Vaga de estágio em publicidade/propaganda ou design gráfico

Vaga de estágio na Vitória Hair Brasil Export
Vitória Hair Brasil Export é uma distribuidora de cosméticos com grande know how pelo mundo e está em busca de um estagiário de publicidade/marketing que se encaixe nos seguintes requisitos:
– Estar cursando a partir do 2º ano de publicidade/propaganda ou design gráfico.
– Indispensável ter conhecimento em Photoshop, Ai e Corel Draw;
– Ter portfólio com seus melhores trabalhos!
– Disponibilidade para trabalhar no horário entre 09h às 16h (Segunda – Sexta Feira, com 1h de almoço);
– Conhecimento básico em escrita e produção de conteúdo para blog, site e redes sociais;
– Diferencial: Ter conhecimento em edição de vídeo.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Vaga de estágio

Vitória Hair busca estagiário

Se você é pró ativo, sabe trabalhar em equipe e quer ampliar seu conhecimento, venha fazer parte da equipe Vitória Hair Brasil Export!

A Vitória é uma distribuidora de cosméticos com grande know how pelo mundo e está em busca de um estagiário de publicidade/marketing que se encaixe nos seguintes requisitos:

– Estar cursando a partir do 2º ano de publicidade/propaganda ou design gráfico.
– Indispensável ter conhecimento em Photoshop, Ai e Corel Draw;
– Ter portfólio com seus melhores trabalhos!
– Disponibilidade para trabalhar no horário entre 09h às 16h (Segunda – Sexta Feira, com 1h de almoço);
– Conhecimento básico em escrita e produção de conteúdo para blog, site e redes sociais;
– Diferencial: Ter conhecimento em edição de vídeo.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Estácio lança campanha com Emicida

Estácio faz seu brilho com Emicida

2021 está aí. Com o início deste novo ciclo, o resgate da esperança e novas metas se fazem cada vez mais presentes. Conectada com este novo momento, a Estácio, uma das maiores instituições de ensino superior do país, acaba de lançar a sua nova campanha “Faz seu brilho”.

A campanha – que foi ao ar no último dia 04 – desta nova fase tem a criação da Artplan e co-criação de uma das maiores influências jovens da atualidade e que transcende a musicalidade, o rapper Emicida. A parceria com Emicida – reconhecido pelos seus versos incisivos, discurso forte e rimas cheias de sensibilidade – tem o objetivo de despertar o brilho que existe dentro de cada estudante. O rapper é protagonista de uma série de ações para a marca, e incentiva as pessoas a buscarem seu próprio brilho com a convocação “Arrasta pra cima e brilha”.

Escrevendo a sua Brilhografia

Na campanha, Emicida é o porta-voz da marca, que convoca as pessoas a escreverem a sua “Brilhografia” e despertar o talento que vai construir um futuro de crescimento, com base em conhecimento. No vídeo, sob a direção de Fred Ouro Preto (mesmo diretor do documentário “AmarElo – É tudo pra ontem), Emicida está em uma carteira de estudantes, localizada em um enorme estúdio vazio. Com sua rima potente, o rapper dispara versos que falam direto com aqueles que desejam e podem fazer a diferença em suas próprias vidas.

Brilhogia, uma nova disciplina

Além de uma campanha com vários formatos que vai cobrir todas as mídias como TV aberta, TV paga, rádio, OOH e digital, Emicida protagoniza também vídeos com mensagens sobre autoestima, propósito e empreendedorismo para uma ação que vai muito além da comunicação. O rapper será curador criativo de uma nova disciplina da instituição chamada “Brilhogia”. A ideia é ajudar estudantes a revelarem o seu potencial criativo e intelectual por meio do conhecimento sobre como expor o brilho próprio de cada um.

Com isso, a Estácio estabelece que o “Faz seu brilho” é muito maior que uma simples assinatura.

