Artigo trata de exposição digital e marketing pessoal

Exposição virtual e Marketing pessoal

*por Flávia Roberta Fernandes

No período do isolamento social, a tecnologia intensificou a aproximação dos indivíduos, separados fisicamente. Lives, reuniões, eventos, todos estes acontecimentos facilitados pelas tecnologias da informação evidenciaram neste período, o comportamento frente “as câmeras” diárias do mundo virtual. Da mesma forma, reforçou certos cuidados de comportamento e uma atenção redobrada frente a tamanha exposição virtual.

Podemos considerar que a postura e comportamento devem ser balizados pelo tipo de evento virtual que participamos. Em um evento social on-line realizado entre amigos, a descontração, as brincadeiras e toda a informalidade são bem-vindas. Mas diferentemente, em um evento corporativo, uma reunião organizacional, lives ou gravações institucionais, a postura dos participantes deve refletir o profissionalismo, bem como os comportamentos advindos de suas competências técnicas e comportamentais.

No ambiente virtual, as informações, ações e atitudes pessoais ou organizacionais tornam-se mais aparentes e tomam proporções globais em tempo real, neste sentido cabe lembrarmos que a proximidade e a facilidade das conexões proporcionadas pelo ambiente virtual, podem ser um aliado para marketing pessoal ou um grande vilão e criar uma imagem negativa deste profissional.

Já que de alguma forma, cada indivíduo exerce uma determinada influência a um grupo social e tem a capacidade de projetar sua imagem ou a forma como pretende ser visto nos ambientes que percorre, alguns cuidados e atenção podem ajudar a reforçar a marca pessoal e profissional e até protege-lo de críticas quanto sua postura:

1. Se “nós somos nossa marca”, nosso valor deve ser fundamentado no produto do conhecimento que apresentamos. Expertises profissionais, Know-how, habilidades técnicas, comportamentais e relacionais devem ser a primeira impressão e a constante percepção que as pessoas devem ter de nós.
2. As redes sociais podem ser fortes aliadas para reforçar nosso conhecimento, habilidades e atitudes, para tanto, o cuidado com a privacidade, com as exposições da vida pessoal, com publicações e comentários ou abertura de informações organizacionais, devem ser observadas atentamente e até evitadas.
3. O tempo é uma moeda preciosa, por isso ser pontual, seguir pautas de reuniões, evitar conversas desnecessárias e respeitar o tempo estabelecido para os eventos virtuais, demonstra respeito aos participantes.
4. O marketing pessoal nas redes sociais não tem relação com egocentrismo, exibicionismo ou ainda, com uma promoção pessoal.

A construção da identidade e da credibilidade de um profissional não está dissociada da postura pessoal, ambas andam juntas e conectadas. Por isso é importante lembrar que a maneira como nos portamos em “ambientes informais”, como tratamos superiores ou subordinados, não deve ser oportunizada pela relação de ganha-ganha ou por uma posição hierárquica-social, mas regida pela métrica do respeito aos indivíduos a despeito de seus títulos e posições. Cabe ressaltar que no mundo virtual, tudo fica mais aparente, então cada vez mais as dualidades se sobressaem.

* Flávia Roberta Fernandes é professora-tutora do curso Assessoria Executiva Digital do Centro Universitário Internacional Uninter.

Fonte: Página 1 Comunicação – Ana Paula Scorsin

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Vaga para designer

Designer Gráfico Com Foco Em Liderança De Equipe

Atividades a serem desenvolvidas:
– Elabora conceitos visuais e projetos gráficos de informação impressa e criação de artes de comunicação visual online e offline;
– Realiza a diagramação de documentos e construção de uma identidade visual.;
– Liderança da equipe de Marketing da empresa.

Photo by Aleks Dorohovich on Unsplash

Requerimentos:
– Necessário amplo conhecimento em Corel Draw, Photoshop, Ilustrator e Design Gráfico;
– Superior na área de Marketing, Publicidade, Propaganda, Designer Gráfico ou afim;
– Conhecimento em ações promocionais de marketing e eventos;
– Experiência em liderança de equipe.

