Vaga de Growth na Quero Educação

Líder de Growth | QB Turbo

 

Sobre a vaga
O Quero Inbound é um dos produtos da Quero Educação focado na geração de alunos matriculados diretamente para faculdades parceiras. Seu dia a dia consistirá em garantir o volume de geração de tráfego e leads, controlar custos, se relacionar com as áreas de produto e vendas para criar projetos que melhorem a eficiência na geração de leads e também novas oportunidades de negócios.

Responsabilidades
Coordenar a geração de leads por canal;
Coordenar campanhas de Google Ads e Bing;
Coordenar relacionamento com Afiliados;
Coordenar estratégias de SEO e produção de conteúdo;
Coordenar projetos de nutrição de leads e automação de marketing;
Interface constante com time de produto para implementações com impacto em growth.

Requisitos
Graduação completa em Administração, Ciências, Engenharias ou correlatas;
Proficiência em Google Ads;
Proficiência em Google Analytics;
Excel Avançado;
Perfil analítico (levamos análise de dado muito a sério);
Experiência com captação e nutrição de leads;
Habilidades de comunicação e negociação.

Diferenciais
SQL;
HTML.

Candidate-se a vaga por aqui

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Agência quer contratar um Growth Hacker Jr.

Vaga para Growth Hacker Jr.

1. Área e especialização profissional: Marketing, TI e áreas correlatas.
2. Experiência em construção de campanhas e testes A / B de campanhas de Facebook Ads, Google Ads e LinkedIn Ads e análise de dados;
3. Ser fuçado. Entender e aprofundar os aprendizados de cada ferramenta (Gerenciador de Anúncios, Google Ads, Analytics e etc), vivenciando a rotina de growth.
4. Dimensionar e automatizar os processos de crescimento;
5. Dominar técnicas, configuração e aplicação de SEO;
6. Ter conhecimento de ferramentas de acompanhamento de resultados (Analytics, etc.);
7. Criar relatórios e mecanismos para monitorar a performance das diferentes iniciativas, com a documentação e o compartilhamento dos principais aprendizados, resultados e boas práticas para o cliente, o time de Marketing e outras áreas da Papaya;
8. Dominar a configuração, disparo e acompanhamento de campanhas de e-mail marketing;

Envie seu currículo para talentos@papayacomunicacao.com.br com a sua pretensão salarial de MEI e disponibilidade.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Plataforma de ensino gratuito lança curso de marketing digital para empreendedores

Oferecido pela Kultivi, o curso “Fundamentos do Marketing Digital” disponibiliza conteúdo exclusivo para quem quer alavancar seu próprio negócio, e também para profissionais que queiram se aperfeiçoar em um dos segmentos mais promissores do mercado

O mundo vive em constante evolução. Dia a dia ele se renova e se adapta às demandas da sociedade, gerando novas atividades econômicas e profissões. Seguindo essa linha, nos últimos anos vimos o crescimento intenso do marketing digital, ramificação do marketing tradicional que engloba uma série de estratégias direcionadas ao fortalecimento de marcas e serviços na internet, em âmbito digital. Utilizando, por exemplo, as mídias sociais, blogs, sites e diversas outras ferramentas especializadas, o marketing digital cria canais de comunicação diretos entre o público e as empresas que ele deseja conhecer ou consumir. Mas é lógico que fazer sucesso no ambiente digital não é tão fácil.

Focada em oferecer capacitação gratuita nas mais variadas áreas, a startup Kultivi (www.kultivi.com), principal plataforma de ensino gratuito do Brasil, acaba de lançar o curso “Fundamentos do Marketing Digital”. Com vídeo aulas dinâmicas e objetivas de acesso ilimitado 24 horas por dia, o curso aborda tópicos essenciais da área, entre eles definição, funil de conversação, métricas e integrações, SEO, análises e otimizações, garantindo uma base de conhecimento de qualidade para atuação no segmento. “A inclusão de conteúdos voltados à carreira e negócios têm sido uma das nossas prioridades. Em geral, o acesso aos cursos dessa categoria exige investimentos altos e ficamos muito felizes em proporcionar aos alunos a oportunidade de adquirir conhecimento de qualidade sobre o tema de forma gratuita e, antes de tudo, democrática”, conta Claudio Matos, sócio idealizador e CEO da startup Kultivi.