Ficha Técnica

Anunciante: Estácio

Agência: Artplan

Campanha: Arrasta Pra Cima e Brilha

Diretor de Criação: Marcello Noronha

Co-criação: Emicida

Criação: Marcello Noronha, Felippe Mendonça, Luiz Faria e Manuela Porto

RTVC: Felipe Cunha

Diretora de Atendimento: Ana Paula Sanchez

Atendimento: Cristiana Miranda, Priscila Corrêa, Priscila França e Stella Malta

Diretora Geral de Mídia: Sabrina Frota

Diretora de Mídia: Joana Chulam e Sara Gobbi

Mídia: Marcio Marchiori

Diretor de Planejamento: Paula Lagrotta

Planejamento: Aline Freitas

Produtora do filme: Café Royal

Diretor: Fred Ouro Preto

Produtora de Som: Cabaret

Cliente: Eduardo Guedes, Renata Rudge, Renata Veloso, Mylena Moraes, Kaio Nazioneno, Bianca Rezende e Ana Paula Barros

Fonte: APPROACH COMUNICAÇÃO – Luciana Thomaz

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Novo aplicativo de pesquisas de baixo custo realiza mapeamentos de consumo nas periferias

O Outdoor Social Inteligência® coleta dados para a comunicação com a periferia, potencializando resultados para empresas que buscam alcançar público periférico

Durante muitos anos, as periferias foram negligenciadas nos planejamentos estratégicos e planos de mídia da maioria das empresas. Mas, esse cenário está começando a mudar. Pesquisas têm revelado que essas regiões representam a maior parte da população brasileira e que o potencial de consumo dentro das favelas movimenta bilhões anualmente. Uma das principais dificuldades para atrair os investimentos para esses territórios é a falta de informação sobre esse público, seus desejos de consumo e seus hábitos, pois faltam pesquisas – que são uma forma de potencializar resultados e minimizar riscos.

Segundo Emília Rabello, fundadora do Outdoor Social® – negócio de impacto que atua há 8 anos como mídia OOH para a comunicação nas periferias – a falta de conhecimento sobre as favelas foi o maior desafio da trajetória da empresa no mercado publicitário. Não existiam pesquisas com foco em consumo nessas regiões e, por isso, era difícil mostrar que existiam oportunidades. Outro entrave para a veiculação de uma publicidade efetiva, é a falta de representatividade nas campanhas, que precisam ser pensadas com foco no público-alvo. “A favela tem uma identidade própria. Os anunciantes precisam estar atentos a isso”, comenta Emília.

Dessa necessidade, surgiu o Outdoor Social Inteligência® que, no último ano, vem realizando pesquisas e fornecendo informações confiáveis sobre as regiões periféricas do país e que, agora, lança um aplicativo para facilitar o processo de coleta de dados, agilizar os resultados e minimizar os custos, democratizando o acesso de pequenas e médias empresas às pesquisas de mercado.

O aplicativo já contém o formulário para ser utilizado pela equipe que fará as entrevistas e possibilita todos os formatos de perguntas. Quando a resposta é selecionada, ele leva automaticamente para a pergunta sequencial. Como a internet ainda é um problema em algumas regiões, ele foi criado para ser usado off-line, sem comprometer seu desempenho. Ao finalizar o questionário, a informação é gravada no banco de dados da plataforma, que, automaticamente, faz as análises estatísticas da pesquisa.

A primeira pesquisa realizada pelo novo aplicativo, foi encomendada pelo G10 Favelas – bloco de Líderes e Empreendedores de Impacto Social das Favelas – e contou com 400 questionários, respondidos por moradores de Paraisópolis e Heliópolis, em São Paulo. O objetivo era conhecer as expectativas e prioridades dos entrevistados sobre as eleições para prefeito. Outro foco do projeto, é a formação de pesquisadores dentro das favelas, por isso, a equipe de entrevistadores foi formada por um time misto das duas comunidades.

