de convivência e de cultura para a cidade”, explica Marietto.

O hotel Golden Tulip São José dos Campos, que faz parte do complexo Colinas Shopping desde 2015, recebeu a certificação de excelência ao lado de apenas outros nove hotéis do Brasil e foi líder em qualificação de diversos portais de hotelaria.

“Estamos completando 21 anos de atuação buscando resgatar nossa essência. O objetivo é a consagração como um centro de entretenimento, com a realização de importantes eventos, implantar melhorias contínuas e zerar nossa vacância”, destaca o CEO do Grupo Colinas.

Fonte: Cabana – Suzane Rodriguez