Desenvolvido pela Kultivi em parceria com a profissional Heloisa Sanfelice, relações públicas consultora e mentora de marketing digital, o curso é focado em empreendedores que querem alavancar seu próprio negócio e, também, em profissionais que queiram se aperfeiçoar em um dos segmentos mais promissores do mercado. “A lógica de funcionamento é simples, a plataforma é mantida pela venda de espaços publicitários para marcas parceiras que acreditam no projeto, além da captação de recursos na iniciativa privada. São empresas que querem desenvolver educação de qualidade no Brasil e atrelar sua marca a esse projeto”, explica o CEO da Kultivi. Para visualizar as aulas, basta entrar no site e fazer o cadastro com nome, sobrenome, e-mail e criar uma senha. “Além das aulas, os alunos podem encontrar, também, diversos outros materiais de apoio, como artigos e dicas de estudo e uma assistência completa dos professores para que a absorção do conhecimento seja completa, eficaz e realmente faça diferença no dia a dia dos estudantes e profissionais”, completa Cláudio Matos.

Para mais informações sobre os cursos oferecidos pela startup Kultivi, acesse o site www.kultivi.com.

Fonte: P+G Comunicação Integrada – Caroline Rodrigues

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Vaga para redator júnior ou pleno

Vaga para Copywriter JR/Pleno

A Lexos é uma software house de São José dos Campos com mais de 14 anos de caminhada, conhecida principalmente pelo seu software ERP. Em 2019 passou por uma grande mudança: a integração do software de automação comercial com lojas virtuais e a venda em marketplaces.

Image by mohamed Hassan from Pixabay

E como não é segredo pra ninguém, o e-commerce que já estava crescendo antes de 2020 explodiu durante pandemia e isolamento social. Desde lojas físicas que ficaram sem abrir até comerciantes que querem aumentar sua competividade em outros canais, e a Lexos está no mercado para os ajudar a iniciar, automatizar e escalar a operação de vendas online.

De maneira resumidíssima, a plataforma ajuda a administrar o estoque do lojista, a controlar seu processo de expedição (desde o pedido concluído até o envio para a transportadora) e a gerir sua estratégia de anúncios nos marketplaces (78% das vendas de e-commerce acontecem por estes canais).

Como é a vaga?
A Lexos está a procura de um profissional de redação que nos ajude a estruturar a comunicação desse novo momento da empresa. Ele atuará em conjunto com o coordenador de marketing, sendo o guardião da personalidade e imagem da empresa – a empresa possui um planejamento robusto com todos os alinhamentos necessários para embasar a criação de textos.

O principal desafio para a vaga é traduzir termos e funcionalidades técnicas em atributos e diferencias para os lojistas. A busca é por pessoas proativas e que comprem a ideia de escrever para o específico e crescente nicho do e-commerce B2B. A vaga é para atuar num modelo híbrido entre home-office e reuniões pontuais.

Quais as responsabilidades e atribuições?
– Criação de comunicação digital voltada ao público B2B;
– Redação de anúncios para Facebook Ads e Google Ads (Adwords, Youtube e Rede de Display);
– Desenvolvimento textual de Landing Pages;
– Ideias e produção de conteúdos para canais digitais (redes sociais, infográficos, webinars, newsletters, ebooks, etc);
– Escrita de e-mails para fluxos de automação;
– Auxílio com estratégia de SEO
– Criação de roteiros audiovisuais em vídeos motion e gravações;

E os requisitos desejados?
– Formação superior em Comunicação (PP, JO ou RP);
– Domínio da língua portuguesa e habilidade com redação publicitária;
– Conhecimento de SEO ou vontade de aprender mais sobre;
– Gostar de trabalhar em equipe;
– Ter vontade de aprender e crescer profissionalmente;
– Adaptabilidade.

Benefícios
– VR, VT (para dias de reunião), 30% de convênio e seguro de vida.

Mande seu CV/Portfólio + pretensão salarial para o email ariel@lexos.com.br e conte mais sobre quem você é. Pode ser com um texto, uma apresentação PowerPoint, vídeo ou até um TikTok.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Escola abre duas vagas

Jardim das Nações abre duas vagas

Escola localizada em Taubaté busca um estagiário de comunicação e um Analista de Mídias Sociais.