“Conseguimos rodar uma pesquisa com 400 pessoas em apenas dois dias de campo e, em menos de 24 horas, já tínhamos todos os cruzamentos estatísticos. O aplicativo otimizou o processo e possibilitou termos resultados muito mais rápidos”, conclui Emília.

Fonte: Tide Social – Assessoria de Imprensa do Outdoor Social®

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Confira 4 tendências para vendas, comunicação e tecnologia em 2021

Consumidor ‘prosumer’, atendimento omnichannel e humanização alinhada à Inteligência Artificial: confira 4 tendências para vendas, comunicação e tecnologia em 2021

Para auxiliar executivos, empresários e todos os empreendedores interessados em agilizar o processo de transformação digital de seus negócios, com foco na humanização e no uso assertivo de ferramentas de Inteligência Artificial, alguns dos maiores especialistas do mercado se uniram para apontar as principais tendências na área de Comunicação, Vendas e Atendimento para 2021.

Inclusive, todas elas estão reunidas no livro: “O Poder da ConveniêncIA Omnichannel no Atendimento”, lançado neste mês em um evento online.

Image by Gerd Altmann from Pixabay

Escrito por profissionais com ampla experiência técnica e de mercado, com uma linguagem didática e acessível, um dos principais focos do livro é mostrar, passo a passo, o caminho que as empresas devem seguir para se manterem em constante crescimento durante sua jornada de transformação digital.

Para isso, entre as principais tendências de mercado elencadas pelos especialistas para os próximos anos, quatro destaques são:

Novo perfil do consumidor: vem aí, os “prosumers”
Imediatista, empoderado e em busca de empresas que ofereçam soluções rápidas, eficientes e convenientes, algumas pesquisas internacionais recentes têm alertado sobre uma nova classe de consumidores que está emergindo: os chamados “prosumers” – termo originado do inglês “prosumer”, que vem da junção das palavras produtor + consumidor. Ou seja, consumidores que estão cada vez mais se engajando não só no processo de consumir, como também no de produzir e criar seu próprio estilo de vida e consumo, gerando valor e autenticidade aos negócios.

Comunicação integrada e a força das comunidades
Em um mercado cujas palavras conectividade, conveniência e automação de processos formam o tripé de relacionamento das marcas com seus consumidores, a comunicação integrada apresenta-se como uma das melhores soluções para as empresas que buscam otimizar e escalonar seu atendimento, onde quer que seus clientes estejam.

Para isso, duas dicas fundamentais são: investir no atendimento omnichannel, que pode ser realizado de forma integrada e simultânea por diferentes plataformas, como WhatsApp, Facebook Messenger, Facebook Comments, Webchat, Telegram, Microsoft Teams, e-mail e SMS; e ficar de olho nas comunidades virtuais formadas, sobretudo, no campo das redes sociais, e por meio das quais os consumidores interagem entre si e com as empresas utilizando uma conexão direta, que elimina intermediários nos processos de compra ou de comunicação.

Palavra de ordem: ConveniêncIA
Ainda com foco no perfil dos “prosumers” e do Consumidor 4.0, outra tendência em alta para 2021 é a aplicação prática do conceito de ConveniêncIA. Isto é, a combinação entre Conveniência e Inteligência Artificial que visa automatizar e agilizar cada vez mais processos como de Vendas e Atendimento, por exemplo, levando em consideração a personalização dos serviços oferecidos e as necessidades específicas de seus clientes.

Inteligência Artificial, sim! E humanização, também!
As relações humanas nunca estiveram tão em alta na cultura digital. Porém, mais do que implantar um atendimento automatizado, é preciso também considerar a qualidade e eficiência dos serviços oferecidos aos clientes.

Para isso, a dica é investir em bots inteligentes de atendimento, capazes, por exemplo, de fazer análise de sentimentos, transcrições de áudio para texto e até traduções simultâneas, ideais para expandir e garantir um serviço de alta qualidade em qualquer idioma. E isso, claro, alinhado a um atendimento empático e efetivo, que possa vir a ser prestado por um humano na sequência.

