Estácio lança campanha com Emicida

Estácio faz seu brilho com Emicida

2021 está aí. Com o início deste novo ciclo, o resgate da esperança e novas metas se fazem cada vez mais presentes. Conectada com este novo momento, a Estácio, uma das maiores instituições de ensino superior do país, acaba de lançar a sua nova campanha “Faz seu brilho”.

A campanha – que foi ao ar no último dia 04 – desta nova fase tem a criação da Artplan e co-criação de uma das maiores influências jovens da atualidade e que transcende a musicalidade, o rapper Emicida. A parceria com Emicida – reconhecido pelos seus versos incisivos, discurso forte e rimas cheias de sensibilidade – tem o objetivo de despertar o brilho que existe dentro de cada estudante. O rapper é protagonista de uma série de ações para a marca, e incentiva as pessoas a buscarem seu próprio brilho com a convocação “Arrasta pra cima e brilha”.

Escrevendo a sua Brilhografia

Na campanha, Emicida é o porta-voz da marca, que convoca as pessoas a escreverem a sua “Brilhografia” e despertar o talento que vai construir um futuro de crescimento, com base em conhecimento. No vídeo, sob a direção de Fred Ouro Preto (mesmo diretor do documentário “AmarElo – É tudo pra ontem), Emicida está em uma carteira de estudantes, localizada em um enorme estúdio vazio. Com sua rima potente, o rapper dispara versos que falam direto com aqueles que desejam e podem fazer a diferença em suas próprias vidas.

Brilhogia, uma nova disciplina

Além de uma campanha com vários formatos que vai cobrir todas as mídias como TV aberta, TV paga, rádio, OOH e digital, Emicida protagoniza também vídeos com mensagens sobre autoestima, propósito e empreendedorismo para uma ação que vai muito além da comunicação. O rapper será curador criativo de uma nova disciplina da instituição chamada “Brilhogia”. A ideia é ajudar estudantes a revelarem o seu potencial criativo e intelectual por meio do conhecimento sobre como expor o brilho próprio de cada um.

Com isso, a Estácio estabelece que o “Faz seu brilho” é muito maior que uma simples assinatura.

Ficha Técnica

Anunciante: Estácio

Agência: Artplan

Campanha: Arrasta Pra Cima e Brilha

Diretor de Criação: Marcello Noronha

Co-criação: Emicida

Criação: Marcello Noronha, Felippe Mendonça, Luiz Faria e Manuela Porto

RTVC: Felipe Cunha

Diretora de Atendimento: Ana Paula Sanchez

Atendimento: Cristiana Miranda, Priscila Corrêa, Priscila França e Stella Malta

Diretora Geral de Mídia: Sabrina Frota

Diretora de Mídia: Joana Chulam e Sara Gobbi

Mídia: Marcio Marchiori

Diretor de Planejamento: Paula Lagrotta

Planejamento: Aline Freitas

Produtora do filme: Café Royal

Diretor: Fred Ouro Preto

Produtora de Som: Cabaret

Cliente: Eduardo Guedes, Renata Rudge, Renata Veloso, Mylena Moraes, Kaio Nazioneno, Bianca Rezende e Ana Paula Barros

Fonte: APPROACH COMUNICAÇÃO – Luciana Thomaz

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Coluna “Discutindo a relação…”

Co criação: cada vez mais necessária e presente

Duas cabeças pensam melhor do que uma. Ouvi isso diversas vezes em situações familiares ao longo da minha infância e adolescência. Confesso que quando bem pequeno não entendia direito, mas depois, convivendo com uma turma de amigos que adorava trocar ideias e pensar junto, entendi de vez o sentido e o valor deste ditado popular.

E o que vemos no momento no mundo do marketing, da comunicação e da propaganda? Vemos o fortalecimento da ideia da co criação. A potencialização da ideia de não duas, mas muitas cabeças podem, juntas, chegar em ideias novas e em soluções eficazes para diversos problemas. Qualquer problema! De qualquer segmento de atuação.

Em marketing e propaganda isso tem se cristalizado, entre outras coisas, no crescimento do melhor uso dos influenciadores. Mas não apenas usá-los como mídia ou como um ou uma garoto ou garota propaganda, e sim atraí-lo para um interessante projeto de co criação. Nestes projetos, as ideias, a maneira de se comunicar e a abordagem ao público do influenciador são partes decisivas da entrega. É co criação na veia! Um dado importante aqui: 55% dos brasileiros on line pesquisam a opinião de creators antes de decidir e efetivar uma compra.

Image by 272447 from Pixabay

Outra coisa que tem tudo a ver com a co criação em marketing e propaganda é o uso do U.G.C., ou “user generated content”, ou melhor ainda, o conteúdo gerado pelo usuário. É uma estratégia ousada em que se conclama o público a colaborar com conteúdo para sua marca/produto/serviço.

Neste cenário uma importante mudança acontece: as marcas deixam de ser geradoras de conteúdo e passam a ser curadoras de conteúdo. A possibilidade de atrair pessoas e culturas (visões de mundo, de realidade) diferentes para diferentes projetos de comunicação é sensacional.

Nas agências de propaganda e/ou comunicação a ideia de co criação vem ganhando espaço. Ao invés de equipes fixas, muitas agências de menor porte montam equipes free lancers para cada trabalho ou para cada conta. Deste modo ampliam as possibilidades criativas, pois não ficam restritas a sua equipe apenas. De novo, poder atrair talentos de qualquer lugar para gerar soluções para problemas de comunicação é algo maravilhoso.

Com a pandemia e o distanciamento social trazido por ela, ficou claro que podemos – e até devemos – buscar pessoas para atuar junto com nossas equipes fixas. E estas pessoas não precisam estar na mesma cidade, no mesmo estado e nem no mesmo país. E, claro, não precisam estar em nosso escritório.

Co criar é quase que libertador! É uma ideia que, sem dúvida, devemos por mais em prática no nosso dia a dia.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0