Confira os requisitos para as vagas nas artes abaixo. Para se candidatar é só enviar e-mail para rh@escolajardim.com.br

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Internet vai superar vendas nas lojas físicas

Pela primeira vez, compras de Natal pela internet vão superar vendas nas lojas físicas no País

Segundo pesquisa da agência Conversion, varejo virtual soma 31,94% das intenções de compra dos brasileiros para a data, seguido pelos aplicativos de lojas e marcas, com 22,53%

Pela primeira vez no País, o Natal deste ano terá mais compras pela internet do que no varejo físico. Segundo pesquisa inédita da agência Conversion, especializada em SEO e e-commerce, as lojas virtuais somam 31,94% das intenções de compra dos brasileiros para a data, seguidas pelos aplicativos de lojas e marcas, com 22,53%. Os estabelecimentos em shopping centers e comércio de rua aparecem em seguida com, respectivamente, 19,25% e 18,77% das preferências.

De acordo com a pesquisa, realizada no dia 12 de dezembro com 1.068 brasileiros acima de 16 anos, por meio de um questionário estruturado com perguntas fechadas via internet, 83% dos entrevistados afirmaram que vão presentear alguém no Natal, mas 17% dos consumidores não irão fazer nenhuma compra para a data comemorativa.

A pesquisa mostra que será, de fato, um Natal muito mais econômico: 41,3% pretendem gastar menos este ano em comparação com o evento de 2019. “Por outro lado, o estudo mostra que 23,6% pretendem gastar mais com presentes neste Natal em 2020, que, por si, já é bastante surpreendente diante do atual cenário de desemprego e de queda da atividade econômica no País”, comenta Diego Ivo, CEO da Conversion.

“Em novembro, lançamos um estudo que apontou para a maior Black Friday de todos os tempos, impulsionada pela pandemia. Naquela pesquisa, 75% dos brasileiros pretendiam comprar pela internet por medo do contágio”, acrescenta.

O estudo mostra ainda que 48,3% dos brasileiros pretendem gastar menos de R$ 300 em todos os presentes de Natal deste ano. “Este número é diametralmente oposto ao de nossa pesquisa sobre a Black Friday, quando 32,2% afirmaram que pretendiam gastar acima de R$ 1 mil. Para o Natal, apenas 12% pretendem presentar acima de mil reais”, explica.

Para Ivo, o chamado “novo normal”, que começou em março e se estendeu durante todo o ano, está levando o consumidor brasileiro a mudar profundamente os seus hábitos. “por esta razão, teremos um Natal com mais compras por e-commerce do que por lojas físicas”, ressalta.

O prazo de entrega é, segundo a pesquisa, o fator mais preponderante para a decisão de compra dos brasileiros, seguido do custo do frete, que também será muito levado em conta, reforçando a ideia de um Natal espartano.

A pesquisa completa pode ser acessada gratuitamente neste link

Fonte: Assessoria de Imprensa – Thiago Nassa

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

O Que Esperar do Mercado Digital Em 2021?

Saiba as principais tendências de marketing para 2021 e esteja à frente do seu concorrente

por Henrique Mendoza*

Com todo o caos criado ou não em 2020, o mercado digital sofreu profundas transformações ganhando novos rostos, nichos, produtos e mercados antes relutantes para se render ao digital, mas que então, enxergavam nele a única saída para subsistir ao período de isolamento.

A explosão de novos e-commerces que o digam! Através de uma pesquisa da Ebit/Nielsen, feita em parceria com a Elo, obtivemos dados importantes. Descobriu-se que o faturamento com as vendas online subiu 47% nos primeiros seis meses do ano, totalizando 38,8 bilhões de reais apenas em e-commerces. A projeção pré pandemia era que o setor crescesse 18% em 2020 e em março, segundo dados da ABComm, estima-se que surgiram 80 mil novas lojas virtuais.

Henrique Mendoza

Mas não são apenas as lojas que se renderam ao digital. Negócios locais, prestadores de serviços, profissionais liberais, também migraram suas operações para o digital, investindo em tráfego pago, estratégias de marketing e apostando em redes sociais. Em 2021 a previsão é de que o cenário reverbere ainda mais, mesmo com a possibilidade de uma vacina eficaz o suficiente para conter a segunda onda da covid19, diz Henrique Mendoza – Publicitário, Gestor de Marketing especialista em tráfego pago, que a seguir, apresenta algumas tendências que dominarão 2021.