Image by Seanbatty from Pixabay

“Seja por meio das redes sociais, comunidades ou grupos de discussão, hoje é muito mais fácil para os consumidores conseguirem o que eles querem, da forma e no momento mais conveniente para eles. Por isso que escrevemos este livro: para munir as empresas com informações precisas e atuais sobre tecnologia, atendimento, vendas e inovação, a fim de prepará-las no presente, já de olho no futuro”, diz Francisco Pinheiro Neto, CEO da Fortics.

Sobre o livro

Idealizado por executivos da Fortics, que é especializada em plataformas de atendimento e comunicação omnichannel – redes sociais, mensageria e voz – o livro tem como autores Arthur Igreja (expert em inovação e transformação digital, cofundador da plataforma AAA, TEDx Speaker e palestrante internacional) e Edineudo Oliveira, Edison Figueira, Francisco Pinheiro Neto e Hugo Santos, respectivamente, CPO, CIO, CEO e Head de Marketing da empresa.

Com prefácio assinado pela especialista em Marketing Digital e e-commerce, professora e sócia-diretora da Digitalents, Sandra Turchi, a obra reúne dicas, análises e exemplos práticos de como aliar tecnologia, custo/benefício e conveniência para oferecer um atendimento cada vez melhor e humanizado ao consumidor 4.0.

Sobre a Fortics

A Fortics é uma empresa brasileira, referência em plataformas de atendimento e comunicação omnichannel. Sediada em São Paulo (SP) e com unidades em Fortaleza (CE), Curitiba (PR) e Pato Branco (PR), além de atuar de norte a sul do Brasil a empresa também atende nos Estados Unidos, contando com um escritório em Orlando, na Flórida.

Fonte: ViaNews Hotwire

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Dança das cadeiras

Transição de ano agitada

Ficamos devendo algumas movimentações que ocorreram no mercado entre o final de dezembro e o início de janeiro de 2021. Aqui estão algumas delas para você, leitor do Publicitando, conferir!

Rose Duarte, jornalista, acaba de ser empossada como a nova Secretária de Comunicação na Prefeitura Municipal de Caraguatatuba.

A também jornalista Valquíria de Paula Vieira assume o cargo de Assistente de Pastoral e Comunicação na Diocese de Taubaté.

Alexandre Calil, publicitário, passa a responder pelo cargo de Assessor de Imprensa e Comunicação na Prefeitura Municipal de Tremembé.

E o também publicitário e criativo Rafael Santos, deixa o Vale do Paraíba para atuar na agência paulistana Purple Cow.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Vaga para Assistente de Planejamento e Criação de Conteúdo

Vaga é para atuar na Conecta

*Trabalho presencial em São José dos Campos, confira abaixo os requisitos:

Formação: Áreas da comunicação



Requisito Técnicos:

– Redação em língua portuguesa impecável;
– Gostar de trabalhar com Social Media;
– Conhecimento das regras gramaticais;
– Experiência com Marketing de Conteúdo (Redação para Mídias sociais, Landing Pages, Funis de Vendas e E-books).

Requisitos Pessoais:

– Ser responsável;
– Saber trabalhar em Equipe;
– Saber dar e receber feedback;
– Ter capacidade de síntese;
– Ser proativo e saber resolver problemas

Responsabilidades:

– Desenvolver linha editorial de conteúdo para Mídias Sociais;
– Interpretar e desenvolver a Persona junto aos clientes;
– Revisar e criar copy/textos persuasivos para anúncios no Facebook, Instagram, Linkedin junto ao responsável pelo tráfego;
– Desenvolver fluxo de comunicação para Funis de Vendas (Sequência de E-mails, E-books, Infográficos e etc);
– Participar, dar ideias e formatar campanhas de Marketing Digital.

