Renault e Neogama escalam o Hulk para a campanha de lançamento do Kwid

Pela primeira vez na América Latina, a Marvel participa da coprodução de uma campanha inédita

Ele é verde, grande, extremamente forte e percorre alguns dos pontos mais conhecidos de São Paulo, para salvar a cidade de um grande desastre. O Hulk, um dos personagens mais famosos da Marvel, é escolhido pela primeira vez na publicidade da América Latina para um comercial. Criado pela NEOGAMA para o lançamento do Renault Kwid, o super-herói estrela a campanha de lançamento do SUV dos compactos, que chega ao mercado brasileiro em agosto.

O roteiro do comercial foi amplamente discutido entre a NEOGAMA, a Renault e a Marvel, em um trabalho conjunto que levou mais de quatro meses. No filme, ambientado em São Paulo, Hulk e Kwid protagonizam um roteiro de ação, passando por pontos como o Minhocão, a Avenida Paulista e uma escalada épica no edifício Altino Arantes – o Banespa. No trajeto, o novo carro é colocado em situações que reforçam alguns dos seus diferenciais, como robustez, grande altura em relação ao solo, design e as características de SUV.

Para transformar o realismo fantástico em uma sensação de que o herói está, de fato, nas ruas da capital paulista, o filme conta com pós-produção (3D) da britânica Framestore, responsável por efeitos especiais de vários sucessos do cinema, como Avatar, Harry Poter e Vingadores: A Era de Ultron, entre outros.

“A nova campanha publicitária do Renault Kwid reúne um dos personagens mais emblemáticos da Marvel e o nosso produto, em um filme de ação de tirar o fôlego no qual são destacados todos os atributos que posicionam o carro como o SUV dos compactos, tais como design, altura do solo, segurança e espaço interno”, afirma Cláudio Rawicz, gerente de Marketing da Renault do Brasil.

“Temos feito projetos incríveis para e com a Renault. O relacionamento e a confiança deles nas nossas ideias têm tornado possível construir uma linguagem de comunicação automobilística diferenciada da concorrência. O lançamento do Kwid, que é uma super aposta da Renault no Brasil, tinha de ter impacto e surpresa como o próprio carro tem. A ideia de utilizar o Hulk é ousada e ao mesmo tempo pertinente”, completa Alexandre Gama, CEO e CCO da Neogama.

A campanha de lançamento do Renault Kwid será divulgada nas TVs aberta e por assinatura, cinema, veículos impressos, mídia digital e mobiliário urbano.

FICHA TÉCNICA CAMPANHA:

Diretor Geral de Criação: Alexandre Gama

Diretor de Criação: Fabio Mozeli, Márcio Ribas

Criação: Rafael Zoehler, Gabriel Marcondes, Marcelo Carvalho e Rommel Vaz

Diretor de Produção: Mariah Bayeux

RTV: Paula Alimonda, Heitor Mendes

Artbuyer: Vanessa Raad / Felipe Moro

Director, Partnerships – Marvel Partnerships: Chris Lisciandro

Promotions Project Manager – Marvel Partnerships: Greg Gustin

Franchise Promotional Partnerships – Marvel Studios: Adam Davis

Produtora: PBA CINEMA

Direção: Jonathan Gurvit

Co-direção: Santiago Dulce

Dir. Executiva: Mayra Gama

Produtor Executivo: Fernando Fanucchi e Nivio Alves de Souza

Atendimento: Markinhos Fagundes

Montagem: Rami D’Aguiar

Coordenação de Pós: Diulle Sorrentino / Marcio Lovato

Dir. Fotografia: Pierre Kerchove

Dir Produção: Davis Fabri

Pós-Produção: Framestore

Creative Director Pós-Produção: Ben West / Framestore

Produtor VFX: Morgan MacCuish / Framestore

Supervisor CGI: Kevin Baker / Framestore

Supervisor Filmagem: David Hulin / Framestore

Produtora de Áudio: Satélite Áudio

Maestro/ Produtor: Kito Siqueira / Roberto Coelho

Atendimento: Fernanda Costa / Renata Costa

Estudio 3D (Print): Icarus CI

Atendimento: Fabio Losso, Rodrigo Moraes e Marlyson Sarmento

Planejamento: Albano Neto, Eduardo Loureiro e Ana Pinhal

Midia: Luiz Gini, Luciana Serra, Cesar Nery

Aprovação Renault: Federico Goyret, Claudio Rawicz, Livia Kinoshita e Nathalia Furlan

FICHA TÉCNICA SOCIAL & DIGITAL:

Criação: Rafael Zoehler, Gabriel Marcondes, Marcelo Carvalho, Rommel Vaz, Guilherme Lemos, Marcelo Fiuza, Marconi Filho e Lucas Cabrini

Aprovação Renault: Federico Goyret, Claudio Rawicz, Livia Kinoshita, Julia Amaral, Nathalia Furlan, Barbara Gerber e Deisy Muramatsu

Motion Graphic: Marcos Thuki

Fonte: Nextar Communications – Luiz Arthur Peres

Novidade na equipe comercial

Band Vale tem nova executiva de contas

A publicitária Renata Pieroni é a nova executiva de contas do Grupo Band Vale do Paraíba.

