APP Ribeirão divulga lista de classificados do FestVídeo 2021

As peças selecionadas já estão disponíveis no site do festival

Nesta quarta-feira,14/04, a APP Ribeirão (Associação dos Profissionais de Propaganda) divulgou a lista das peças e campanhas publicitárias classificadas na edição deste ano do FestVídeo. Um dos eventos mais importantes da área de comunicação do interior na sua categoria e um dos mais respeitados prêmios publicitários do país recebeu as inscrições de 270 trabalhos. O shortlist já está disponível no site do FestVídeo. A premiação do FestVídeo está agendada para o dia 28/04 com transmissão pelo canal de youtube da APP Ribeirão.

APP Ribeirão divulga lista de classificados do FestVídeo 2021

Os materiais inscritos no festival foram avaliados por grandes nomes da publicidade. São eles: Fabiano Pinel, diretor de criação da F.biz.; Renata Leão, diretora criativa da WMcCann; Paulo Schmidt, produtor da Academia de Filmes; Fabiano Feijó, diretor de criação da Tech and Soul; Ariane Polvani, redatora Senior da Wunderman Thompson e Marcelo Lourenço, diretor de criação e fundador da Coming Soon (Lisboa).

Em live promovida pela APP Ribeirão em abril, os jurados destacaram a qualidade de ideias e diversidade nas produções analisadas. O presidente da APP, Eduardo Soares, ressaltou durante a live a importância do festival para a comunicação regional. “O FestVídeo é uma oportunidade para a documentação dos momentos atuais através da publicidade. Nosso objetivo é incentivar a pluralidade, a união e ampliar o olhar para as produções locais”, disse.

O idealizador e organizador do FestVídeo, Toni Valente, destacou a relevância do evento. “O mercado publicitário tem confiança no festival devido a sua história, o formato inovador, a seriedade e a imparcialidade do júri, o que resultou na quantidade de peças inscritas que foram satisfatórias diante do momento atual”.

Realizado pela APP desde 1990, o festival integra o calendário oficial de eventos da cidade de Ribeirão Preto e do Estado de São Paulo e tem como princípio reconhecer e premiar os trabalhos desenvolvidos regionalmente, além de incentivar os investimentos em talentos e tecnologia, visando o aperfeiçoamento da criatividade e da qualidade dos serviços técnicos das agências e produtoras do interior do país.

Fonte: Agência ERA de Comunicação e Conteúdo

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

A importância de uma plataforma de e-commerce

por Luciano Furtado C. Francisco*

Um dos assuntos mais falados de 2020 foi o comércio eletrônico, devido à covid-19. Com a mobilidade mais restrita por conta do receio de contágio, houve um aumento expressivo, muito maior do que seria normal, nas compras online. Muitas pessoas que não tinham o hábito de fazer compras pela internet, ou o faziam raramente, passaram a ser e-consumidores mais regulares. Os que já faziam, aumentaram a frequência de consumo pela rede.

O ponto em comum em tudo isso: qualquer compra no comércio eletrônico acontece por meio de uma plataforma de e-commerce.

Mas antes de entrar mais diretamente no assunto da plataforma, cabe dizer que só é considerada uma transação de e-commerce aquela em que todos os passos ocorrem eletronicamente, inclusive o pagamento. E às vezes até a entrega, no caso de um produto digital, como um e-book, por exemplo. Aquele produto que você viu pela rede social, entrou em contato com o vendedor, combinaram o negócio, você transferiu o dinheiro pelo home-banking e mandou o comprovante por e-mail não é e-commerce, ok?

Ou seja, a plataforma é um software que funciona na nuvem e pela internet, baseado num endereço www (URL). Unifica num só sistema todas as funções de uma transação de comércio eletrônico e isso permite que você não tenha que usar várias ferramentas para fazer uma compra à distância. Tudo que precisa está nela: vitrines, organização por departamentos, informações dos produtos (com fotos, descrições, vídeos), formas de pagamento, transportadoras etc. De quebra, permite que os compradores se cadastrem, facilitando compras futuras. Portanto, ela faz com que uma transação de comércio eletrônico aconteça de fato. É o coração do e-commerce, que não acontece sem uma plataforma.

