Fazer mídia e ensinar mídia

por Josué Brazil

Já são quase 31 anos de trabalho no ensino superior. E a maior parte deles estive em sala de aula ensinando – ou ao menos tentando ensinar – mídia.

Nunca foi tarefa muito fácil. Mídia nunca foi uma área desejada pelos alunos. Mídia trazia números e até algumas fórmulas. E isso para o povo de humanas parece filme de terror.

Não havia livros, publicações. Só no final dos 1990 e inícios dos 2000 o Grupo de Mídia conseguiu ampliar a bibliografia no país. E foi incrível!

Para um cara que optou por viver e trabalhar no interior era mais difícil ter acesso às informações, aos cursos e congressos. Aprendi muito na raça. E tentei ensinar. Hoje, tá quase tudo na internet (ahhh… internet, sua linda!).

E, pasmem, cheguei a ser professor de mídia em faculdade da capital. Não durou muito, mas estive lá! Com essa experiência em Sampa posso afirmar, com muito orgulho, que lecionei mídia em três universidades diferentes (obrigado UBC).

Também “fiz mídia”. Na prática. Assumi essa área na minha já inexistente agência, a saudosa – pelo menos para mim – Publicus Comunicação Publicitária.

Tudo mudou e segue mudando – cada vez mais rápido – nessa tal de mídia. Os desafios ficaram maiores e mais complexos. E isso só deixou tudo mais fantástico.

Neste dia do profissional de mídia quero deixar meu especial abraço a todos que se aventuraram pelo tortuoso caminho de ensinar Mídia. E claro, também a todos os profissionais de mídia de agências, veículos e clientes.

Abraços, galera!

O que eu faço? Faço Mídia!

Hoje é Dia do Mídia

Ele já ridicularizado. Ele já foi incompreendido. Já foi visto como profissional de segunda linha.

O tempo passou. Veio a importância maior do marketing nas empresas e sua busca por planejamento e eficácia. Veio uma concorrência muito maior entre marcas, produtos e serviços cada vez mais semelhantes. Veio a profusão de canais de comunicação e pontos de contato com os públicos. E veio a mudança no perfil do profissional de mídia, do departamento de mídia e da atividade de mídia.

Veio a valorização. Aguardada. Merecida!

Num ambiente em que tudo é ou pode ser mídia o profissional de mídia deve estar preparado para identificar estratégias para melhor conversar com os públicos das marcas/produtos e serviços. Neste ambiente relativamente novo o profissional de mídia deve também mostrar sua capacidade de integração. Ele deve ser um integrador de disciplinas e estratégias de ação.

Algumas coisas não mudaram: a busca incessante pela melhor negociação, pelo melhor espaço, pela rentabilidade acima de tudo. Veicular custa caro. Os clientes sabem disso. E querem a melhor relação custo-benefício sempre. E estão certos. Nós temos que entregar isso. É nossa obrigação.

Outra coisa que não mudou ainda, infelizmente, é o descaso da maior parte das agências do Vale do Paraíba com a área e o profissional de mídia. Mas tenho fé!

Para atender a todas as demandas atuais – que só valorizam a atuação do mídia – uma coisa se torna indispensável: formação. Os mídias devem se preparar muito e sempre. Buscar cursos, oficinas, treinamentos e palestras. Devem “fuçar”no digital. Devem acompanhar as campanhas desde o briefing.

Eu sou sempre suspeito. Adoro essa área. Leciono mídia há 21 anos. Já foi quase impossível… lembro de quando, num primeiro dia de aula, entrava na sala e escrevia meu nome e o da disciplina. Ouvia sempre alguns comentários bem negativos. Hoje isso quase inexiste. E tenho o orgulho de ter no mercado do Vale do Paraíba e até no disputado mercado de São Paulo, alunos e ex-alunos que abraçaram a causa e hoje são profissionais de mídia. Deixo aqui meu abraço especial a todos eles.

Feliz Dia do Mídia! Nós merecemos!!!

Ação diferenciada

O dia a dia é repleto de surpresas. Algumas, indesejadas.
A partir dessa premissa, a PáginaCom. criou uma ação no media para divulgar o Pronto Atendimento Ortopédico viValle, especialmente realizada na Cia Athletica.
Por meio de adesivos antiderrapantes colados em todas as esteiras – um dos locais mais utilizados pelos alunos, a ideia ressalta a importância do atendimento 24h do Hospital viValle.
Uma ideia ousada, que só foi possível graças à parceira entre a agência e o cliente – essencial durante todo o processo, desde a aprovação até a veiculação.
Vídeo da ação: http://youtu.be/aFT1vbhKLOg

O dia a dia é repleto de surpresas. Algumas, indesejadas.

A partir dessa premissa, a PáginaCom. criou uma ação no media para divulgar o Pronto Atendimento Ortopédico viValle, especialmente realizada na Cia Athletica.

Por meio de adesivos antiderrapantes colados em todas as esteiras – um dos locais mais utilizados pelos alunos, a ideia ressalta a importância do atendimento 24h do Hospital viValle.

Uma ideia ousada, que só foi possível graças à parceira entre a agência e o cliente – essencial durante todo o processo, desde a aprovação até a veiculação.

Vídeo da ação: http://youtu.be/aFT1vbhKLOg

Untitled-2

Ficha técnica

Agência: PáginaCom.

Tipo: no media / adesivo para esteira

Título: Banana

Criação: Christiano Vendramine e Tiago Camargo

Assistente de arte: Anderson Candido

Diretor de Criação: Thiago Kruschewsky e Raul Pacheco

Atendimento: Natália Oliveira e Paulo Vitor

Produtor gráfico: Luiz Paulo

Gráfica: Ideal Sign Comunicação Visual

Aprovação: Pâmela Santos

Veiculação: julho de 2011

Dia do Mídia

Na última terça-feira a noite aconteceu o evento alusivo ao Dia do Mídia no Depto. de Comunicação Social da Unitau. A palestrante Ticiana Souza explorou o tema Planejamento em Mídias Digitais.

A jovem profissional começou falando de sua trajetória profissional até o momento para ilustrar o fato de que não se deve deixar passar oportunidades em novas áreas da comunicação. Ela começou na área de Rádio&TV e passou para a área digital.

Ticiana Souza palestrando no evento Dia do Mídia. Foto de Diego Simari

Ticiana Souza palestrando no evento Dia do Mídia. Foto de Diego Simari

Para contextualizar e inserir o público mais rapidamente no tema da palestra, Ticiana mostrou um video muito bom que mostrava a realidade da internet, das redes sociais e das mídias digitais no Brasil. Depois disse que o fundamental no uso de midias sociais é o planejamento. Elas são ferramentas e devem estar atreladas ao plano de comunicação como um todo. Além disso, deve-se pensar sempre em foco e linguagem. Adaptar sempre a linguagem ao público e aos objetivos de comunicação e mercado.

Extremamente simpática e comunicativa, a jovem profissional de comunicação mostrou vários vídeos que ilustram como será o novo consumidor e como ele se relaciona com as novas tecnologias. A platéia adorou.

Fechou a sua apresentação com um vídeo clip feito de forma colaborativa por fãs de Michael Jackson do mundo todo para sua nova música (póstuma). E foi muito aplaudida!

Depois da palestra o evento ainda teve show com o músico Diego Luz. Uma noite proveitosa e divertida. Sem dúvida!