Vai ter ação para Páscoa Solidária em SJCampos

ACI organiza “Páscoa Solidária” em São José

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos dá início nesta segunda-feira, dia 29, ao projeto “Páscoa Solidária”

A ação consiste em incentivar a doação de um ovo de Páscoa para pessoas que precisam a cada ovo comprado na cidade, ou seja, ao comprar um ovo, doe um ovo a quem não pode comprar.

“A solidariedade é uma virtude. O projeto da Páscoa Solidária lançado pela ACI tem como objetivo dar oportunidade para que as pessoas possam contribuir com um ato de amor doando um ovo a alguém em situação de vulnerabilidade e também ajudar nosso comércio tão afetado com a situação de pandemia”, disse Eliane Maia, presidente da ACI.

A iniciativa “Páscoa Solidária”, além de incentivar a doação de ovos, também vai disponibilizar kits com prêmios para sorteios entre os participantes, por meio de seis rádios parceiras: SP-Rio+, Jovem Pan, Nativa, Rae Vale, Logus FM e Rádio & TV Imprensa. Cada parceiro organiza e define os critérios para premiação e entrega.

Fonte: Matéria Consultoria & Mídia – Gabriel Camacho

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Consumidores optarão, na Páscoa, por compras online e em pequenos produtores

Pesquisa revela que, nesta Páscoa, consumidores optarão por compras online e pequenos produtores irão brigar com grandes marcas

Segundo a The Insiders, responsável pelo levantamento, o marketing com foco em pessoas reais irá impulsionar o setor, já que 86% dos entrevistados disseram ser diretamente influenciados pela opinião de amigos e parentes na hora da escolha

Mesmo com a redução de renda e desemprego em alta, a perspectiva é que a Páscoa neste ano deve continuar a movimentar o comércio. Segundo pesquisa realizada pela The Insiders, empresa de marketing que conecta marcas a pessoas reais, 68% das mais das 5.400 pessoas entrevistadas vão comprar ovos de páscoa e, destes, 72% pretendem fazer suas compras online. O compilado dos dados também revelou que grandes marcas brigarão de igual para igual com mercado informal de pequenos produtores, que ganharam um espaço relevante na lista de preferência de ovos de Páscoa: 56% declararam optar pelos chocolates caseiros no lugar das tradicionais do varejo.

Imagem de S. Hermann & F. Richter do Pixabay

Este movimento traz, em contrapartida, uma outra informação também abordada na pesquisa: o marketing com foco em pessoas reais irá impulsionar o setor, uma vez que 86% dos entrevistados disseram ser diretamente influenciados pela opinião de amigos e parentes na hora de escolher o produto, contra apenas 15% que levam em consideração a opinião dos grandes e famosos influencers que atuam nas mídias sociais. “O comportamento das pessoas mudou e influenciadores reais, com quem se tem uma genuína troca no ambiente online, têm muito peso na decisão dos consumidores, ainda mais em uma data afetiva como a páscoa. Pensar em pessoas reais para alavancar as campanhas de marketing para esse dia pode ser a chave para o aumento das vendas e do lucro em meio a uma época de crise”, comenta Joel Amorim, diretor da The Insiders na América Latina.

Não é à toa que essa análise ganha mais peso frente às estratégias de marketing popularmente utilizadas. No levantamento, 49% dos respondentes afirmaram que irão se informar sobre preços e produtos por meio de blogs e redes sociais. “A compra pela internet já é uma realidade muito forte, principalmente neste período de pandemia. Apostar em marketing de influência, ainda mais em uma figura real, com que o público se identifique, é com toda certeza uma maneira de atrair compradores e fazer com que as vendas sejam impulsionadas durante o período”, explica Amorim.

Para o diretor, a estratégia, nesse caso, deve ser bem estruturada e mais do que procurar na rede social uma vitrine para a marca, deve-se apostar em vantagens a ser compartilhada com o consumidor, já que 94% declararam gostar de cupons de descontos ou benefícios na hora da compra. Apesar do momento delicado em que o país vive, a pesquisa revela que a Páscoa ainda acessa uma memória afetiva importante na vida dos clientes. A data é vista como um dia de celebração da vida, em que mesmo distantes fisicamente, as pessoas querem se fazer presentes, amenizando os impactos que o distanciamento social tem causado no dia a dia das famílias.

Fonte: Markable Comunicação

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Leitores escolherão o melhor ovo de páscoa

Estadão convida leitores para serem degustadores de ovos de Páscoa

Leitores podem fazer parte do júri do caderno Paladar que escolherá os melhores ovos de Páscoa de 2016 da cidade

chocolate-716883_640

O Paladar, do Estadão, abre vagas para os chocólatras de plantão. A tradicional maratona para escolha do melhor ovo de Páscoa da cidade mais uma vez contará com a participação dos leitores do jornal. Desde 2003, a equipe do caderno varre a cidade em busca dos melhores ovos de Páscoa, visitando supermercados, chocolaterias, docerias, empórios, lojas, entre outros locais, para escolher 50 ovos. Depois disso, com degustações às cegas e com a participação dos leitores serão escolhidos os melhores.

Um júri composto por leitores, jornalistas do Paladar e especialistas, no dia 9 de março (quarta-feira), na sede do jornal, participa de uma maratona chocólatra: provar os ovos pré-selecionados, anotar impressões, comparar comentários e votar nos melhores. Para participar desse júri, o leitor deve se inscrever o interessado deve escrever uma “crítica” de no máximo 250 caracteres e postar como comentário nesta matéria até as 23h59 do dia 3 de março (quinta-feira).

O texto deve ser uma pequena avaliação de um chocolate (que não precisa ser um ovo) e deve citar o nome do chocolate provado. Ninguém precisa ser especialista e ou ter experiência em degustações, só saber apreciar o bom chocolate.

Cada candidato pode mandar apenas uma crítica. É preciso fazer login no sistema do Estadão para conseguir comentar. Os primeiros selecionados receberão e-mail da equipe do Paladar. Depois, uma conversa por telefone definirá os vencedores. Conheça as regras para participar:

1. É obrigatório gostar de chocolate;
2. Ter mais de 18 anos;
3. Ter disponibilidade para provar os ovos no dia 9 de março (quarta-feira), na sede do Estadão;
4. É vetada a participação de profissionais da área de confeitaria, padarias, cacau e chocolaterias;
5. A participação no júri não é remunerada;
6. Serão lidos e avaliados apenas os comentários enviados dentro do prazo e os com até 250 caracteres. Os demais serão descartados;
7. A identidade dos leitores selecionados só será revelada ao público na edição especial de Páscoa;
8. Os candidatos pré-selecionados serão contatados por telefone pela equipe do Paladar;
9. Não serão considerados os comentários enviados por redes sociais ou e-mail, apenas os postados como comentário desta matéria.

Fonte: Lucia Faria Comunicação Corporativa – Marco Barone

Share and Enjoy !

0Shares
0 0