Neogama e Asics ganham três leões

Anúncio térmico com teste de pisada, criado pela Neogama para Asics, ganha três leões no Festival de Cannes

A NEOGAMA uniu criatividade e tecnologia no anúncio “Teste da pisada”, criado para a ASICS. A peça publicitária interativa, veiculada em revistas, convidava os leitores a identificar o seu tipo de pisada, para escolher o modelo de tênis mais adequado aos seus pés. Com o uso de uma tinta termocrômica que reage ao calor do corpo, bastava pisar na área demarcada do anúncio para, em segundos, descobrir o resultado: pisada do tipo supinação, pronação ou neutra.

A ideia inovadora chamou a atenção dos jurados do Cannes Lions, Festival Internacional da Criatividade, realizado anualmente na Riviera Francesa, que premiou o anúncio em três categorias: um Leão de Prata (Promo & Action) e dois Leões de bronze (Print&Publishing e Media).

Veja o videocase:

Cannes altera julgamento para 2017

Cannes Lions anuncia mudanças no julgamento dos trabalhos para 2017

Organização define que grupos menores melhorarão qualidade das discussões na sala do júri

unnamed

O Estadão, representante oficial do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade, informa que a organização do evento anunciou mudanças nos júris para a próxima edição. O tamanho dos painéis de júri presentes em Cannes será reduzido em 92 membros, assegurando o mais alto padrão de debate significativo.

A primeira fase do processo de votação para o Promo & Activation, Media e Direct Lions será concluída nas semanas antes do Festival por um júri de shortlist. Os jurados serão selecionados usando o mesmo processo e critérios dos grupos de premiação e mantidos com os mesmos padrões rigorosos de neutralidade e justiça. O tamanho dos júris também será reduzido nas categorias Film, Radio, Print & Publishing, Outdoor, Digital Craft, Creative Effectiveness e Mobile.

“Proteger a integridade dos Leões é fazer com que as pessoas certas estejam na sala de julgamento. Alguns júris foram muito maiores do que outros no passado como resultado do número de inscrições que eles têm para julgar. Esse e o caso de Titanium, de dez pessoas extremamente qualificadas, considerado o padrão ideal. Depois de uma extensa consulta com jurados de edições anteriores e a indústria em geral, concluímos que podemos reduzir o número de membros do júri, permitindo-lhes ainda mais tempo para julgar os trabalhos”, diz José Papa, diretor-gerente da organização Cannes Lions.

“Eu preferiria ser julgado por um número menor de jurados, mais focados, mais responsáveis e mais qualificados. A responsabilidade coletiva e a qualidade da discussão são perdidas se você tem muitos jurados. O tamanho não é garantia de força”, comenta John Hegarty, fundador do Bartle Bogle Hegarty e presidente do júri de Titanium neste ano.
Philip Thomas, diretor-executivo do Cannes Lions, acrescenta que o padrão de julgamento e qualidade dos júris é um dos principais fatores que contribuem para o valor de longa data do Cannes Lions. “Defender o valor do Leão é fundamental.”

A edição de 2017 do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade acontece entre 17 e 24 de junho.

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Marco Barone

Global Creativity Report 2016

Cannes Lions divulga resultados do Global Creativity Report 2016

Relatório aponta números do Festival deste ano e mostra o Brasil em posição de destaque. Grey Brasil entrou na lista de Innovation Agency of the Year

unnamed

O Estadão, representante oficial do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade, informa que a organização do evento divulgou esta semana os resultados do Global Creativity Report, que aponta o ranking e as análises do Festival deste ano e que é visto dentro do mercado como padrão de referência para a excelência criativa em todo o mundo.

Segundo os dados, o Cannes Lions 2016 recebeu um recorde de 43.101 inscrições de 91 países. Os 24 prêmios Lions foram avaliados por 387 jurados e 61 países levaram troféus para casa. Entre os destaques do documento está São Paulo, que ficou em terceiro lugar entre as cidades com melhor desempenho individual, atrás somente de Nova York e Londres.

“Estamos muito satisfeitos em anunciar os resultados do relatório deste ano que servem de barômetro para os trabalhos mais inspiradores e criativos no mundo. Juntamente com o Festival de oito dias em junho, temos o prazer de oferecer conhecimento inestimável e conteúdo instigante para impulsionar o crescimento do negócio”, disse José Papa, diretor-gerente de Cannes Lions.