Interessado? Envie seu currículo por e-mail para contato@conectamkt.com , com o assunto : Planejamento e Criação de Conteúdo

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Comércio eletrônico deve continuar crescendo em 2021, apontam dados da Criteo

Pesquisa mostra as principais mudanças no estilo de vida do consumidor neste período e o que podemos esperar para 2021

Da descoberta de um novo vírus letal ao impacto nas compras online, o início da pandemia no Brasil trouxe novas experiências. Diante do isolamento social, os brasileiros foram obrigados a encontrar diferentes formas para manter seus hábitos e atender às novas necessidades que surgiam com esse momento atípico do mundo e o e-commerce se destacou.

De acordo com pesquisa realizada pela Criteo, empresa global de tecnologia que fornece publicidade confiável e impactante a profissionais de marketing, 56% dos consumidores brasileiros pesquisados afirmaram que compraram em canais de e-commerce pela primeira vez durante o pico do COVID-19; além disso, 94% pretendem continuar comprando nas lojas online que descobriram nesse período. No Brasil, podemos esperar uma transformação digital acelerada.

 

Por necessidade, o hábito de comprar online ganhou destaque entre os consumidores brasileiros. A tendência, que antes da pandemia esperava-se que iria levar anos para acontecer no país, foi alcançada em meses. De acordo com outro estudo da Criteo, 67% descobriram pelo menos uma nova forma de consumo que pretendem continuar usando na fase pós-coronavírus. Comprar produtos pela internet, pedir comida por delivery e fazer compras por apps estão entre os principais comportamentos adotados pelos consumidores.

Image by Gerd Altmann from Pixabay

Com a digitalização, a Black Friday deste ano também marcou forte presença no e-commerce. Mundialmente, de acordo com os dados mais recentes da empresa de tecnologia, houve um crescimento de 139% nas compras online em relação a outubro de 2020.

“Depois de 2020, as marcas não conseguirão sobreviver se não estiverem online para contato. Se o consumidor precisar, ele deve conseguir contatar a empresa de qualquer maneira, seja de formas simples como por e-mail ou WhatsApp. Mas a presença online é essencial. E não é necessário que o comerciante venda por meio de um site tradicional, mas pode explorar outras formas – por exemplo, o social commerce”, afirma Tiago Cardoso, diretor geral para a América Latina da Criteo.

O QUE ESPERAR DE 2021

Formas de pagamento “sem toque”

De acordo com estudo do Plano CDE realizado pelo Banco Pan no início deste ano, cerca de ¾ dos brasileiros com renda familiar mensal de até R$ 10.000 usam suas contas bancárias menos de uma vez por mês. Ainda assim, existe um percentual de pessoas que não têm conta em banco – mais representativo entre a população com renda mensal de até R$ 4.999,00.

Apesar dessa desigualdade, que pode excluir alguns consumidores do ambiente exclusivamente online fortalecido pela pandemia, novidades como o pagamento pelo WhatsApp e opções de pagamento pelas carteiras digitais facilitarão essas transações. No início da pandemia, muitas marcas brasileiras – grandes e pequenas – viabilizaram a opção de compra com um consultor pelo WhatsApp. Novas “experiências sem toque”, como os QR codes, também forçarão os varejistas a se adaptarem a esse novo comportamento de consumo, já que facilitam a experiência de compra do consumidor.

De maneira geral, o crescimento exponencial do e-commerce continuará – e a digitalização constante possibilitará uma maior participação da população brasileira neste modelo de compra online.

Novos eventos com descontos

Diante das boas experiências nas compras virtuais, com a facilidade e praticidade do comércio online, os novos consumidores digitais continuarão ativos em 2021. Ao mesmo tempo, o consumo nas lojas físicas não vai acabar, mas ficará mais focado em experiências relevantes. Segundo participantes de um estudo da Criteo, 69% dos brasileiros sentem falta de fazer compras fisicamente e o ideal para o varejo no próximo ano é saber trabalhar cada vez mais com estratégias de vendas omnichannel.