Uma dúvida comum a todo empresário iniciante no e-commerce é saber qual tipo de plataforma é a ideal para ele. Essa não é uma resposta direta, vai depender de uma série de fatores. Mas aqui temos algumas perguntas básicas:

1 – A empresa deseja ter uma loja virtual própria? Isto é, quer ter um site onde funcione uma loja virtual com todos os recursos para compras online?

2 – Ou um site próprio não é necessário (ao menos no início)?

Bem, se o caminho é na pergunta 2, existem as alternativas de marketplaces e plataformas “C2C”, que provem toda a estrutura a quem queira vender online. Mas esse é um assunto para um próximo artigo.

Nesse vamos responder a quem deseja seguir na estratégia da pergunta 1. Temos três tipos de plataforma, cada uma adequada a uma realidade.

Plataforma Própria

É aquele site de comércio eletrônico desenvolvido e mantido pela empresa, que o constrói do zero. Logicamente, é direcionado para grandes empresas, que normalmente têm recursos e pessoal para esse desenvolvimento. Pois é um projeto de software, que, aliás, é complexo. A vantagem é que a empresa pode fazer uma loja virtual com tudo que precisa. A desvantagem é o tempo de construção e disponibilização.

Plataformas de Código Aberto

Existem vários módulos de e-commerce que se podem baixar na internet e usar para fazer uma loja virtual. Por exemplo, Magento, Wix, OpenCart etc. Apesar de ter um custo praticamente zero, deve-se ter algum conhecimento técnico para configurar e botar para rodar, assim a empresa pode ter de contratar profissionais especializados. Além da vantagem do custo zero, esses sistemas costumam ser altamente customizáveis e com muitos módulos (alguns pagos) para acoplar ao sistema para uma infinidade de funções. A grande desvantagem é a dependência de serviços de terceiros e uma certa limitação, se comparado aos outros tipos. Indicado para quem tem um orçamento apertado (às vezes, inexistente).

Plataformas Licenciadas

Há empresas que têm plataformas e licenciam seu uso a quem quer ter um e-commerce. Os sistemas já estão prontos, têm os recursos básicos e avançados e já te possibilitam a integração com os principais meios de pagamentos, transportadoras e outros sistemas, como ERPs e CRMs. Basta o lojista contratar, fazer os cadastros dos produtos e configurações básicas e começar a usar, pagando taxas mensais fixas, por venda, acessos (ou combinação disso tudo) à empresa que licencia a plataforma. Vantagens: rapidez de implantação, despreocupação com aspectos técnicos, que ficam a cargo da empresa dona da plataforma e possibilidade de customização. Desvantagens: atualizações e evoluções também são pela empresa da plataforma, o que pode limitar o lojista.

Assim, cada perfil de empresa se enquadra num tipo acima de plataforma. Pode-se também ir passo a passo, começando com uma plataforma de código aberto, passando para uma licenciada e, quem sabe, uma plataforma própria. Tudo depende da estratégia da empresa.

Antes de escolher, o empresário tem que pesquisar as várias formas e os fornecedores. Ver quais os recursos que cada uma vai lhe dar, pontos fortes e fracos, preços, conversar com outros usuários para saber o nível do serviço, enfim pesar uma série de critérios e então optar por uma. Não é uma decisão que se tome de um dia para outro. Afinal, não há marketing digital que dê jeito em uma loja virtual que funcione em uma plataforma com poucos recursos.

E por fim, não existe a melhor plataforma. O que existe é a plataforma mais adequada para a empresa.

*Luciano Furtado C. Francisco é professor do curso de Gestão do E-commerce e Sistemas Logísticos do Centro Universitário Internacional Uninter.

Fonte: Página 1 Comunicação – Lorena Oliva

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Campanha para incentivar a doação de sangue LGBTQIAP+

Criativos produzem campanha digital para incentivar a doação de sangue LGBTQIAP+

Com apoio institucional da Mutato e do Grupo de Afinidade LGBTQIAP+ da agência, a iniciativa beneficiará o banco de sangue no hemocentro Colsan e o fundo emergencial da ONG Casa Chama

Em uma decisão histórica, em maio deste ano, o Supremo Tribunal Federal derrubou a restrição de doação de sangue por pessoas LGBTQIAP+. Para celebrar essa conquista da comunidade e o Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado hoje, criativos da Mutato, em parceria com o grupo de afinidade LGBTQIAP+ da agência, produziram a campanha “Doe com Orgulho”, que visa estimular a doação de sangue desse público.