Educação: Superior Completo

Carga Horaria de Trabalho: 44 Horas/Sem

Dias de trabalho: De segunda a sexta-feira, das 08:00 às 12:00 e das 13:12 às 18:00.

Tempo de Experiencia: Com Experiência

Salário: R$ 3.500,00
Benefícios: Vale Refeição,Vale Transporte,Convenio Faculdade / Cursos

Candidate-se por aqui

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Via Vale leva prêmio nacional

Via Vale vence prêmio de âmbito nacional e tem melhor ação de marketing, eventos e promoções do Brasil

Shopping venceu premiação da Abrasce nesta terça-feira

Concorrendo com uma nobre seleção de nove shoppings do Brasil inteiro, entre eles empreendidos em Salvador, Campinas e na capital paulista, o Via Vale Garden venceu nesta terça-feira, 14, o prêmio da Abrasce, a Associação Brasileira de Shopping Centers, na categoria “Marketing, Eventos e Promoções”. Os participantes foram avaliados por dez jurados, profissionais de reconhecidas instituições da área.

O prêmio, disputadíssimo, consagra a criatividade e o trabalho desenvolvido pelos vencedores para proporcionar aos clientes uma criativa experiência de compras.

Concorreram com o Via Vale nessa mesma categoria shoppings como o carioca Nova América Shopping, o Palladium Shopping Center, em Curitiba, e o Shopping Parque Dom Pedro, em Campinas.

Para o superintendente do Garden, Diogo Linhares, a premiação é o reconhecimento de um longo e planejado trabalho em busca da satisfação do cliente. “Queremos criar no Via Vale um ambiente que proporcione um encontro entre as famílias com atrações diferentes que valorizem a cultura taubateana, mostrem os talentos da cidade e fortaleçam ainda mais a relação do nosso empreendimento com a identidade daqui. Queremos ser um local que reúna as pessoas para um passeio, para assistir um filme, para comer nos mais diferentes restaurantes da nossa praça de alimentação e para comprar nas nossas lojas com marcas de qualidade e atendimento diferenciado”, diz.


Bruna Marcon – Head of Marketing na TENCO Shopping Centers

Bruna Marcon, gerente de marketing do shopping, disse que o prêmio valoriza a criatividade presente nas ações desenvolvidas no Garden e coloca o centro de compras entre os melhores do Brasil. “O que oferecemos aqui para os nossos clientes está à altura do que é visto nos shoppings das capitais. Essa premiação comprova isso. E vamos continuar superando nossa criatividade para surpreender ainda mais e mais os frequentadores do Garden”, promete.

Com mais de 400 associados, a Abrasce reconhece e incentiva projetos devolvidos por shopping centers que mobilizam a transformação da realidade social, ambiental e econômica das cidades onde estão inseridos.

O projeto visionário, alicerçado na sustentabilidade, uma questão ainda sem muita atenção nos empreendimentos construídos na época, arquitetava o pioneirismo do shopping. Inaugurado em 2012, o Via Vale Garden abriu as portas com a proposta de oferecer uma experiência de compras diferente para o consumidor taubateano.

Fonte: Assessoria de Imprensa Via Vale Garden Shopping

 

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Quero começar minha carreira…

Como começar sua carreira em comunicação

por Josué Brazil

Tempos atrás fui elogiado por uma leitora do blog em função de um texto publicado. E ela me fez uma sugestão e/ou pedido: fale sobre o início de carreira, sobre como entrar no mercado.

Vou tentar atender esse pedido usando um pouco das coisas que vi e vivi tanto no mercado de agências de propaganda quanto nas universidades. Vamos lá:

1 – Comece sua carreira na faculdade – sempre digo aos meus alunos que a carreira profissional deles começou exatamente no primeiro dia de aula. Na primeira vez que se sentou na carteira escolar em sua sala de aula. É na faculdade que, desde o início, o aluno/profissional deve mostrar o que quer, o quanto quer e o que vai fazer para conseguir chegar lá. Tratar cada trabalho escolar como um desafio e fazer coisas incríveis e não apenas para tirar nota, aproximar-se dos professores, colaborar com os colegas, voluntariar-se, participar de TUDO, frequentar os eventos da faculdade e depois tentar conversar com os palestrantes. Ser um ótimo aluno!