Home office : Ele já é um velho conhecido, mas muitos negócios ainda relutavam para aderir ao modelo. O que era um tabu, parece que veio para ficar. Agora, pós pandemia, muitos mercados, até mesmo os tradicionais, viram o quanto pode ser vantajoso manter o funcionário em casa, sempre em comunicação com a empresa. Isso faz com que os custos diminuam e o período passado antes no trânsito, seja aproveitado para performar mais e focar em resultados, além do mais, isso diminui a estrutura física da empresa, cortando custos que podem ser repassados para o setor de departamento pessoal ou marketing da empresa.

Investimento em publicidade: Como as pessoas passaram um longo período em casa, o consumo aumentou e a quantidade de propagandas também, levando com que empresas reforcem seu time de marketing para obter a melhor performance, ou seja, aparecer para o seu cliente, estar mais perto, fazer com que ele consuma ainda mais. Porém, os desafios são muitos. Aqui, dentre milhares de anúncios pagos diariamente, fazer com que o cliente enquanto navega em suas redes sociais pare para te ouvir, é um desses grandes desafios.

SEO para Negócios Locais: Além da considerável demanda de anúncios, muitas empresas estão buscando cada vez mais se posicionar na primeira página de buscadores como Google, Bing e o próprio Yahoo, porque 60% do público costuma pular anúncios e buscar empresas que estão entre os 3 primeiros resultados da primeira página nos resultados orgânicos. Então, se você é uma empresa local e ainda não está focado nisso, essa será uma tendência a se fortalecer ainda mais em 2021.

O ano da ascensão da Inteligência Artificial: Com o fluxo de informações a que estamos expostos diariamente nas redes sociais, na faculdade, mesmo nas EaD, nos motores de busca e a quantidade de processos feitos em marketing digital, tornou-se imprescindível o uso de ferramentas de gestão que ajudem a criar um fluxo de dados, interagir com seguidores nas redes, como é o caso dos chatbots, que estarão em alta e grande evidência em 2021. Os softwares de automação de processos, de criação de relatórios, processos de compras, criação de conteúdo e muitas outras opções que temos ao utilizar inteligência artificial, são inúmeras, e isso se tornará ainda mais forte em 2021. Fique ligado!

*Henrique Mendoza – Publicitário, Gestor de Marketing especialista em tráfego pago
https://henriquemendoza.com/        Instagram: @ocaradoadwords

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Otimização de Sites: agência especializada em SEO aponta benefícios

Belo Horizonte 5/11/2020 – Sites otimizados tendem a se tornar mais relevantes e até mesmo referência no segmento.

O SEO/Otimização de Sites é um conjunto de técnicas e métodos que objetivam melhorar o posicionamento de um determinado site em seu segmento nos mecanismos de buscas.

A otimização de sites significa estar na primeira página do Google, que é um dos sites mais visitados do mundo e o segundo site mais visitado no Brasil (fonte: https://exame.com/tecnologia/os-50-sites-mais-acessados-do-brasil-e-do-mundo/). É como estar na televisão em horário nobre em rede nacional. Com a Otimização de Sites os sites podem alcançar a primeira página do Google nas principais palavras-chave pertinentes ao segmento. A Otimização de Sites (SEO) é muito simples, trata-se de oferecer os melhores resultados do investimento.

Há quatro perguntas importantes: os clientes usam os motores de busca para procurar o setor/produtos/serviços? O site aparece em todas as frases possíveis que os clientes poderiam procurar nos buscadores? O Site é especialmente concebido para representar o negócio ou serviço de uma maneira que irá atrair clientes? O preço ou serviço é competitivo no mercado? O que se deve verificar é a escolha certa de uma agência especializada com profissionais qualificados para alavancarem o site na internet, e, com casos de sucesso comprovados.

O SEO/Otimização de Sites é um conjunto de técnicas e métodos que objetivam melhorar o posicionamento de um determinado site em seu segmento nos mecanismos de buscas, por exemplo, ao pesquisar o termo: Otimização de Sites em BH, o primeiro resultado mostrado, certamente, é o mais relevante. O objetivo do SEO é fazer com que uma (ou várias) das páginas do website, fiquem bem posicionadas nos resultados orgânicos dos buscadores.

Em outras palavras, a Otimização de sites é a arte de entender o funcionamento dos algoritmos dos buscadores (Google, Alta Vista, Msn, Yahoo), de forma que o site seja adequado programando-o e fazendo com que ele atenda a todos critérios importantes que o farão ser considerado, naturalmente, um dos melhores sites para o termo pesquisado, alcançando as primeiras posições nos resultados de busca que não sofrem influências comerciais (links patrocinados).