No site da campanha (www.doecomorgulho.com), as pessoas LGBTQIAP+ podem agendar um horário para doação de sangue no hemocentro Colsan ou contribuir financeiramente com o fundo emergencial da Casa Chama, ONG que atende a comunidade LGBTQIAP+.

Atualmente no Brasil, apenas 1,6% da população doa sangue regularmente, segundo Ministério da Saúde. São os doadores regulares que mantêm os estoques dos hemocentros estáveis e a queda dessa restrição é uma oportunidade de aumentar esse percentual com a participação da comunidade LGBTQIAP+. Uma vitória tanto para quem precisa quanto para quem quer ajudar.

“Nós vimos nesse movimento uma oportunidade de unir dois pontos importantes para a comunidade, celebrar a decisão da justiça, estimulando outras pessoas LGBTQIAP+ a doarem sangue e apoiar o trabalho importante que a Casa Chama faz”, afirma Gabriela Barreira, Diretora de Arte da Mutato e idealizadora da campanha.

Desde 2017 a Casa Chama apoia tranvestigêneres por meio de ações e projetos em cultura, apoio jurídico, de autonomia financeira e psico social. A ONG se diferencia por ser fundada, coordenada e dirigida por pessoas trans com auxílio de aliados Cisgêneros.

A campanha também continua nas redes sociais com posts informativos no Instagram @doecomorgulho.

FICHA TÉCNICA

Título: “Doe com Orgulho”

Agência: Mutato

Cliente/Produto: Colsan e Casa Chama

coCEOs: Andre Passamani e Eduardo Camargo

Diretora de Arte: Gabriela Barreira

Diretor de Cultura e Comunicação: Eduardo Zanelato

Coordenadora de Conteúdo: Carinne Sandes e Daniele Mattos

Criação: Eduardo De Claro e João Arnaldo

Atendimento: Aretha Teodoro

Apoio: Grupo de Afinidade LGBTQIA+ da Mutato

Aprovação/Cliente: Digg Franco (Casa Chama) e Silvia Iversson (Colsan)

Fonte: Mutato – Bárbara Lima – PR Coordinator

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Colinas inicia pré-Black Friday e lança vitrine virtual em novo site

Ferramenta on-line é uma das ações do centro de compras para a retomada

As promoções de Black Friday já começaram! Celebrado no dia 27 de novembro, o tradicional evento que oferece descontos especiais já garante bons negócios para os clientes do Colinas Shopping. Na pré-Black Friday, as lojas estão oferecendo descontos de até 70%.

Para facilitar a busca por descontos, o Colinas Shopping lançou neste mês um novo site. Nele, os clientes vão encontrar uma galeria virtual, na qual lojistas vão incluir seus produtos, com preços e informações de descontos e promoções. Ao clicar no produto da vitrine virtual, o cliente passa a conversar diretamente com o lojista em seu canal de venda próprio.

A expectativa é que os descontos oferecidos cheguem a 70% em muitas lojas. “A retomada dos shoppings se acentuou em outubro, então a expectativa para novembro, com a Black Friday, é que tenhamos um maior aumento nas vendas, assim como a participação de mais lojas na campanha”, destaca Margarete Sato, gerente de marketing.

A vitrine virtual e ações dos lojistas do Colinas Shopping estão disponíveis em www.colinasshopping.com.br a partir de 1º de novembro.

Confira algumas lojas e descontos já vigentes*:

. Cia Athletica – pacotes promocionais de planos para atividades infantis e para maiores de 60 anos, a partir de R$ 319.

. CVC – campanha “Esquenta Black Friday”, com ofertas de pacotes de viagem, hotéis e passagens.

. Democrata – até 40%

. Le Postiche – descontos de de até 50%

. M Martan – descontos de até 70%

. MOB – descontos de até 60%

. Oscar – leve 3, pague 2. Parcelamento em até 12 vezes sem juros

. Polishop – até 50% de desconto. Parcelamento em até 12 vezes sem juros

. Puket – descontos de até 50%

. Ri Happy – descontos de até 30%

. Universal Joias – descontos de até 50%

Fonte: CABANA | Alexia Silva

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Otimização de Sites: agência especializada em SEO aponta benefícios

Belo Horizonte 5/11/2020 – Sites otimizados tendem a se tornar mais relevantes e até mesmo referência no segmento.