O Global Creativity Report mostra os trabalhos premiados, destaca os países e cidades, agências e networks mais criativos do mundo e identifica as tendências e temas mais relevantes da comunicação de marca. O relatório incorpora resultados do Cannes Lions, Lions Health, Lions Innovation e o novo Lions Entertainment.

Auckland, Nova Zelândia, assegurou um quarto lugar impressionante, passando de 19ª posição em 2015, confirmando a ascensão da Ásia-Pacífico no ranking das cidades. Tóquio ficou em 6º lugar, Melbourne em 160º, Bangkok em 170º e Mumbai em 200º, enquanto que Sydney teve queda consistente, ficando em 130º neste ano (9º em 2015 e 8º em 2014).

A Samsung ocupou o primeiro lugar no ranking de clientes (segundo em 2015). A Burger King assegurou o segundo lugar (havia sido quinto em 2015) e a Microsoft ficou em terceiro lugar. O ano de 2016 também foi forte para os mercados emergentes, Este ano, pela primeira vez, recebeu inscrições da Moldávia; além do primeiro Leão para El Salvador, Bangladesh, Arábia Saudita e Croácia e um primeiro ouro para Taiwan, em Entertainment Lions.

samsung-1163504_640Quatro agências da América do Sul figuraram na lista de Innovation Agency of the Year: Maruri Grey, Guayaquil, Equador, ocupou o segundo lugar; J.Walter Thompson Costa Rica, San José, em quinto; Grey Brasil, São Paulo, em oitavo; e McCann Lima, Peru, na 11ª posição. Três agências brasileiras entraram no top ranking de Health Agency of the Year: Havas Life, São Paulo, na sexta posição; Triunfo Sudler Brasil, Campinas, no 12º e McCann Health, São Paulo, na 17ª posição.

Os criativos com melhor desempenho também constam do relatório, incluindo diretores de arte, redatores, diretores de criação e diretores. Nicolas Hardy, da Argentina, tornou-se o diretor número um, uma primeira vez para o país, e Atul Kattukaran é o primeiro diretor indiano a figurar no top 10.

O Global Creativity Report também apresenta listagens completas para prêmios especiais, incluindo Agency of the Year, Network of the Year, Holding Company of the Year e Independent Agency of the Year, e estão disponíveis no Cannes Lions Archive onde o relatório pode ser acessado na íntegra mediante uma taxa de assinatura. Informações adicionais podem ser encontradas em: www.canneslionsarchive.com.

A edição 2017 do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade acontece entre 17 e 24 de junho, Cannes, França.

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Marco Barone

Estadão fatura leões

Ações com o Estadão ganham Leões em Cannes

Ação criada pela FCB para o Estadão Digital recebe cinco Leões.
Front Page Pack, da Lew/Lara, recebeu Leão de Bronze em Media

unnamed

O Estadão – representante oficial do Cannes LionsFestival Internacional de Criatividade no Brasil – informa que, hoje, quarta-feira (22), o Brasil conquistou mais 27 Leões em quatro categorias (Cyber, Mobile, Media e Creative Data). Desses, seis foram para campanhas que envolveram ou foram promovidas pelo jornal.

O projeto “Músicas da violência”, criado pela FCB para o Estadão, levou um Ouro e um Bronze em Media Lions. A ação que combate a proliferação de canções que ofendem e incentivam a violência contra as mulheres também recebeu dois Leões de Prata e um de Bronze em Mobile Lions. Também em Media, a Lew/Lara recebeu Leão de Bronze para a ação em que “empacotou” o Café Pelé com a primeira página do Estadão.

Em Cyber, no total, o Brasil levou nove Leões: um Ouro, três Pratas e cinco Bronzes. Mobile rendeu oito: quatro de Prata e quatro de Bronze. Para Media, foram seis: um de Ouro e cinco de Bronze. Por fim, em Creative Data, o País recebeu quatro de Bronze. A única categoria que divulgou resultados na quarta-feira que não rendeu troféus ao Brasil foi Innovation Lions.

Já foram anunciados os resultados de 18 das 23 categorias e o Brasil conta, até agora, com 86 Leões. A agência brasileira mais premiada é a AlmapBBDO, com 19 Leões: três de Ouro, seis de Prata e dez de Bronze. Ela é seguida pela J. Walter Thompson, que já levou 12 troféus (três Pratas e nove Bronzes). No total, 18 agências brasileiras dividem os 86 Leões.

Young Lions – O Brasil levou novo Leão na Young Lions Competition. A dupla Raphael Valenti e Bruno Zampoli levou Bronze na competição de Cyber.

Fonte:Lucia Faria Comunicação Corporativa – Marco Barone