Não basta somente criar um site, um projeto profissional de SEO prevê diversas alterações técnicas e estratégicas para um website, e muitas vezes leva pelo menos 4 a 6 meses para se obter resultados satisfatórios. A Otimização de Sites está se tornando uma vantagem competitiva para empresas de todos os portes, mas especialmente, entre as pequenas e médias.

Otimização de Sites BH

Website: https://www.henriqueguimaraes.com/servicos/otimizacao-de-sites/

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Artigo mostra como o SEO melhora a performance de sites

Marketing digital: como o SEO melhora a performance de sites no Google

por Rafael Paiva*

Há 3 anos pouquíssimas pessoas sabiam o que era SEO, ou melhor, nunca tinham ouvido falar sobre! Hoje, principalmente, com a pandemia e o marketing digital ganhando ainda mais força, esse termo em inglês está cada vez mais presente na internet e se tornado mais familiar, mesmo para as pessoas fora da área de comunicação.

Rafael Paiva

Isso acontece porque a sociedade está mais e mais utilizando o digital para realizar suas compras, pesquisas, consultas, tomadas de decisão, afetando todo o mercado.
Como as empresas e sites querem e precisam ser encontradas pelas pessoas na internet, até os mais relutantes ao investimento online, estão entendendo que precisam estar bem posicionados e presentes no digital e que se trata de um caminho sem volta.
É sobre as práticas de SEO que promovem esse melhor ranqueamento e presença digital que vim explicar um pouco melhor. Então, continue lendo para você saber mais sobre o que é e como fazer um bom SEO para o site da sua empresa.

SEO é a sigla em inglês para Search Engine Optimization que, traduzindo para o nosso português é otimização dos mecanismos de buscas, tendo hoje como principal plataforma o Google.

O SEO existe pois o Google que tem como objetivo proporcionar os melhores resultados e melhor experiência possível para os seus usuários desenvolveu algumas métricas do que seria um site e/ou conteúdos relevantes para ranquear melhor e, com isso, precisamos “surfar na onda” já que queremos ranquear bem.

O SEO completo é feito em 3 pilares que são: SEO On-Page, Produção de conteúdo e Link Building. A soma desses três fatores fará com certeza com que seu site cresça nos resultados de busca do Google, pois são esses os pontos que o robô dessa plataforma mais valoriza quando vai verificar os sites e páginas.

O SEO On-Page vai cuidar dar parte de código, velocidade do site, se o site ou página está bom para quem acessa pelo mobile ou desktop, se é seguro, o título de cada página nas buscas do Google, escrever uma meta-description atrativa e muito mais.

Já a Produção de Conteúdo precisa ser otimizada para um formato específico de leitura na internet que o Google considera como ideal, uma vez que estimula a melhor experiência do leitor. Negrito, uso de links e repetição certa de palavras-chave são algumas das regras que se têm para escrever um conteúdo lapidado.

E por fim, mas não menos importante, temos o Link Building que nada mais é que links do seu site em conteúdo de outros. Isso para o Google é equivalente a recomendação, ou seja, uma sugestão aos seus leitores a ler a entrar no seu site também para encontrar algo de qualidade.

Apesar da explicação ser simples, o Link Building também tem suas regras e configurações para que seja visto com bons olhos pelo Google e não seja um “tiro no pé” para o seu site.

O ideal é ter um time com uma pessoa responsável por cada setor, porém, caso a verba esteja baixa, é possível sim, na medida em que você for publicando conteúdo e configurando o site, fazer esses ajustes e otimizações que já ajudarão bastante no ranqueamento.

Agora que você já sabe um pouco mais, o que acha de investir no SEO do seu site?

*Rafael Paiva
Desenvolvimento de Novos Negócios e Responsável pelo SEO na Código BR Comunicação

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Artigo traz dicas para a construção de um blog diferenciado

Seis dicas para construir um blog diferenciado e fortalecer a marca da empresa

por Rodrigo Gomes de Oliveira*

A criação de um blog é uma estratégia de marketing eficiente para trazer resultados positivos à empresa. Um blog com conteúdo de qualidade traz autoridade e credibilidade à empresa tornando-se uma boa referência dentro do setor, gerando maior visibilidade e fortalecendo o relacionamento entre a marca e o cliente.