Renata tem experiência em áreas de mídia em agências do Vale do Paraíba e do ABC paulista e retornou recentemente de uma temporada de aprendizado e experiências na Irlanda.

Gente nova no time

Jornal Grande Vale tem nova estagiária

A aluna de publicidade e propaganda da Unitau, Marina Alves de Paula, passa a integrar a equipe comercial do jornal Grande vale como estagiária.

Além de apoiar a área comercial do veículo, Marina faz participações especiais no setor de esportes do jornal e também do blog da publicação, aproveitando sua desenvoltura e gosto por esportes.

Agência busca designer gráfico

Zaia Comunicação quer designer

 Agência quer trazer designer gráfico para compor sua equipe. Ficou interessado? É só mandar o currículo e portfólio para atendimento@zaiacomunicacao.com.br!

Em novo endereço e função

De casa nova

O ainda aluno de sétimo semestre de publicidade e propaganda da Unitau, Rafael Santos Barbosa, é o novo estagiário de marketing na Ícone Lean Consulting.

Rafael já acumula passagens por Avalanche SJCampos, Agência BKW e Pentaxial – Tecnologia da Informação, sempre ocupando o cargo de assistente de arte.

Coluna “Discutindo a relação…”

Startups: os novos anunciantes

O mercado de propaganda e comunicação do Vale do Paraíba sempre girou em torno do atendimento de dois setores: o varejo e os serviços. O varejo tem ainda um peso enorme e se configura como, provavelmente, o mais importante setor anunciante de nossa região. O setor de serviços cresceu muito nas duas últimas décadas e ocupa posição de destaque. Várias agências de propaganda/comunicação têm em suas carteiras, atualmente, empresas do setor de serviços.

O calcanhar de aquiles do nosso mercado sempre foi a ausência de contas de produtos. Embora sempre tivéssemos vocação industrial, não atendíamos os produtos feitos aqui. Isso em função de nosso histórico industrial estar ligado à presença de plantas de grandes indústrias aqui instaladas mas que, até pelo seu porte, decidiam e contratavam comunicação em São Paulo ou Rio de janeiro.

Houve, é verdade, um fluxo interessante de trabalho de comunicação interna e organizacional destas grandes corporações para a carteira de agência regionais. Temos hoje algumas agências que são focadas em atender (com sucesso) nacos deste trabalho de comunicação de empresas de atuação nacional e até internacional.

Apesar deste fluxo ser importante, ficávamos e ficamos alijados do atendimento do produto. Ou seja, não temos as contas dos carros produzidos aqui, dos aviões produzidos aqui. Não tínhamos industrias regionais que nos dessem produtos para atender. Isso em regra geral, pois é claro que houve uma ou outra exceção aqui e ali. Outros mercados do interior de São paulo experimentavam essa felicidade.

Não ter conta de produtos fazia e faz falta no faturamento das agências da Região Metropolitana do Vale do Paraíba.

Bom, o tempo passou, a economia mudou e as grandes industrias começam a dar vez a uma nova geração de empresas, as chamadas startups. Normalmente ligadas à área de tecnologia e com pensamento disruptivo, elas não são necessariamente “fazedoras” de produtos. Muitas vezes são um serviço. Muitas vezes são uma plataforma digital que gera um serviço. Outras vezes são soluções digitais para facilitar o dia a dia das pessoas. Outras, ainda, fomentam negócios de varejo, serviços e da própria tecnologia.

Nossa região tem presenciado o nascimento e desenvolvimento de algumas startups muito interessantes e prósperas. Algumas delas já se tornaram bons e representativos anunciantes. Algumas delas nascem dentro de pólos e parques tecnológicos, como o de São José dos Campos, em incubadoras ou algo semelhante. Outras nascem de ideias e sonhos de empreendedores que vão em busca de apoio e conhecimento para por o negócio em andamento.

Fiquei sabendo por diversas conversas que mantive ao longo das duas últimas semanas de várias ideias e projetos de startups. Algumas já saíram do papel. Outras ainda são apenas – boas – ideias. O fato é que me parece que muito em breve teremos aqui no Vale do Paraíba vários novos anunciantes ou clientes de empresas de comunicação.