O SEO/Otimização de Sites é um conjunto de técnicas e métodos que objetivam melhorar o posicionamento de um determinado site em seu segmento nos mecanismos de buscas.

A otimização de sites significa estar na primeira página do Google, que é um dos sites mais visitados do mundo e o segundo site mais visitado no Brasil (fonte: https://exame.com/tecnologia/os-50-sites-mais-acessados-do-brasil-e-do-mundo/). É como estar na televisão em horário nobre em rede nacional. Com a Otimização de Sites os sites podem alcançar a primeira página do Google nas principais palavras-chave pertinentes ao segmento. A Otimização de Sites (SEO) é muito simples, trata-se de oferecer os melhores resultados do investimento.

Há quatro perguntas importantes: os clientes usam os motores de busca para procurar o setor/produtos/serviços? O site aparece em todas as frases possíveis que os clientes poderiam procurar nos buscadores? O Site é especialmente concebido para representar o negócio ou serviço de uma maneira que irá atrair clientes? O preço ou serviço é competitivo no mercado? O que se deve verificar é a escolha certa de uma agência especializada com profissionais qualificados para alavancarem o site na internet, e, com casos de sucesso comprovados.

O SEO/Otimização de Sites é um conjunto de técnicas e métodos que objetivam melhorar o posicionamento de um determinado site em seu segmento nos mecanismos de buscas, por exemplo, ao pesquisar o termo: Otimização de Sites em BH, o primeiro resultado mostrado, certamente, é o mais relevante. O objetivo do SEO é fazer com que uma (ou várias) das páginas do website, fiquem bem posicionadas nos resultados orgânicos dos buscadores.

Em outras palavras, a Otimização de sites é a arte de entender o funcionamento dos algoritmos dos buscadores (Google, Alta Vista, Msn, Yahoo), de forma que o site seja adequado programando-o e fazendo com que ele atenda a todos critérios importantes que o farão ser considerado, naturalmente, um dos melhores sites para o termo pesquisado, alcançando as primeiras posições nos resultados de busca que não sofrem influências comerciais (links patrocinados).

Não basta somente criar um site, um projeto profissional de SEO prevê diversas alterações técnicas e estratégicas para um website, e muitas vezes leva pelo menos 4 a 6 meses para se obter resultados satisfatórios. A Otimização de Sites está se tornando uma vantagem competitiva para empresas de todos os portes, mas especialmente, entre as pequenas e médias.

Otimização de Sites BH

Website: https://www.henriqueguimaraes.com/servicos/otimizacao-de-sites/

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Artigo mostra como o SEO melhora a performance de sites

Marketing digital: como o SEO melhora a performance de sites no Google

por Rafael Paiva*

Há 3 anos pouquíssimas pessoas sabiam o que era SEO, ou melhor, nunca tinham ouvido falar sobre! Hoje, principalmente, com a pandemia e o marketing digital ganhando ainda mais força, esse termo em inglês está cada vez mais presente na internet e se tornado mais familiar, mesmo para as pessoas fora da área de comunicação.

Rafael Paiva

Isso acontece porque a sociedade está mais e mais utilizando o digital para realizar suas compras, pesquisas, consultas, tomadas de decisão, afetando todo o mercado.
Como as empresas e sites querem e precisam ser encontradas pelas pessoas na internet, até os mais relutantes ao investimento online, estão entendendo que precisam estar bem posicionados e presentes no digital e que se trata de um caminho sem volta.
É sobre as práticas de SEO que promovem esse melhor ranqueamento e presença digital que vim explicar um pouco melhor. Então, continue lendo para você saber mais sobre o que é e como fazer um bom SEO para o site da sua empresa.

SEO é a sigla em inglês para Search Engine Optimization que, traduzindo para o nosso português é otimização dos mecanismos de buscas, tendo hoje como principal plataforma o Google.

O SEO existe pois o Google que tem como objetivo proporcionar os melhores resultados e melhor experiência possível para os seus usuários desenvolveu algumas métricas do que seria um site e/ou conteúdos relevantes para ranquear melhor e, com isso, precisamos “surfar na onda” já que queremos ranquear bem.