2 – Leia! – leitura ainda é uma das mais poderosas armas para aumentar sua qualificação e empregabilidade. Não tenha preguiça. Não me venha com aquele história de que não gosta de ler: aprenda a gostar. E rápido! Leia livros de sua área, leia publicações de sua área, leia blogs de sua área. Mas leia! Literatura, poesia, entrevistas e artigos científicos. LEIA!

3 – Comece por algum lugar – não fique escolhendo muito qual estágio fazer. Tudo bem, há propostas indecorosas de estágio. Então, exageros negativos a parte, é melhor um estágio ruim do que ficar em casa sem fazer nada. Um estágio ruim pode gerar, mais a frente, um emprego bom. Começar em algum lugar é bom para conhecer gente, conhecer o mercado, fazer relacionamentos e usar isso para buscar uma posição melhor. Há de se engolir vários sapos e ralar um pouco para chegar em algo legal. Quase sempre será assim. Caso tenha condição e achar que o lugar vale a pena tente estagiar sem remuneração. Pode valer muita coisa lá na frente.

4 – Faça um bom CV – há muitos modelos disponíveis na internet. Há tutoriais, dicas, textos… Pesquise e tente fazer um bom currículo. Mesmo que num primeiro momento você não tenha muita coisa para incluir no CV, o importante é tê-lo bem redigido, organizado e claro. E, por favor, evite abreviações no texto do CV. Caso você queira ir para uma área criativa faça um portfólio. Há plataformas digitais disponíveis para fazer um portifa minimamente bom. Capriche ao máximo. Mas cara, eu ainda não trabalhei, como vou ter portfólio??? Onde estão os seus melhores trabalhos de faculdade?

5 – Chegue preparado para entrevistas – o CV e o portifa fizeram a parte deles e você conseguiu uma entrevista! Prepare-se, arrume-se (vista-se adequadamente), pesquise e vá com tudo para uma entrevista de estágio/emprego. Não seja convencido ou arrogante, mas tenha confiança e mostre o que você é capaz de – realmente – fazer. Nunca fale coisas negativas de seu emprego/estágio anterior e nem desmereça sua faculdade/curso. Por que alguém iria querer contratar alguém de um curso que tem todos os defeitos que você citar na entrevista? Diga o quanto a faculdade ajudou você a conhecer sua área. Seja positivo! E seja autêntico e honesto. SEMPRE!

6 – Não tenha vergonha – peça indicações, solicite nomes, contatos. Fale com seus amigos, familiares, professores, parentes distantes, namorado(a), sogo ou sogra… diga que está a fim, que precisa. Mantenha contato com seus professores mesmo depois de formado. Acompanhe sites de emprego/vagas/estágios. Leia sobre o mercado e identifique oportunidades. Quem quer tem que se virar!

7 – Marque presença – vá a eventos, palestras, cursos, treinamentos, workshops etc. Há muita coisa barata e as vezes até gratuita. Faça cursos online. Faça cursos rápidos. E em todas as oportunidades conheça pessoas. Fale com elas, pegue contatos.

8 – Use o Linkedin – ele é uma grande ferramenta. Caso não tenha um perfil lá faça. Imediatamente! Agora! Procure dicas de como se comportar nesta rede social. O que fazer lá. Como ter um bom perfil. E faça!!!

9 – Seja gente boa – seja íntegro, honesto, correto, verdadeiro. Seja autêntico! E seja comunicativo. Mesmo que você não seja a pessoa mais extrovertida do mundo, entenda que é necessário saber conversar bem. E escrever bem.

10 – Dica final – o melhor momento para procurar um bom emprego é quando se está empregado. Conserte seu telhado nos meses em que faz sol. Quando chove, e as goteiras aparecem, já é tarde demais.

Outros muitos fatores podem intervir para sua entrada no mercado de trabalho. Portanto, mantenha-se atento e forte. Cave chances. Mantenha olhos e ouvidos bem abertos. E boa sorte

 

Share and Enjoy !

0Shares
0 0