Coluna “Discutindo a relação…”

Co criação: cada vez mais necessária e presente

Duas cabeças pensam melhor do que uma. Ouvi isso diversas vezes em situações familiares ao longo da minha infância e adolescência. Confesso que quando bem pequeno não entendia direito, mas depois, convivendo com uma turma de amigos que adorava trocar ideias e pensar junto, entendi de vez o sentido e o valor deste ditado popular.

E o que vemos no momento no mundo do marketing, da comunicação e da propaganda? Vemos o fortalecimento da ideia da co criação. A potencialização da ideia de não duas, mas muitas cabeças podem, juntas, chegar em ideias novas e em soluções eficazes para diversos problemas. Qualquer problema! De qualquer segmento de atuação.

Em marketing e propaganda isso tem se cristalizado, entre outras coisas, no crescimento do melhor uso dos influenciadores. Mas não apenas usá-los como mídia ou como um ou uma garoto ou garota propaganda, e sim atraí-lo para um interessante projeto de co criação. Nestes projetos, as ideias, a maneira de se comunicar e a abordagem ao público do influenciador são partes decisivas da entrega. É co criação na veia! Um dado importante aqui: 55% dos brasileiros on line pesquisam a opinião de creators antes de decidir e efetivar uma compra.

Image by 272447 from Pixabay

Outra coisa que tem tudo a ver com a co criação em marketing e propaganda é o uso do U.G.C., ou “user generated content”, ou melhor ainda, o conteúdo gerado pelo usuário. É uma estratégia ousada em que se conclama o público a colaborar com conteúdo para sua marca/produto/serviço.

Neste cenário uma importante mudança acontece: as marcas deixam de ser geradoras de conteúdo e passam a ser curadoras de conteúdo. A possibilidade de atrair pessoas e culturas (visões de mundo, de realidade) diferentes para diferentes projetos de comunicação é sensacional.

Nas agências de propaganda e/ou comunicação a ideia de co criação vem ganhando espaço. Ao invés de equipes fixas, muitas agências de menor porte montam equipes free lancers para cada trabalho ou para cada conta. Deste modo ampliam as possibilidades criativas, pois não ficam restritas a sua equipe apenas. De novo, poder atrair talentos de qualquer lugar para gerar soluções para problemas de comunicação é algo maravilhoso.

Com a pandemia e o distanciamento social trazido por ela, ficou claro que podemos – e até devemos – buscar pessoas para atuar junto com nossas equipes fixas. E estas pessoas não precisam estar na mesma cidade, no mesmo estado e nem no mesmo país. E, claro, não precisam estar em nosso escritório.

Co criar é quase que libertador! É uma ideia que, sem dúvida, devemos por mais em prática no nosso dia a dia.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0