O SEO completo é feito em 3 pilares que são: SEO On-Page, Produção de conteúdo e Link Building. A soma desses três fatores fará com certeza com que seu site cresça nos resultados de busca do Google, pois são esses os pontos que o robô dessa plataforma mais valoriza quando vai verificar os sites e páginas.

O SEO On-Page vai cuidar dar parte de código, velocidade do site, se o site ou página está bom para quem acessa pelo mobile ou desktop, se é seguro, o título de cada página nas buscas do Google, escrever uma meta-description atrativa e muito mais.

Já a Produção de Conteúdo precisa ser otimizada para um formato específico de leitura na internet que o Google considera como ideal, uma vez que estimula a melhor experiência do leitor. Negrito, uso de links e repetição certa de palavras-chave são algumas das regras que se têm para escrever um conteúdo lapidado.

E por fim, mas não menos importante, temos o Link Building que nada mais é que links do seu site em conteúdo de outros. Isso para o Google é equivalente a recomendação, ou seja, uma sugestão aos seus leitores a ler a entrar no seu site também para encontrar algo de qualidade.

Apesar da explicação ser simples, o Link Building também tem suas regras e configurações para que seja visto com bons olhos pelo Google e não seja um “tiro no pé” para o seu site.

O ideal é ter um time com uma pessoa responsável por cada setor, porém, caso a verba esteja baixa, é possível sim, na medida em que você for publicando conteúdo e configurando o site, fazer esses ajustes e otimizações que já ajudarão bastante no ranqueamento.

Agora que você já sabe um pouco mais, o que acha de investir no SEO do seu site?

*Rafael Paiva
Desenvolvimento de Novos Negócios e Responsável pelo SEO na Código BR Comunicação

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Shopping promove Bazar de Inverno

Via Vale promove ‘Bazar de Inverno’ com descontos de até 60% nas compras

O inverno chegou com tudo nas lojas do Via Vale, que preparam uma liquidação antecipada de até 60% em produtos e serviços. Com mais de 20 lojas participantes, os clientes podem optar pelo atendimento presencial de forma segura, seguindo todas as recomendações de higiene exigidas pelos órgãos competentes, e capacidade de pessoas nas lojas, ou se preferir, tem a opção de fazer a sua compra pelo whatsapp e retirar pelo drive thru, sem sair do carro.

A Campanha tem início no dia 24 de junho e vai até o dia 03 de julho. No mix de variedades estão roupas, calçados, perfumaria, óculos, decoração, joias, alimentação (somentedelivery ou drive thru), entre outros produtos com preços atrativos. “O bazar de inverno é uma ótima oportunidade para comprar produtos da estação por um preço mais acessível.

Os lojistas estão preparados para receber os clientes que vierem até o shopping, ou queoptarem pela compra online, assim, conseguimos movimentar a economia local, sem esquecer de toda as medidas de segurança necessárias nesse momento”, destaca Aline Duarte, Coordenadora de marketing do Shopping.

A loja Riachuelo oferecerá descontos de até 60% em peças selecionadas. Já a Brooklyn, loja multimarcas oferecerá descontos de até 50% em peças de marcas como Dudalina, Calvin Klein e Individual, na doação de 5 kg de alimento para uma instituição da cidade. A Loja feminina de calçados, Constance, aproveita a estação com o “Botas fora”, com 50% no valor das botas. Descontos imperdíveis também nas lojas Miroa, Vip Perfumaria, Guilhermina Joias contemporâneas, Unhas Cariocas, Ilha do Mel, Phantom, entre outras.

As promoções são válidas para produtos selecionados. O Bazar de Inverno acontece no horário de funcionamento do shopping, de segunda a sexta, das 12h às 20h, e também de forma online nas lojas participantes, que podem ser conferidas no site.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Internet fixa cresce

Busca por planos de internet fixa cresce 17% em abril

Desde que se iniciou o isolamento social a procura por serviços de internet cresceu no Brasil. De acordo com levantamento do site Portal de Planos (https://portaldeplanos.com.br/) – plataforma que reúne em um único lugar todos os planos de internet, celular, TV e telefone – no mês de abril a busca por internet fixa teve um aumento de 16,97%, com relação a ao mês anterior de março.