A construção de um blog não é um bicho de sete cabeças, mas existem seis dicas importantes que podem facilitar o processo:

1. Estude o seu público-alvo

Ao começar um blog, você precisa atentar-se ao seu público alvo e estudá-lo ao máximo para saber o que funcionará com esse público. Portanto, o blog deve ser adequado para agradar ao público. Não adianta começar um blog e insistir em fórmulas que afastam o público que você quer atingir do seu conteúdo.

É preciso conhecer bem os seus leitores, estudando quais são seus hábitos e que tipo de conteúdo consomem e qual linguagem estão acostumados.

O próximo passo é elaborar um calendário editorial que definirá os assuntos a serem pesquisados.

2. Pesquise a concorrência

Ao começar um canal, é preciso deixar claro qual é o seu diferencial em relação aos demais. Os leitores precisam enxergar o seu blog como canal principal de conteúdo. É nesse momento que concorrência pode ajudar. Nos canais semelhantes você pode pesquisar quais os assuntos que eles ainda não abordaram e quais os pontos que faltam em seus conteúdos. É analisando o que os outros blogs estão fazendo que você conseguirá ser diferenciado e desenvolver assuntos que atrairão os leitores para o seu blog.

3. Escolha a ferramenta correta ao começar um blog

Um blog precisa ser elaborado para ser funcional e capturar a atenção dos leitores. Hoje, existem diversas plataformas no mercado que permitem a criação de um site ou blog na internet sem a necessidade de conhecimentos técnicos na área. Uma dessas plataforma é o WordPress, com uma estrutura que é extremamente intuitiva e um suporte que funcionará perfeitamente para atender todas as suas dúvidas iniciais.

Aproximadamente 60% dos domínios em toda a internet estão associados ao WordPress. É mais da metade do mundo digital, oferecendo quantidade enorme de temas e de recursos disponíveis.

4. Gerencie o tempo que você dedicará para o blog

Um blog é um projeto a longo prazo. Assim é preciso ter constância nas atualizações e na quantidade de informações. Para isso, é essencial dividir o tempo disponível da melhor maneira possível e alimentar o conteúdo periodicamente. Além de produzir novos conteúdos, recomendamos que você visite os posts mais antigos e os atualize, coloque novos links internos. Não utilize o seu tempo apenas para criar novos posts.

Atualize o canal de modo que o calendário de postagens seja funcional e natural. Assim, seus leitores se habituarão às datas de postagem e irão visitar seu blog nesses dias.

5. Invista em técnicas de SEO

O SEO (Search Engine Optmization, ou Otimização para os Motores de Busca) consiste na aplicação de técnicas envolvendo os conteúdos para que sejam ranqueados nas primeiras páginas dos principais buscadores, como o Google e o Bing.

É uma técnica indispensável para quem quer começar um blog e deseja que o conteúdo do blog faça parte da sua estratégia de captação e conversão de clientes.

O SEO é responsável por trazer tráfego orgânico para o seu blog, ou seja: seu blog será visto por mais pessoas, sem a necessidade de se investir em conteúdo pago. Por exemplo, se seu blog falar sobre advocacia e alguém buscar por alguma palavra-chave da qual fale sobre em seu blog (como remuneração, por exemplo), ele aparecerá logo nos primeiros resultados de busca.

Lembrando que esse resultado depende da qualidade do conteúdo e leva algum tempo.

6. Cuidado com os erros de português

Por fim, cuidado com os erros gramaticais. Não adianta ter um blog com o melhor design do mundo se o conteúdo estiver cheio de erros gramaticais e de ortografia.

Blogs com muitos erros causam uma má impressão em qualquer visitante e perdem totalmente a credibilidade, não importa o assunto do qual estejam falando.

Além do português podemos entender como erro uma imagem mal cortada, um design sem acabamento ou links incorretos. Isso faz parecer que o seu blog foi feito “às pressas” ou que o autor é desleixado.

Seguindo essas seis dicas é possível dar o pontapé inicial e oferecer conteúdo de qualidade ao seu público, fortalecendo sua marca.

*Rodrigo Gomes de Oliveira é sócio fundador na Agência Tupiniquim, especialista em marketing digital e performance.

Fonte:Case Comunicação Integrada – Cristiane Pinheiro

Share and Enjoy !

0Shares
0 0