Os insights da Criteo também mostram que mais varejistas vão querer criar seus próprios eventos de compras para impulsionar as vendas em 2021 – seja online ou offline – como uma forma de alcançar o sucesso em vendas e envolvimento do consumidor.

Setor de viagem em recuperação

Além disso, as viagens tendem a voltar gradualmente ao normal. Dados da empresa mostram que a procura por viagens aumentou 32% na semana anterior ao Dia da Criança, graças à redução das medidas de isolamento em algumas cidades. O aumento na semana de 4 a 11 de outubro foi superior aos 21% registrados no mesmo período de 2019. Além disso, na Black Friday deste ano, as companhias aéreas no Brasil tiveram um aumento de 504% no tráfego do site e 217% nas reservas de voos em comparação com as duas primeiras semanas de agosto.

“Os voos domésticos começaram a dobrar nos últimos meses e semanas. E esperamos que essa tendência continue aqui no Brasil. Com o tempo, teremos que viajar de avião, não só de carro, e certamente as pessoas vão preferir ficar por perto em vez de viajar para o exterior”, completa Tiago Cardoso.

Fonte: Sherlok Communications – Fabiana Moreno Rosa

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Conheça seis aplicativos que bombaram em 2020

Veja alguns dos apps que mais se destacaram no ano

2020 foi um ano atípico e que causou mudanças, inclusive, na tecnologia. Com a chegada da quarentena em março, as tendências foram modificadas, fazendo com que aplicativos que divertem e, principalmente, auxiliam no dia-a-dia e no auto aperfeiçoamento ganhassem mais destaque. Confira alguns apps que bombaram no ano da pandemia:

Image by Gerd Altmann from Pixabay

TikTok

O app se destacou como fonte de entretenimento para os jovens logo no início da quarentena, com vídeos de coreografias, imitações e humor. Muitas celebridades entraram na brincadeira, e começaram a utilizar o aplicativo também. O sucesso foi tão grande que o TikTok, atualmente, é usado por adultos e crianças.

Zoom

Devido à pandemia, reuniões de trabalho e até mesmo encontros com amigos tiveram que ser realizados virtualmente, o que resultou em um aumento no número de usuários de aplicativos de vídeo-conferências, como o Zoom.

Meditopia

Uma das formas mais utilizadas para reduzir o estresse da quarentena foi o uso de aplicativos de meditação e relaxamento. Desde 2017, os brasileiros já ocupavam o segundo lugar no ranking de países mais estressados, no levantamento realizado pelo International Stress Management Association. Com o isolamento social, esse quadro só piorou, levando as buscas por meditação no Google baterem recordes, com crescimento de 4.000%. O app que se destacou, nesse sentido, foi o Meditopia.

Babbel

Com o impedimento de aulas presenciais, os interessados em aprender novos idiomas encontraram a solução em aplicativos que possibilitam o ensino on-line. A Babbel, considerada uma das empresas de educação mais inovadoras do mundo, bateu recordes de assinaturas em 2020 e se consolidou como a plataforma de ensino de idiomas mais lucrativa do mundo.

Microsoft Teams

A partir de março de 2020, as instituições de ensino tiveram que se adaptar ao ensino à distância. Por isso, escolas e universidades começaram a utilizar apps que possibilitassem aulas on-line. O aplicativo que mais se destacou na categoria foi o Microsoft Teams.

Gmail

Após o início da quarentena, milhares de empresas adotaram o home office para os funcionários. Com a tendência do trabalho remoto, o aplicativo de e-mails do Google, que já era conhecido, se tornou ainda mais essencial, sendo um dos mais utilizados no ano para trabalhos compartilhados.

Fonte: Arebo – Roberto Moreno

Share and Enjoy !

0Shares
0 0