Image by Tumisu from Pixabay

Ainda de acordo com a pesquisa, as mulheres foram as que mais procuraram o serviço, representando 57,9% das buscas do último mês, enquanto os homens representam 42,1%.

Já os estados com maior procura por esses serviços foram:

São Paulo – 41,5%

Rio de Janeiro – 10,8%

Minas Gerais -7,6%

Paraná – 6,1%

Rio Grande do Sul – 5,6%

Outros estados – 28,4%

“O isolamento social mostrou a todos o quanto é importante ter em casa um serviço de internet de qualidade, seja para trabalhar em home office, para estudar, assistir filmes e séries, seja para falar com os amigos e familiares. Notamos que muitas pessoas que não tinham banda larga buscaram por esse serviço e por isso tivemos um grande pico na procura no primeiro mês de isolamento, em março. Também percebemos um crescimento na procura por melhorias nos planos atuais nos últimos meses”, comenta Yuri Kaminski, especialista em marketing digital do Portal de Planos.

Outros serviços

Ainda segundo o levantamento do Portal de Planos, outros serviços de telecomunicações já não estão mais sendo tão procurados pelos consumidores quanto no início da quarentena. A busca por TV por assinatura caiu 8,27% em abril com relação a março e a procura por Internet Móvel também apresentou queda de 10,28%.

De acordo com o especialista, essa queda pode estar relacionada ao fato das pessoas estarem mais em casa do que na rua e, por isso, não precisaram contratar ou aumentar seus planos de telefonia móvel. Em relação a TV, muitos brasileiros apostam nas plataformas de streaming, além do uso gratuito de alguns canais – muitas operadoras liberaram o seu sinal durante a pandemia.

Fonte: Agência NoAr – Mariah Freitas

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Na atividade

Site novo desenvolvido

A KMS Comunicação, agência localizada em São José dos Campos, fez o redesenho do site da De Biasi Auditores, tornando-o mais moderno e atual. Além disso, o novo projeto contempla a entrada do novo blog e a futura revista digital.

A equipe da KMS fará a  atualização semanal das notícias cotidianas do mercado financeiro e assuntos correlacionados.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Acit em apoio ao empresariado

ACIT oferece apoio ao empresário e cria canal direto em seu site

Desde o início dessa crise de saúde que o país enfrenta, a Associação Comercial e Industrial de Taubaté (ACIT) vem atendendo as orientações dos órgãos de saúde e governos, inclusive a de manter as portas fechadas para atendimento presencial por um período de quinze dias.

Imagem de mohamed Hassan por Pixabay

Porém, continua cumprindo o trabalho de fornecer apoio e informação aos empresários associados.

Entre as ações que vem sendo realizadas, a ACIT criou um canal em seu site para tirar as dúvidas em relação a Medida Provisória 927 do Governo Federal, que estabelece modificações de natureza trabalhista.

Lá, os departamentos responsáveis auxiliam o empresário e seus funcionários nas mais diversas questões, tais como: As medidas trabalhistas estabelecidas pelo Governo Federal são definitivas?; Quais medidas podem ser adotadas pelas empresas de acordo com a MP nº 927?; No caso de antecipação de férias, o empregado terá direito ao acréscimo de 1/3 previsto na Constituição Federal?; entre tantas outras.

O endereço para consultar as informações, tirar dúvidas e enviar suas questões é o http://www.acitaubate.com.br.

Para enviar seus questionamentos não precisa ser associado, basta acessar e fazer sua pergunta que em breve a ACIT retorna com a resposta, que fica visível e disponível a todos.

Além disso, a Associação tem feito vários tipos de comunicação para que, tanto empresários quanto população, valorizem o comércio local, de bairro, empresas menores e autônomos para que esses sobrevivam a esse momento.

Outras medidas também vêm sendo tomadas para auxiliar e fortalecer nosso comércio nesse momento de instabilidade, tanto na área da saúde quanto na área econômica. Essa é uma situação muito particular, nunca vivenciada e cada dia é um novo dia. A Acit vem avaliando todas as circunstâncias para poder auxiliar e orientar os empresários nesse momento, tanto no âmbito de ações quanto no âmbito das consultorias, que estão sendo feitas de modo remoto e online.

Fonte: Assessoria de imprensa – Bruna Abifadel

Share and Enjoy !

0Shares
0 0