A maior parte das startups que se estruturam e se preparam bem para enfrentar o mercado tem a clara e ampla convicção que precisam de esforços de comunicação planejados e bem executados. Para atrair investidores elas precisam apresentar planos de negócios bem detalhados. E neles, via de regra, há a evidente preocupação e atenção ao marketing e a comunicação.

Muito provavelmente o nosso calcanhar de aquiles seja enfim deixado para trás quando muitas destas startups nascidas aqui deslancharem e se tornarem importantes players do mercado de comunicação.

Depois do presente, Dia dos Namorados pede…

Pesquisa ACI-Unitau revela como os casais de namorados planejam comemorar a data em São José dos Campos

E depois do presente?
Pesquisa feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação), revela: um almoço ou um jantar romântico ainda é o programa ideal para marcar o Dia dos Namorados.

Isso é o que pensam 45% dos entrevistados pela pesquisa ACI-Unitau, que ouviu 382 consumidores entre os dias 29 e 31 de maio em quatro regiões da cidade: Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e shoppings CenterVale e Vale Sul. A margem de erro do levantamento é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%.

Além do almoço ou jantar romântico, outras opções são ir a um barizinho, show ou teatro (14,1%), ir a um hotel ou motel (6,1%), ou ainda comemorar em família (5,1%).

O importante, para a grande maioria é que seja uma comemoração especial, em um lugar escolhido pelo namorado ou pela namorada (30,8%), ou, ainda, em um lugar romântico (21,9%). O preço é importante para definição do local para 9,4% dos entrevistados.

O gasto médio nesse programa do Dia dos Namorados, segundo a pesquisa ACI-Unitau, deve ficar entre R$ 100,1 e R$ 200 para 28,8% dos entrevistados, entre R$ 50,1 e R$ 100 para 17,7% e entre R$ 200,1 e R$ 300 para 13,1%.

Os dados do levantamento feito pela Associação Comercial e Industrial e Universidade de Taubaté foram entregues à diretoria do Sinhores (Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares) de São José dos Campos. O levantamento serve de orientação para os empresários do setor na preparação de seus estabelecimentos para o Dia dos Namoradores.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Hélcio Costa – Nathália Barcelos

Dia dos Namorados rima com presentes

Pesquisa ACI-Unitau mostra que maioria dos consumidores de São José dos Campos planeja comprar presentes neste Dia dos Namorados

O amor está em alta: apesar da crise, a maioria dos consumidores de São José dos Campos planeja comprar presentes neste Dia dos Namorados.

Isso é o que aponta a nova rodada de pesquisas feita pela Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos em parceria com a Universidade de Taubaté, feita por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação). Segundo o levantamento, 52,2% dos consumidores da cidade pretendem comprar presentes nesta data. Dos 47,8% restantes, quase 60% tem um só motivo: disseram não estar em um relacionamento sério.

A pesquisa ACI-Unitau ouviu 382 consumidores entre os dias 29 e 31 de maio no Calçadão da Rua 7, rua 15 de Novembro e nos shoppings CenterVale e Vale Sul. O nível de confiança do levantamento é de 95% e a margem de erro é de 5 pontos para mais ou para menos.

“O Dia dos Namorados é uma das datas mais importantes do ano para o comércio. E os números da pesquisa deixam o setor otimista” disse Humberto Dutra, presidente da ACI. Para ele, o trabalho da ACI-Unitau ajuda o setor a ajustar suas estratégias de venda nesta reta final de compras para o Dia dos Namorados.

A pesquisa ACI-Unitau mostra que roupas e acessórios são os presentes preferidos neste Dia dos Namorados (36,1%), seguidos de calçados (11,3%) e perfumes e cosméticos (10.9%). E que o tíquete médio a ser gasto pelos consumidores deve ficar entre R$ 100,1 e R$ 200, valor considerado positivo pelos lojistas.

O levantamento revela também que 67,7% dos consumidores planeja pagar suas compras à vista, utilizando dinheiro ou cartão de débito (68,2%). Compras em cartão de crédito são opção para outros 31,3% dos consumidores. Apenas 0,5% disseram que preferem pagar utilizando o crediário das lojas. Não houve citação sobre uso de cheques. Mas, comprar mesmo, só depois de pesquisar preços, segundo 62,8% dos entrevistados.
Na geografia das compras, as lojas dos shoppings são preferidas por 58,6% dos consumidores, seguidas do centro da cidade, com 26,8% das citações.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Hélcio Costa – Nathália Barcelos